Scroll Top

Dicas de Saúde

Caspa 18 conselhos para deter a descamação

Se você é dessas pessoas que vivem  cheias de escamas  branquicentos e miúdas pela  testa, pelos ombros, lembre-se que não  está sozinho: os  cabeleireiros dizem que a caspa é a queixa mais comum. E os dermatologistas concordam: de certa maneira, todas as pessoas têm problema. Se você está  ansioso para se ver livre desse probleminha enjoado, já chamado de caspa, ouça o que dizem os especialistas.

Não ignorá-lo. Faça o que fizer, não ignore a sua caspa para não cair no vicio  do coçar, Ignorar a condição é fazer crescer o problema. Dai a coceira. Se coçar o couro cabeludo poderá feri-lo e torná-lo propenso a infecção.

Xampu com frequência.  Os especialistas são unânimes: lavar o cabelo muitas vezes — todos os dias, se necessário. “Em geral, quanto mais vezes se lava a cabeça com xampu, mais depressa se controlar a caspa”.

Começar devagar. Ás vezes um xampu suave, sem medicamentos, é suficiente para resolver o problema. A caspa ás vezes é causada por oleosidade excessiva do couro cabeludo. O uso diário de xampu suave diluído em igual  volume de água destilada permite controlar a oleosidade sem comprometer o couro cabeludo.caspa

Ir em frente. Se os xampus comuns não derem resultado, empregue fórmula anticaspa. Os xampus contra caspa são classificados por seus ingredientes ativos, que agem de diversas maneiras. Os de ação mais rápida contêm sulfeto de selênio ou piri ti-ona  de Zico, que retardam o ritmo de multiplicação das células do couro cabeludo. Os de ácido salicílico enxofre afrouxam as escamas e permitem que sejam eliminadas facilmente. Os que contém agentes antibacterianos eliminam as bactérias residentes no couro cabeludo e reduzem a probabilidade de infecção. Os de alcatrão retardam o crescimento celular.

Emprego do alcatrão. “Para os casos mais rebeldes, recomendo as fórmulas á base de acatarão”, “Forme espuma com o xampu de alcatrão e descanse por 5 ou 10 minutos, para que o  ingrediente tenha oportunidade de funcionar”. As pessoas quase sempre enxaguam logo em seguida, explica ela.

Tratamento alternado. Se para você os xampus á base de alcatrão forem muito fortes — ou mesmo outros preparados anticaspa –alterne-os com o xampu normal.

Para quem tem cabelos louros. Se você tiver cabelos louros ou prateados, convém pensar duas vezes antes de usar um xampu á base de alcatrão. Pode dar uma tonalidade acastanhada em cabelos claros.

Lavar a cabeça duas vezes. Ao usar xampu anticaspa durante o banho, lave duas vezes a cabeça, recomenda . A primeira, assim que entra  no chuveiro para que o xampu tenha tempo de agir. Deixe-o na cabeça durante todo o banho. Em seguida , enxague os cabelos completamente. Aplique-o novamente e torne a enxaguar. Deve ficar algum resíduo na cabeça que atuará até a próxima lavagem.

Uso de touca. Para aumentar a eficácia dos xampus anticaspa. Depois de aplicá-lo, coloque uma touca de banho sobre o cabelo molhado. Deixe-a por uma hora, e enxague da forma habitual.

Adaptar-se ao xampu. Se você encontrou uma marca funciona bem,. Tomando cuidado para que a pele se adapte aos ingredientes do xampu, Convém mudar de marca, em intervalo de meses, para manter a eficácia dos produtos.

Massagem. Ao lavar a cabeça, massageie com delicadeza o couro cabeludo, usando a ponta dos dedos, para soltar a caspa e as escamas. Mas não coce a região com as unhas, adverte . Você pode ferir a pele e agravar o problema da caspa.

Outras modalidades de tratamento. Recomenda um produto encontrado no mercado norte-americano, o P&S Liquido, que é vendido sem receita médica para os casos excessivamente rebeldes com formação de escamas e crosta Aplicar no couro cabeludo ao deitar, cobrindo com touca de banho a cabeça. Lavar os cabelos pela manhã. Aplicar uma vez por semana. “Não é conveniente para uso diário”.

Tomilho. O tomilho parece ter propriedades antissépticas que ajudam a aliviar a caspa. Ferver 4 colheres de sopa de tomilho seco em 2 xícaras de água, durante 10 minutos. Coar a infusão e deixar esfriar. Derramar metade sobre o cabelo lavado ainda molhado, certificando-se de que o líquido atingiu o couro cabeludo. Massagear com delicadeza. Não enxaguar. Guardar a sobra para outro dia.

Cerveja. Quem usa cerveja como creme rinse ou como fixador, pode trazer a caspa. A cerveja pode ressecar o couro cabeludo e acabar levando ao problema.

Uso de condicionador. Embora os xampus anticaspa sejam eficazes sobre o couro cabeludo,podem ser muito fortes para os cabelos.  Por isso convém aplicar condicionador depois de lavar a cabeça.

Óleos. Embora a oleosidade excessiva do como cabeludo cause problemas, um tratamento ocasional com óleo morno ajuda a soltar e a amolecer a caspa. Aqueça alguns mililitros de azeite de oliva, sem ferver. Molhe os cabelos com água, senão o óleo vai se prender aos cabelos sem atingir o couro cabeludo, em seguida aplique diretamente o azeite, com escova ou chumaço de algodão, ao couro cabeludo. Afaste os cabelos para que só atinja essa região. Coloque uma toca de banho e deixe por 30 minutos. Em seguida, remova-o com xampu anticaspa.caspa-caspa

A luz do sol. “Uma certa exposição ao sol faz bem para a caspa”. Porque a luz ultravioleta tem um efeito anti-inflamatório sobre as dermatoses descamativas. Talvez explique por que a caspa costuma ser menos acentuada no verão.

Mas é preciso ter bom senso. Não tome banho de sol: por pouco tempo, apenas exponha-se a ele. Não mais do que 30 minutos por dia. E proteja o resto da pele:”É preciso balancear o beneficio do sol sobre o couro cabeludo contra seu efeito sobre a pele em geral”.

O papel das emoções. Nunca pode ser esquecido no desencadeamento ou agravamento de dermatoses como a caspa e outras formas de dermatite. São condições que se agravam pelo estresse. Faça exercícios. Medite. Afaste-se dos problemas. E não se preocupe em demasia com a caspa!

 

 

Por

 

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: