Scroll Top

Doenças e Tratamentos

ATEROSCLEROSE- O QUE É, CAUSA E TRATAMENTOS NATURAIS

A aterosclerose é um processo mórbido, hoje muito comum, em que se verifica infiltração gordurosa e de elementos figurados do sangue através da íntima das artérias, como consequência formação de ateromas. A aterosclerose é um processo parecido, em que se verifica, durante o envelhecimento, perda de elasticidade (endurecimento) das túnicas das artérias, que perdem seus caracteres normais, tornando-se menos adequadas á função de conduzir o sangue e, consequentemente, de levar nutrientes ás células. Ambos os processos podem localizar-se no cérebro, no coração, no figado, nos rins, nos pulmões, no intestino, em qualquer parte do corpo, enfim.alface - Cópia (2)

Causas:

Pessoas que apresenta altos níveis de colesterol circulante são mais sujeitos á aterosclerose. O modo de vida moderno, de que constam hábito de fumar, alimentação de má qualidade e estresse emocional, é o grande causador de aterosclerose. Excesso de gordura na alimentação, especialmente gordura animal(que contém colesterol e gordura saturada), excesso de sal, pouca fibra alimentar, fumo, obesidade, hipertensão arterial, estresse e falta de exercícios físicos são alguns dos chamados “fatores de risco para as doenças ateroscleróticas”, pois se acham intimamente ligados á angina do peito, ao infarto do miocárdio e a outros acidentes vasculares, como o “derrame”cerebral. A vida moderna, com seus hábitos nocivos á saúde, é em grande parte responsável pelo desenvolvimento dessas doenças tão comum quanto graves. Hoje sabe-se que a deficiência de ácido fólico, vitamina B 12  e vitamina B 6 provocam o aumento, no sangue, dos níveis de homocisteína, que também está relacionado á aterosclerose.alface1

Sugestões naturais:

Hortaliças: Alface— Utilizar copiosamente alface crua em saladas. Tomar chá por cozimento na dose de 50 g a 80 g para um litro de água, 3 ou 4 xícaras por dia.

Água de alho: Amassar 2 dentes de alho e deixa-lo de molho em um copo de água durante 6 horas. Coar e tomar 3 vezes ao dia. Ou tomar uma cápsula de óleo de alho 2 vezes ao dia.

Frutas: Abacaxi– Uma refeição diária de abacaxi por 15 dias.

Limão— Cura de limão. Começar com um limão: um no primeiro dia, 2 no segundo dia, 3 no terceiro dia, e assim por diante, até 10; depois, diminuir a dose pela mesma escala até um limão. Assim, em 20 dias, faz-se a chamada “cura do limão”. Diluir os limões em água e fracionar ao longo do dia.

Maçã– Usar maçã todos os dias. Substituir, de vez em quando, uma refeição por maçãs.

Plantas: Primeira semana. Chás de sete-sangrias e dente-de-leão misturados. Dose: duas colheres, das  de sopa, de plantas picadas para meio litro de água, de 2 a 3 xícaras ao dia.

Segunda semana: Chás de chapéu-de-couro e tanchagem, misturados. Dose: duas colheres, das de sopa, de plantas picadas para meio litro água de 2 a 3 xícaras ao dia.

Terceira semana: Repetir o tratamento da primeira, alternando sucessivamente por 3 ou 4 meses. Em cada xícara, acrescentar o suco de um limão.

Fatores de riscos:

1- O colesterol e ou os triglicerídios no sangue estão altos

2- A pressão arterial está alta

3- Já ocorreu derrame ou infarto

4- Está presente a angina de peito

5- Há obesidade

6- O paciente é portador de diabete melito.

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: