Scroll Top

alimentos saudáveis café da manhã dicas dicas de exercícios Dicas de Saúde Exercício físico

14 Ingredientes Aumentam Gasto Energético

  • Os alimentos termogênicos são capazes de acelerar o metabolismo, aumentando a temperatura corporal, fenômeno chamado de termogênese. A palavra termogênico é derivada do grego e significa calor. Com este aumento da temperatura corporal, passamos a gastar mais calorias. Esse gasto fica em torno de 5% a 10% em relação ao gasto energético normal do nosso metabolismo.
  • Por isso, os alimentos termogênicos podem ser grandes aliados nas dietas de emagrecimento. No entanto, não adianta apostar apenas em um alimento. É preciso ter bom senso na escolha de tudo o que está compondo as refeições.
    Além de ajudar no efeito termogênico, a maioria destes alimentos tem importante ação anti-inflamatória e antioxidante, combatendo os radicais livres, grandes responsáveis pelo envelhecimento precoce.
  • Você faz dieta, mas não perder peso? A causa pode ser a sua ingestão de açúcar. ela prejudicar a capacidade de remover a gordura. o metabolismo fica mais lento e as ocorre alterações nos órgãos como o fígado e os rins. Além disso, Os alimentos termogênicos são capazes de acelerar o metabolismo, aumentando a temperatura corporal, fenômeno chamado de termogênese. Com este aumento da temperatura corporal, passamos a gastar mais calorias. Esse gasto fica em torno de 5% a 10% em relação ao gasto energético normal do nosso metabolismo.
  • Por isso, que este ingredientes termogênicos são um grandes aliados nas dietas de emagrecimento. Eles também ajudam no efeito termogênico, a maioria destes ingredientes tem importante ação anti-inflamatória e antioxidante, combatendo os radicais livres, grandes responsáveis pelo envelhecimento precoce.energetico

Chá Verde: O chá verde aumenta o gasto energético Naturalmente, acelerando o metabolismo e ajudando no funcionamento de enzimas digestivas. Além disso, o chá verde causa a oxidação das gorduras de forma significativa. O efeito termogênico acontece devido à combinação da cafeína e dos polifenóis, que estão presentes naturalmente na Cameleia Sinensis, planta que dá origem ao chá verde e outros chás (chá vermelho, chá branco e chá amarelo). Por este motivo, ocorre o aumento da taxa de metabolismo e passamos a gastar mais energia. Se o consumo for associado à atividade física, o resultado é potencializado.

Gengibre: O Gengibre é uma excelente fonte de substâncias termogênicas, como o gingerol, que atua no aumento do gasto calórico e no metabolismo. Além disso, e recomendado o consumo de 1 ou 2 pedaços de 1 cm de gengibre diariamente. Ele também pode ser ralado e usado em forma de tempero, ou em forma de chás e sucos.

Pimenta vermelha: A Pimenta vermelha é um ingredientes que mais estimula a produção de calor pelo corpo, devido à presença de uma substância chamada capsaicina, essa substância favorece o aumento da quebra de gorduras no tecido adiposo. Ela aumenta em até 20% a atividade metabólica se ingerida na quantidade de três gramas por dia, podendo ser adicionada em saladas e pratos quentes como tempero. porém, ela não é indicada em casos de gastrite ou outras sensibilidades e restrições.

Canela: A Canela tem um ação estimulante e aumentar a temperatura do corpo, a canela possui alto teor de cálcio mineral, substância importante para o emagrecimento. Ela também não é um alimento fácil de consumir em grandes quantidades devido o sabor acentuado, então e recomendado o consumo de de duas colheres de chá por dia que podem ser usada em sucos!

Feijão Preto: O Feijão Preto é uma boa fonte de carboidratos complexos, este carboidratos complexos Fornece mais energia ao corpo e não acumular em gorduras, pelo contrario ajuda na queimar das gordura localizada. Alguns deste ingredientes não são indicados para quem tem qualquer alergia ou restrição alimentar, como a Pimenta vermelha e a Canela. Outros alimentos como chá verde, guaraná em pó, cafeína, etc, não são indicados para gestantes, hipertensos e pessoas com distúrbios do sono.

No entanto, Vale lembrar que o nosso metabolismo é influenciado por diversos fatores como sexo, idade, altura, peso, atividades física, entre outros. Comer pouco, de forma saudável e várias vezes ao dia são princípios fortes de longevidade e qualidade de vida.

Água gelada: embora ainda não seja um consenso, após o consumo da água gelada, o corpo precisa equilibrar a temperatura (36°C) e passa a gastar mais energia. Esse é um processo normal sempre que consumimos qualquer bebida gelada. Consumir um copo de água gelada faz com que o nosso corpo gaste cerca de 10 calorias para regular sua temperatura. Normalmente já é indicado o consumo de 1,5l a 2l de água diariamente para hidratação e funcionamento adequado do organismo. Sendo assim, consuma essa água gelada.

Café: estimulante natural, mantém o corpo em estado de alerta e evita a fadiga muscular. Ação digestiva e diurética
Óleo de coco: estimula o metabolismo por ser um tipo de gordura de rápida absorção e utilização pelo organismo como fonte de energia, melhora a função intestinal e possui ação antioxidante

Porém não se iluda. A ação isolada desses alimentos não é milagrosa e só promove efeitos leves. Alguns estudos apontam que a inclusão de ao menos um alimento termogênico em cada refeição possa influenciar o aumento do gasto energético diário em, no máximo, 10%.

Banana

A fruta é fonte de triptofano, um aminoácido precursor da serotonina. A serotonina é um neurotransmissor que tem diversas funções, como regular o sono, o humor, e auxilia a prevenir distúrbios emocionais. Além disso, é fonte também de potássio. Baixos níveis de potássio estão relacionados à sintomas como fraqueza muscular, cãibras, fadiga e apatia mental.

Guaraná

O guaraná é fonte de cafeína um estimulante do sistema nervoso. Usado com moderação ajuda a melhorar o ânimo e a disposição. Pode ser adicionado em sucos e vitaminas.

Maca Peruana

A maca peruana, é uma planta medicinal também conhecida como maca-andina, planta-maca, maca-pó. Ela auxilia a diminuir o cansaço e a fadiga. Além de fornecer energia, é fonte de vitaminas do complexo B, selênio, vitaminas C e E que possuem ação antioxidante.

Oleaginosas

As oleaginosas (nozes, castanhas e amêndoas) são boas fontes de proteína vegetal e gorduras insaturadas, nutrientes que atuam na redução da pressão arterial, do colesterol e dos triglicérides. Também possuem magnésio, cobre e selênio, que ajudam diminuir o estresse e melhoram a memória e a produção de energia.

Mel

O mel é constituído por dois tipos de carboidratos (glicose e frutose), o que o torna um alimento energético, podendo aumentar a disposição e combater o cansaço. É fonte de vitamina C que apresenta potente ação antioxidante, e vitaminas do complexo B que participam do metabolismo de produção de energia, e desintoxicação do organismo. Possui minerais como fósforo, cálcio, magnésio, enxofre e potássio também.

Aveia

A aveia integral é fonte de carboidratos de baixo índice glicêmico que conferem energia sem levar a picos de liberação de insulina. Ajuda a controlar as taxas de açúcar no sangue e dá saciedade. Também é fonte de vitaminas do complexo B, que melhoram os níveis de produção de energia e a disposição.energia

Chocolate Amargo

O chocolate amargo, modernamente, ajuda emagrecer e é fonte de antioxidantes que, além de retardarem o envelhecimento precoce, auxiliam na saúde do coração. Possui cafeína, o que ajuda a manter o corpo alerta e mais disposto.

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: