Scroll Top

Doenças e Tratamentos

Cirrose Hepática – o que é, causas e Tratamentos Naturais

A cirrose hepática é que compromete o figado, caracterizada por evolução em três etapas básica: Primeira. Necrose ou morte das células do figado. Segundo. Formação de “cicatrizes” (tecido fibroso, duro, inativo). Terceira. Regeneração de parte das células, formando nódulos que prejudicam a circulação do sangue.

Causas:figado

As causas são basicamente duas: alcoolismo e má nutrição. Há casos de cirrose em crianças, devido a subnutrição severa. O álcool afeta de modo direto e profundo o metabolismo hepático. No decurso de reações a que é submetido, deixa um rastro de resíduos tóxicos, como o acetaldeído. O funcionamento do figado, vital, que deveria ser mantido intocável durante toda a vida, é perturbado ao extremo. Inicialmente, pode aparecer a esteatose hepática, fase em que há vestígio de degeneração gordurosa. Quaisquer fatores de agressão hepática podem trazer como consequência, em alguns casos, a cirrose. Por exemplo, hepatite, drogas, intoxicação por inseticidas, venenos químicos, infecções bacterianas etc., que produzem necroses de células hepáticas, ocasionando posterior fibrose, com evolução idêntica á cirrose já descrita. Mas, desde que o figado não tenha sido maciçamente afetada, há possibilidade de melhora.

Sugestões naturais:

Hortaliças: — Cenoura — Tomar meia xícara do suco de cenoura misturado com 1/4 de xícara do suco de cebola, 2 vezes ao dia.

Frutas:

Melancia, mamão e melão — Substituir uma refeição diária por melancia, exclusivamente, de preferência o desjejum, durante uma semana; na segunda semana, mamão; na terceira, melão. Na quarta semana, repete-se o tratamento da primeira. Assim, vai-se alternando sucessivamente.

Plantas:fiagdo- figado

Primeira semana: Chá de picão, boldo-do-chile e alfavaca misturados. Dose: 30 gramas para um litro de água, 3 xícaras por dia.

Segunda semana: Chá de losna, cavalinha, camomila. Dose: quatro colheres, das de sopa, das plantas picadas para um litro de água, 3 xícaras por dia.

Terceira semana: Chá de carqueja, mi-em-roma, dente-de-leão. Dose: quatro colheres, das de sopa, picadas para um litro de água, 3 xícaras por dia.

Quarta semana: repetir o tratamento da primeira. Assim, vai-se alternando sucessivamente.

1 Comentário

  1. Anderson disse:

    Gostei do site,achei muito legal

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: