Scroll Top

alimentos saudáveis diabetes dicas Dicas de Saúde fruto jilo

17 Benefícios do Jiló para açúcar no sangue

O que que o jiló tem: O jiló é um fruto fonte de vitamina A, C e as do complexo B, rico em minerais como ferro, cálcio, magnésio e fósforo. Possui ainda flavonoides, esteroides, alcaloides, fibras, etc.

Propriedades Nutricionais do Jiló

  • Estas são as informações nutricionais do jiló por 100g
  • Energia: 38 calorias,
  • Carboidratos: 7 g
  • Gorduras: 1 g
  • Fibras: 2,8 g
  • Proteínas: 1,37 g

Composto em grande parte por água, o alimento também é fonte de vitamina A, vitamina C, vitaminas do complexo B, fósforo, cálcio, ferro, fibras e potássio.jilo

Benefícios do jiló para a saúde: Seus nutrientes garantem ao alimento propriedade digestiva, auxiliando no tratamento de distúrbios hepáticos (fígado) e dispepsia biliar. Seu potencial antioxidante faz dele um bom alimento para a saúde cardíaca, reduzindo o colesterol e contribuindo para a manutenção da saúde em geral. É pobre em calorias, o que faz dele um bom alimento para compor sua dieta de emagrecimento pela redução do consumo calórico associada aos outros benefícios. Ele faz franzir a testa e provoca cara feia, mesmo quando está somente na imaginação. Encarar o amargo do jiló, porém, faz bem ao coração, combate o mau hálito e ainda ajuda a perder peso. Embora pertença a mesma família que o pimentão e a berinjela, o jiló é um fruto, e não legume, como seus primos. É concentrado em vitaminas A, do complexo B e C. Contem minerais, cálcio, ferro e magnésio, mas seu potencial reverenciado é no combate ao colesterol e à halitose. Seus compostos bioquímicos, denominados flavonoides, são antioxidantes, ou seja, protegem as artérias, impedindo que o colesterolgordura ruim – seja aderido. “É um alimento poderoso para a manutenção da saúde do coração”. Na dieta, ele ajuda a combater a vontade de comer, sensação quase incontrolável nos mais ansiosos. O valor calórico baixo, 40 calorias em 100 gramas, permite que o jiló seja consumido sem pesar na consciência. Com uma grande quantidade de água na composição, é um aliado do regime, pois promove saciedade. Entretanto, para ter resultados na balança e na saúde, ele deve ser incorporado à dieta. O gosto amargo precisa fazer parte da refeição ao menos uma vez por semana. “Os benefícios desses alimentos só serão sentidos quando ingeridos com frequência. Não vale comer apenas esporadicamente. Uma ou duas vezes por semana é o ideal”. De acordo com o novo guia de orientações contra a obesidade, metade do prato deve incluir legumes, vegetais e frutos, especialmente os coloridos (verde-escuros, vermelhos e laranjas). Para quem gostou do valor agregado, mas não consegue desfazer a careta, a nutricionista indica que transforme o fruto em farinha. Triturar e fazer dele uma farofa é uma boa alternativa para consumi-lo sem dor. “Como uma farofa, ele pode ser associado a diversos alimentos, minimizando o sabor marcante. Duas colheres de sopa por semana já são suficientes para garantir seus benefícios. Refogá-lo no azeite e na manteiga também deixa o alimento fácil de comer.” Cortar o jiló em quatro partes e deixá-lo de molho na água com sal por 15 minutos ajuda a reduzir o amargor. Embora difícil de engolir, o sabor repulsivo do jiló também tem seu valor, o amargo estimula a salivação e tem uma ação bactericida na boca. O processo promove limpeza bucal e o hálito saudável.

Anticancerígeno e auxiliar do bom funcionamento intestinal: Seu alto teor de fibras, aliada à baixa quantidade de gorduras, auxilia na prevenção de sérios problemas de saúde como o câncer colorretal e a prisão de ventre. A constipação muitas vezes causa desconforto e leva a quadros de saúde mais sérios devido a retenção frequente de toxinas no organismo.

Auxilia na perda de peso: Como o jiló é rico em água e fibras, ele tem grande poder de saciedade, mas com baixo teor calórico. Cerca de 100 gramas de jiló possuem apenas 40 calorias. E é um alimento que fornece vitaminas e minerais. Portanto, para pessoas que estão fazendo dieta de emagrecimento, o jiló é um santo alimento e deve ser incluído no cardápio.

Ajuda no combate o mau hálito: O jiló estimula a salivação e promove uma ação bactericida, o que traz uma limpeza e purificação à boca e ajuda a melhorar o hálito.

Fornece muitos benefícios ao coração: O jiló também traz muitos benefícios à saúde do coração por ser fonte de vitamina B1 , conhecida também como Tiamina, um nutriente essencial para o bom funcionamento do coração. Além disso, o jiló é rico em potássio, que atua na regulação da pressão sanguínea a também ajuda em relação à função cardíaca.

Traz benefícios às artérias: Por ser uma grande fonte de flavonoides, substâncias antioxidantes que protegem os vasos sanguíneos, o jiló impede o acúmulo das placas de gordura nas artérias. Portanto, podemos dizer que o jiló combate o mau colesterol, que se acumula nas artérias e impede a boa circulação do sangue, podendo levar a problemas cardíacos sérios. Esse acúmulo também pode resultar no desenvolvimento da aterosclerose, uma doença que tem como sintomas a dor no peito ou nas pernas, falta de ar, fadiga e sensação de fraqueza e que pode necessitar de um procedimento cirúrgico para ser tratada.

Ajuda a controlar o nível de açúcar no sangue: O jiló favorece o controle da absorção de glicose devido às suas fibras e ao seu baixo teor de carboidratos. Isso evita elevações e quedas bruscas na taxa de açúcar do sangue, o que é muito danoso e perigoso ao corpo humano, em especial, para diabéticos.

Grande aliado no combate à anemia: Para quem sofre com a anemia ferropriva, isto é, a anemia decorrente da deficiência de ferro no organismo pode se beneficiar com o jiló, rico nesse mineral. A anemia é um problema que pode se tornar sério, já que ela causa uma diminuição na produção de glóbulos vermelhos, que atuam no transporte de oxigênio no organismo. Para quem deseja incluir o jiló na dieta alimentar, fica uma dica: corte o jiló em quatro partes e deixe de molho na água com sal por cerca de 15 minutos. Depois escorra e faça um refogado com óleo, azeite ou manteiga. Pode adicionar alho e cebola, assim como outros temperos de sua preferência. Esse molho prévio vai ajudar a reduzir o sabor amargo.

Contribui com a saúde bucal: Acredita-se que o jiló colabore com a salivação, estimulando ela e dessa forma, conta com a ação bactericida e consequentemente auxilia a melhorar o hálito. Por resultado de todas essas ações, a higiene bucal é potencializada.

 Benéfico para a visão: Por conta dos antioxidantes, entre outras propriedades, como vitaminas e minerais, o jiló acaba sendo benéfico para a visão. Contribuindo com a melhora na qualidade e com a diminuição da pressão ocular, o que pode ser um fator de risco para quem sofre de algumas doenças como o glaucoma.

Promove a saciedade: Muitas pessoas tentam controlar a vontade de comer, que às vezes aparece mais que o normal. E o jiló, ajuda a promover a sensação de saciedade, o que acaba sendo um ponto positivo para os ansiosos e para quem está tentando se controlar de maneira mais saudável.

Combate o colesterol ruim: Os flavonoides presentes no jiló, contribuem para que o colesterol ruim, que facilita a formação de placas de gordura nas artérias, seja combatido. Esse fator acaba contribuindo para regular a pressão sanguínea.

Controla o açúcar no sangue: O consumo de alimentos como o jiló, é uma das formas naturais de diminuir o açúcar no sangue e de manter o controle da alimentação, principalmente para quem tem diabetes.

Ajuda o sistema digestivo: Acredita-se que a niacina presente no fruto, contribua para o aparelho digestivo. Auxiliando também na digestão de alimentos mais pesados, esse é um dos principais benefícios para a digestão, além do jiló ser fácil de ser digerido e ter grande quantidade de água em sua composição.

 Contribui com uma perda de peso saudável: O jiló, como dito anteriormente, tem uma boa quantidade de água em sua composição e promove a sensação de saciedade no organismo. Então além de contribuir para a perda de peso, ele colabora com sua saúde de maneira nutritiva, principalmente por conta das vitaminas A, do complexo B e C presentes.

Previne doenças cardiovasculares: Esse é um alimento com grande poder para a manutenção da saúde do coração, isso porque com seu papel positivo na hora combater o colesterol ruim que favorece a formação de placas de gordura nas artérias, ele se torna um grande aliado das artérias. Sendo um aliado na hora de prevenir doenças cardiovasculares.

Auxilia na proteção do organismo: Principalmente por conta de suas propriedades antioxidantes, o fruto contribui para a proteção do organismo contra infecções e fatores nocivos que podem agredir o organismo.

Fortalece a dieta: Quando ingerido com frequência, o jiló fortalece a dieta, porque além de todos os nutrientes presentes citados nos itens anteriores, ele possui poucas calorias. Ele pode ser ingerido em diversos pratos, sozinho ou até mesmo na forma de farinha.jilo-jilo

Outros Benefícios do Jiló Para Saúde:

  • O Jiló possui elementos bioquímicos que são conhecidos como flavonoides, substâncias antioxidantes cuja função é a proteção arterial no combate ao aumento de colesterol, que é a gordura ruim.
  • O Jiló é considerado um poderoso aliado no tratamento de distúrbios hepáticos e dispepsia biliar.
  • O Jiló também é bom para diarreia e anemia.
  • O Jiló pode ser usado externamente em casos de queimaduras e dermatites.

Como usar o Jiló: Para quem não gosta do gosto amargo do jiló, a dica é refolgá-lo com manteiga e azeite, Mas vale lembrar que é justamente o paladar amargo que a fruta possui que estimula a salivação, que é algo saudável e necessário.

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: