Scroll Top

celulite dicas Dicas de Saúde tratamento

Diga – Adeus a Celulite para Sempre

  • O que é a celulite? Para ser possível perceber como se desencadeia o processo de formação da celulite, é necessário estarmos familiarizados com o conceito de lipócito, que é a célula de gordura. O lipócito apresenta pequenos vacúolos de gordura, que recebem o excesso de gordura resultado de alimentação inadequada. O acúmulo dessa gordura ocupa quase toda a célula, permitindo o aumento do seu tamanho. O tecido gorduroso que fica embaixo da pele é, portanto, formado por um grande número de lipócitos. Lipócitos esses que são mais numerosos em pessoas com tendência para engordar (é aqui que entra a genética). No tecido gorduroso existem também as fibras, que separam os grupos de lipócitos. É por causa das características dessas fibras que as mulheres apresentam uma propensão maior a desenvolver celulite e os homens não. Nas mulheres as fibras são finas e perpendiculares à pele, ligando-a ao tecido muscular mais profundo. Nos homens, as fibras são mais grossas e se ligam à musculatura de forma oblíqua. Quando aumenta o tamanho do tecido gorduroso na mulher, por causa da acumulação de gordura, esse tecido se expande em direção à pele mas quando o mesmo acontece no homem, as fibras resistem à expansão em direção à pele e dirigem o tecido gorduroso em profundidade, não aparecendo assim as irregularidades da celulite. Aumentando o tecido gorduroso, as veias e os linfáticos ficam comprimidos, passando então a existir um edema, um inchaço. Esse aumenta ainda mais o volume do tecido, o que piora o processo da celulite. O hormônio feminino dirige mais gordura para regiões como o quadril e alteram a parede das micro veias, piorando mais ainda as condições circulatórias e agravando a celulite em um ciclo vicioso que, se não for tratado, tende à perpetuar. Os estágios de celulite vão acontecendo, desde o estágio em que existe apenas um aumento de volume das células, com um pequeno edema, até estágios mais avançados, onde ocorre uma completa desorganização do tecido gorduroso com aparecimento de nódulos e depressões (buraquinhos).

celulite-grau

Os estágios da celulite
A celulite se apresenta em quatro estágios de evolução: Condição Normal. Na condição normal o tecido gorduroso é ricamente irrigado, as células gordurosas são de tamanho normal. Os vasos são eficientes e têm um formato normal.

Estágio 1 da celulite:Acontece um aumento de volume das células na região afetada, ocasionando uma discreta dilatação das pequenas veias do tecido gorduroso. A pele não apresenta sinais visíveis ou dor.

Estágio 2 da celulite: Ocorre um maior inchaço das células de gordura e surgem detritos que, ao invés de serem eliminados, passam a se acumular debaixo da pele, onde já é possível observar irregularidades ao apalpar. Ainda não existe desconforto (dor).

Estágio 3 da celulite: Nesse estágio, a circulação já está comprometida, causando inchaço, dores nas pernas, aparecimentos de “vasinhos” e micro varizes. Já é possível observar uma desordenação no tecido e surgimento de nódulos, seu aspecto é o de uma “casca de laranja”.

Estágio 4 da celulite: A presença de micro nódulos e macro nódulos é visivelmente observada, assim como uma significativa fibrose (endurecimento do tecido). A circulação está muito comprometida. Nesse estágio a celulite é dura e a pele se torna cheia de depressões (buracos). As pernas ficam inchadas e muito doloridas.

Excesso de peso: apesar de não ser exclusiva em mulheres com excesso de peso, a celulite costuma ser mais grave em pacientes com estas características.

Sedentarismo: Boa circulação e musculatura de qualidade ajudam a prevenir a celulite e colaboram com a melhora da pele que apresenta o problema.

Produção ou ingestão hormônios – Os hormônios femininos ajudam a promover o aparecimento da celulite, quando a paciente usa alguns métodos anticonceptivos hormonais, as ditas pílulas, pode ter seu quadro piorado.

Fumo – o cigarro piora a circulação sanguínea da pele e aumenta a produção de radicais livres que podem favorecer o aparecimento da celulite.

Roupas muito justas ou apertadas – reduzem a circulação sanguínea e favorecem o acúmulo de líquidos nas áreas de risco de celulite.

Má qualidade de sono – um sono ruim pode contribuir para a liberação de hormônios do estresse que promovem retenção de líquidos no corpo, favorecendo a celulite.

Estresse – A saturação emocional retêm líquidos.

Alimentação inadequada – dietas não balanceadas e ricas em calorias e/ou sal ajudam a no ganho de peso e na retenção de líquidos que agravam a celulite.

Baixa ingestão de líquidos – pacientes que bebem pouca água ao longo do dia acabam tendo maiores problemas de circulação e consequentemente retendo mais líquidos. Aqui, algumas dessas para você experimentar, não esquecendo que a celulite requer um tratamento completo, ou seja, não adiantará você besuntar o corpo dia após dia com qualquer creme ou máscara caseira se não aliar a isso uma alimentação equilibrada, bastante água todos os dias, atividades físicas no mínimo três vezes por semana, enfim, cuidados em conjunto!

Receitas caseiras para acabar com as celulites
Receita 1

Ingredientes:

  • ½ litro de azeite de oliva extra virgem;
  • 5 colher (sopa) alecrim fresco.

Como fazer: Coloque o alecrim e o azeite num vidro limpo e seco, com o azeite tampando toda a erva.
Tampe e guarde, só usando após uma semana.
Use diariamente após o banho, massageando em movimentos circulares as áreas onde quer combater a celulite.
Retirar apenas o excesso com uma toalha.

Receita 2

Ingredientes:

  • 20g de argila verde de uso doméstico;
  • 7 gotas de óleo essencial de menta;
  • Água mineral.

Como fazer: Misture os ingredientes, formando uma pasta espessa e aplique nas áreas a serem tratadas.
Deixe agindo por 30 minutos e enxágue.
Pode ser usada duas vezes por semana.

Receita 3

Ingredientes:

  • 1 cápsula de vitamina E;
  • 2 colher (sopa) de gengibre em pó;
  • 2 colher castanha da Índia em pó;
  • 2 colher (sopa) centelha asiática em pó;
  • ½ pote (100 ml) iogurte natural.

Como fazer: Misture num pote todos os ingredientes até virar uma pasta homogênea e aplique nas áreas a serem tratadas, massageando suavemente por 20 minutos. Lave com água fria e sabonete. Após o banho, aplique a ampola de vitamina nas áreas afetadas e massageie.celulite-estagio

Receita 4

Ingredientes:

  • 1 colher (sopa) cheia de óleo de amêndoas;
  • 1 pedaço pequeno de gengibre ralado.

Como fazer: Misture e aplique nas áreas com celulite, massageando com movimentos circulares por 30 minutos, lavando a seguir com sabonete neutro.

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: