Scroll Top

Doenças e Tratamentos

12 Formas de Combater as Varizes

Muitas pessoas não vêem as varizes como doença, acham que são algo de natureza estética ou cosmética. Mas a coisa é muito diferente. Quem tem varizes tem uma doença, uma doença com aspecto antiestético. As veias azuladas, inchadas etc, veias em forma de aranha, são os sinais mais evidentes da doença venosa crônica. Essas veias incomodam, sabem os veteranos, deixando as pernas doloridas e cansadas. Não costuma ser risco de vida. Portanto, não há motivo para pânico e nem para correr ao médico. Mas se você tiver varizes, bom saber como cuidar delas.

Não se sinta culpado. Sem dúvida, um dos maiores fatores de risco para varizes é ter um dos pais com o problema. E há vários mitos sobre a existência dessa afecção em grande medida hereditária; o principal diz que as varizes são causadas por cruzar-se as pernas. Pura bobagem.

Elevar os pés. Varizes são veias debilitadas que precisam de força para fazerem o sangue retornar ao coração. As veias das pernas são as mais suscetíveis, as mais distantes do coração e em posição desfavorável ao efeito da gravidade. Coloque esta a seu favor. Use travesseiros, uma cadeira, ou qualquer coisa que eleve as pernas acima do nível do quadril, sempre que estiverem doendo. O desconforto deverá desaparecer.varizes

Meias elásticas. Aliviam. Á venda em farmácias e lojas comuns, oferecem resistência ao represamento do sangue nos vasos mais próximos á pele. O sangue é deslocado para as veias maiores, mais profundas, de onde é facilmente bombeada para o coração.

Um exercício especial. Calce a meia elástica. Deite-se de costas e eleve as pernas para o alto, no ar, recostada sobre a parede. Mantenha a posição dois minutos. Isso permite que o sangue represado retorne ao coração. Repita isso durante o dia. Ou quando necessário.

Eleve os pés da cama. Para que a gravidade fique a seu favor durante a noite, eleve em vários centímetros os pés da cama, no entanto, que se você tiver história de cardiopatia ou dificuldade respiratória durante a noite, melhor consultar o médico antes de ajustar a cama.

Sapatos. Evite sapatos de salto  ou botas de salto alto, pois agravam ainda mais o problema.

Atenção ao seu peso. Quanto maior seu peso, maior a pressão nas pernas. Controle o peso para reduzir o problema das veias nas pernas.

Evitar roupas apertadas. Sobretudo na cintura. e evite a meia-calça apertada na virilha. Age como garrote e represa o sangue nas pernas.

Anticoncepcionais. Os desequilíbrios hormonais, que ás vezes ocorrem com o uso de pílula, podem causar varizes. Se o problema surgir depois da pílula, convém fazer a conexão.

Não fumar. Há importante pesquisa apontando para a relação entre o tabagismo e as varizes. Os pesquisadores concluíram que o cigarro é fator de risco para quem tem varizes.

Caminhe. Ficar sentado ou de pé muito tempo pode causar problemas nas pernas porque o sangue tende a ficar represado. Um pouquinho de exercício durante o dia, sobretudo a marcha, pode evitar esse represamento. Pesquisas apontam os adultos sedentários como os mais propensos a varizes.varizes-varizes

Não fuja do problema. Grande parte do desconforto e da dor das varizes pode ser mascarada com analgésicos. Não faça isso. As varizes não devem ser tratadas pela diminuição da dor. Se você seguir essa lista de sugestões e não der resultado, procure atendimento médico.

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: