Scroll Top

Dicas de Saúde

24 Maneira para Trata dos Dentes

Raspe com a unha o lado interno de um dos seus molares. E olhe para o seu dedo. Vê aquela coisa branca embaixo da unha ? É placa. A placa é uma película aderente de bactérias vivas e mortas que se desenvolvem nos dentes. Quando a placa não é removida, fica dura, 50% em 48 horas e torna-se dura como pedra em 12 dias. Essa rocha, chamada de cálculo, é mais conhecida como tártaro. Há vários motivos para você não querer nenhuma dessas duas coisas. O tártaro e as placas fazem os seus dentes ficarem feios e cheirarem mal. Não basta? Pois tem mais: são as placas e o tártaro aderidos aos dentes e ás gengivas como crostas que causam problemas dentários ainda mais sérios como a gengivite e a doença periodontal.

Você não pode remover o tártaro.”É como craca num navio”, do colorado. Mas você pode remover as placas. E ao removê-las estará prevenindo o tártaro. Remover a placa é fácil. Portanto, limpe o seu dedo e prossiga com a leitura.

Escovação. Imagine a sua escova de dentes como uma espada e a placa como o inimigo. Nesse caso, você vai expulsá-lo. A fricção da escova rompe a placa bacteriana nos dentes, desde que você os escove corretamente. E como a maioria das pessoas, provavelmente você não sabe escová-los direito. Para cima ou para baixo ou de um lado para outro, não é a forma correta. Você precisa virar a escova de forma que as cerdas formem um ângulo de 45 graus com a superfície de encontro entre dentes e gengiva (a gengiva em torno dos dentes). Agora, com muita delicadeza, agite ou meneie a escova em pequenos círculos, cobrindo um ou dois dentes de cada vez.tararo

Ataque pela retaguarda. A placa gosta de se esconder na parte interna dos dentes. Insiste-se muito em escovar os dentes que aparecem no sorriso, os superiores mais acessíveis. Mas há negligência nas áreas em que os dentes entram em contato com a língua e as gengivas. Ali você precisa concentrar seus esforços.

Dois minutos. Não precisa mais. A maiorias das pessoas escovam a área do sorriso e dão adeus ao resto da boca. As pesquisas mostram que a maioria escova os dentes em 30 segundos e os dentistas e especialistas que seriam capazes de escová-los mais rápido, gastam de 2 e 4 minutos escovando-os.

Escová-los á noite. Não deixe os resíduos diur-nos  dormirem na boca. Se só puder escovar uma vez ao dia, faça-o á noite ou dará á placa 8 horas de abrigo para se desenvolver.

Escolha bem a escova. Pense pequeno ao escolher uma escova. Você tem de atingir todos os lados dos seus dentes, inclusive os de trás da boca.Uma escova gigante não serve e não vai atingir as reentrâncias onde os germes gostam de se esconder. Prefira as de cerdas moles, arredondadas. As cerdas de náilon macias não prejudicam o esmalte e são eficazes contra as placas. E devem ser arredondadas.

Segura a escova como uma caneta. Pesquisadores finlandeses demonstraram que a maneira de segurar uma caneta, e não como se segura uma raquete de tênis, causa menor abrasão gengival e ajuda a saúde das gengivas, além de remover bem as placas.

Fio dental. Em termos de remoção das placas o fio dental é mais importante do que a escovação do colorado. Mas é preciso fazê-lo corretamente. Pegue 50 cm do fio e enrole uma extremidade no dedo médio de uma mão e a outra no médio da outra, deixando cerca de 2-3 cm de fio entre eles. Usando um movimento de vaivém delicado, passe o fio entre dois dentes. Ao chegar na linha da gengiva, até sentir alguma resistências. Curve-o em direção ao outro dente da mesma maneira. Para os dentes superiores deslize-o para baixo e os inferiores para cima.

Vá com delicadeza. Não fique passando o fio para cima e para baixo com violência, para junto e para longe da gengiva como se fosse levar a placa á morte! Você estará chicoteando a gengiva também. Vá devagar e com calma.

Encontre um fio apropriado. Existem de vários tipos. Não importa muito o tipo. Em fita podem ser melhores para quem tem espaço entre os dentes,. Com sabor podem deixar a boca mais refrescada.

Selo de aprovação. Use pasta com flúor recomendada oficialmente. As comuns podem não conter o flúor suficiente ou serem abrasivas.

Bicarbonato de sódio. Funciona. Mergulhe a escova diretamente na caixa ou misture uma colher de sopa de bicarbonato a uma pitada de sal numa xícara. Molhe a escova e esfregue.

Use só água. Não deixe que o seu tubo de pasta vazio o impeça de escovar os dentes. Molhe a escova e vá atrás das placas.

Seja criativo. Você está sem escova e sem fio dental. Só dispõe de fio de linha comum: use-o. Não tem desculpa. Vai atender ao mesmo propósito.

Bocheche. Depois de cada refeição, se não tiver escova ao seu alcance, vá até o banheiro e bocheche um pouco de água em torno dos dentes. Basta uma vez para remover os resíduos.

Listerina. Comprovadamente eficaz na redução das placas quando usada como complementação, ou não, ao escovar. Uma pesquisa de 145 adultos em Baltimore demostrou que quem lava a boca com Listerina consegue reduzir as placas em 22% e a gengivite em 28%.

Faça seu próprio colutório. Uma mistura meio a meio de água oxigenada a 3 % e água pura,.

Para descobrir as placas. Primeiro cubra os lábios com vaselina para evitar manchá-ls. Em seguida ponha na boca uma colher ( de chá) de corante alimentar, bocheche e cuspa numa bacia. Enxague a boca com água corrente. Procure pelas placas agora marcadas pelo corante. Sempre que escovar, preste atenção ás áreas marcadas.

Diga queijo, por favor. Evite as batatas chips e peça queijo de aperitivo, sugerem pesquisas da Universidade de lowa. Os pesquisadores descobriram que 5 gramas de queijo antes das refeições eliminam a produção de ácido pelas placas. Mas dê preferência a queijo envelhecidos tipo cheddar.

O mecanismo é desconhecido. Talvez funcione como um agente tamponante. Mas os que recentes e fresco não funcionam. Alguma coisa acontece no processo de envelhecimento do queijo, embora ninguém saiba o que. De qualquer forma, quanto mais cheiroso, melhor.

Chiclete sem adoçante. Se não puder escovar os dentes após uma refeição, mas que chiclete sem açúcar durante 20 minutos. A própria saliva lavará os dentes e neutralizará o ácido da placa, antes que ataque. Além disso, a ação mecânica do chiclete poderá desalojar resíduo alimentares. placas

Experimente escova elétrica. Esquece as escovas comuns que só fazem vibra a placa nos dentes. Há escovas elétricas entre as importadas que tem movimento rotatório, entre e a haste fixa. Entre as marcas recomendadas estão a interplak, Rota-Dent e a superbrush. Instrumento perfeito para quem sofre de atrite ou tem alguma deficiência física que impeça o uso da escova regular. Essa novas escovas segundo pesquisa, removam até 98,2% das placas da superfícies dos dentes comparando aos 48,6% do que é removido pela escovação regular.

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: