Scroll Top

alimentos saudáveis dicas Dicas de Saúde metabolismo

17 Dicas para Manter o Metabolismo Acelerado

Embora talvez herdemos o metabolismo geneticamente, não estamos condenados a viver com o sobrepeso e seu desconforto. É possível mudar e fazer com que o metabolismo trabalhe conosco. Estudos têm demonstrado que cada uma dessas dicas acelera o metabolismo e, consequentemente, a perda de peso, de forma saudável e natural em menos tempo e com menos esforço.

Treinos intervalados: Está provado que a quebra de ritmo na malhação é o que apresenta maior impacto na aceleração do processo. 20 minutos de exercício intenso e intervalado mantém o metabolismo acelerado por até quatro horas depois. O principal benefício é melhorar a habilidade dos músculos utilizarem glicose e gorduras para obter energia extra. Aguarde para breve aqui no site a divulgação do meu próprio treino intervalado, uma maneira de colocar o relógio na frente da balança! Para uma força nos momentos de malhar mais rápido, confira a melhor trilha sonora indicada por cientistas.metabolismo

Cardápio acelerado: A ciência eliminou algumas das crenças mais comuns, para chegar a uma lista de alimentos e bebidas que, comprovadamente, fazem com que o metabolismo trabalhe mais rápido. Uma das recomendações é nunca deixar de lado as proteínas, que exigem mais gasto calórico para serem digeridas.

Horário marcado: O momento certo das refeições é chave no controle do metabolismo. Quando seguimos uma rotina, o corpo se acostuma. E não vai estocar gordura, pois sabe a que horas receberá um novo aporte energético. Outra dica é fazer pequenas refeições ao longo do dia, ao invés de grandes pratos nas horas do almoço e jantar. Esta é uma maneira de manter o metabolismo ativo e, assim, queimando mais. Confira as Top 5 receitas de pratos light mais curtidas e comentadas no meu site e nas redes sociais. Elas são rápidas e práticas para acompanhar o seu ritmo.

Dicas para manter o metabolismo acelerado

Comer todos os dias algo nutritivo no café da manhã: Comer algo nutritivo no café da manhã (um omelete com espinafre e queijo fate com uma fatia de pão integral) ao acordar ativará imediatamente e de modo correto o metabolismo. Um estudo realizado pelo Registro Nacional de Controle de Peso dos EUA com 5.000 pacientes que adotaram um café da manhã saudável em seu cotidiano observou que a perda de peso pode alcançar 30 quilos em 5 anos. Isso ocorre porque esta refeição energiza o corpo, impedindo o acúmulo de gorduras e permitindo um emagrecimento natural. Também, recomenda-se um jantar leve, já que passamos várias horas em jejum durante a noite e o corpo acumula a maior quantidade possível de gorduras.

Acrescentar o chá verde na dieta ajuda a acelerar o metabolismo: O chá verde é antioxidante, mas também acelera o metabolismo e, assim, a perda de peso. Vários estudos têm sido realizados com diferentes grupos de pessoas para determinar os benefícios deste chá. Um dos resultados apontou que aqueles que começaram o hábito de tomar chá verde emagreceram mais rápido do que os outros, já que a infusão facilita a oxidação de gorduras e a termogênese. A quantidade diária ideal é de 5 xícaras de chá verde, com o que se aumenta consideravelmente a energia do corpo com apenas 90 calorias.

 Comer alimentos ricos em ômega 3: Consumir peixe rico em ácidos graxos ômega 3 (como salmão ou atum) acelera o metabolismo, regula os níveis de açúcar no sangue e reduz outros problemas (como a inflamação). Estudos têm recentemente demonstrado que estes ácidos graxos reduzem também a resistência à leptina, um hormônio que facilita a perda de peso. Uma alternativa ao consumo de peixe pode ser um suplemento diário de ácidos graxos ômega-3, que contenham entre 1.000 e 2.000 miligramas ou algumas nozes, para obter os mesmos benefícios.

Não eliminar todas as calorias da dieta: Existe o conceito de que emagrecer mais facilmente só é possível eliminando mais calorias da dieta. Embora isso possa ser verdade no começo, quando nosso corpo percebe a redução de calorias, ele começa a aumentar suas reservas energéticas acumulando gorduras. Por isso, comer mais acelera o metabolismo, sempre que se escolham alimentos saudáveis e nutritivos. Não é recomendável passar longos períodos de jejum: o ideal é ter 6 refeições diárias (de 300 calorias cada), em vez de duas refeições muito pesadas ou de alto valor calórico.

 Acrescentar diferentes intensidades nos exercícios: Aumentar a intensidade dos exercícios (caminhada, natação, corrida etc.) por intervalos 30 segundos e, em seguida, voltar à intensidade normal causará um consumo maior de energia pelo corpo e fortalecerá significativamente a capacidade de regeneração das células, permitindo-lhes maior oxigenação. Assim, será possível também se exercitar por menos tempo e alcançar muito mais rapidamente as metas desejadas. Estes intervalos podem ser aplicados a qualquer atividade física praticada.

Descansar após os exercícios: Os exercícios são um presente para o corpo e a saúde, mas também podem causar fadiga grave se forem muito intensos. Embora nos ajudem a acelerar o metabolismo, o descanso permitirá ao nosso corpo retornar ao estado basal. A quantidade de calorias queimadas com os exercícios deve ser sempre maior que a quantidade ingerida, permitindo o emagrecimento mais eficaz.

Evitar as gorduras trans para acelerar o metabolismo: Sabemos que estas gorduras são nocivas, mas elas também reduzem a capacidade natural do corpo de queimar gorduras. Isso ocorre porque alteram as células e o metabolismo, além de gerar resistência à insulina e inflamação. Então, é bom eliminá-las para acelerar o metabolismo e a perda de peso.

Incrementar a ingestão de proteínas: O corpo leva mais tempo para digerir alimentos ricos em proteína que os que têm gorduras ou carboidratos. Isto significa que o consumo de proteínas nos mantêm satisfeitos por mais tempo, enquanto o metabolismo continua a trabalhar e queimar gorduras para consegui-lo. Isso resulta em uma considerável aceleração do metabolismo e redução do apetite. Além disso, a ingestão de proteínas permite ganhar massa muscular em vez de gorduras.

Acelerar o metabolismo com uma boa dieta: A genética afeta o corpo, mas é possível assumir o controle daquilo que se deseja mudar e consegui-lo. Acelerar o metabolismo fará com que esse trabalhe mais rápido, queime mais calorias e nos ajude a alcançar ou manter o peso ideal. Seguir estas dicas ajudará manterá o corpo saudável e de forma natural e autorregulada, ao invés de seguir dietas complicadas ou pobres que geram poucos resultados ou nos levam a disfunções.

Mexa essas pernas!  Se o seu trabalho exige estar sentada em frente a um computador numa secretária, saia da cadeira e se mexa a cada oportunidade que você tiver! Em vez de enviar um e-mail ao seu colega, porque não levantar-se e ir falar diretamente com ele?

Chegou a hora de almoço. O que comer nas refeições?  Faça escolhas acertadas e equilibradas às refeições, que lhe proporcionem energia ao longo do dia. Um bom exemplo será um sanduicho integral com peito de peru e vegetais, que oferece um bom equilíbrio entre proteína e carboidratos. Existem também determinados alimentos que você pode incorporar na dieta que ajudam a acelerar o metabolismo, devido aos seus efeitos termogênicos. Exemplos são o chá verde, canela, pimenta, gengibre, alimentos picantes, alimentos com ômega-3, como salmão e frutos secos, entre outros.

 Você está com sede? Beba água fria!  Ao optar por beber água fria ao invés de natural, o seu corpo vai trabalhar mais para regular a sua temperatura, e por isso, irá provocar uma aceleração no metabolismo e potenciar uma maior queima de gordura.

Qual o tipo de treino mais eficaz?  Em vez de treinos de cardio longos, porque não optar por treinos mais curtos, mas intensos? O treino intervalado de alta intensidade (HIIT) vai acelerar o metabolismo, provocando uma maior queima de calorias, enquanto preserva a sua massa muscular. Exemplo que você pode incorporar no seu treino: Se está numa máquina do gênero esteira, elíptico ou bicicleta, pode acelerar com intensidade por 30 segundos, e abrandar de seguida por 15 segundos, repetindo entre 10 a 15 vezes.

O momento de relaxar…  Saber relaxar é quase tão importante como ser ativa. E você sabe porquê? Quando andamos muito estressadas o nosso corpo liberta cortisol, e demasiado cortisol acaba desacelerando o nosso metabolismo. Então, é importante que você aprenda a evitar o estresse no seu dia a dia.

Uma boa noite de sono!  Dormir bem e o suficiente é a chave para acelerar o metabolismo. De forma a restaurar e recuperar todas as suas energias para um bom funcionamento do organismo, é essencial que você tenha uma noite de sono de qualidade. Tente dormir entre 7 a 8 horas por noite.metabolismo-meta

Estacione longe do seu local de trabalho.  Andar um pouquinho todos os dias pode soar irrelevante, mas pode vir a fazer a diferença no seu processo de emagrecimento! Ao provocar um aumento da frequência cardíaca você estará a causar uma aceleração geral do metabolismo. E de seguida… porque não evitar o elevador e usar as escadas?

Vá tomar um café. : Vários estudos indicam que a cafeína é um ingrediente que estimula a aceleração do metabolismo, contribuindo para o aumento da produção de energia e promovendo a queima das reservas de gordura. Um café pela manhã não só vai ajudar você a acordar, como a queimar calorias.

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: