Scroll Top

Dicas de Saúde

Gengibre e Couve Juntos na Cozinha

A Mistura da couve com o gengibre fornece fornece diversos benefícios ao organismo. Mas, afinal, você sabe tudo sobre esses dois alimentos?

A origem. Segundo o site da Embrapa- Empresa Brasileira de pesquisa Agropecuária -a couve é originária da costa do Mediterrâneo, mas especificamente da Grécia, e pertence a família  das Brássicas, da mesma forma que o repolho, o brócolis e o rabanete.

Propriedades. A couve pode ser caracterizada como uma verdura com ação anti-inflamatória, pode cicatrizante e capaz de fixar o cálcio nos ossos. Ela é rica em vitaminas A, B6, C e K e é repleta de minerais como o cálcio e o ferro. “Outro nutriente precioso contido na couve é o óxido nítrico, que melhora o aparelho cardio circulatório e ainda ajuda a turbina a malhão”.poder do gengibre

Afaste o risco de câncer. É possível encontrar nessa verdura substâncias conhecidas como glucosinolatos, que são fitoquímicos naturais que, por terem ação desintoxicante, estimulam o organismo a se livrar de substâncias prejudiciais, até mesmo das cancerígenas, além de fortalecer o sistema imunológico.

Tão rica quanto o leite?

Segundo ensina a tabela de composição de alimentos ( Taco) da Unicamp, há uma pequena diferença entre os valores de cálcio presentes no leite e na couve. A tabela indica que 100g da  couve manteiga crua contém 131mg. Extremamente importante ao organismo, o cálcio tem a função de auxiliar no crescimento do ser humano e na manutenção dos ossos e dos dentes, por exemplo.

E o iodo?

Outra vantagem de consumir a couve é que ela contém iodo, substância indicada para quem tem bócio-uma doença caracterizada pela deficiência desse elemento no organismo.

A origem.

O gengibre tem sido utilizado no oriente há mais de 2.000 anos. Antes do descobrimento da América, já era utilizado pelos árabes, como expectorante e afrodisíaco. Os primeiros relatos mostram que foi inicialmente cultivado no México, sendo em seguida levado ás Antilhas, principalmente á jamaica.

Principais propriedades. Essa raiz é desintoxicante e tem o poder” limpar” o organismo, o que melhora o desempenho dos sistemas digestivo, respiratório e circulatório. ” O gengibre também é tido como alimento termogênica, o que o torna capaz de acelerar o metabolismo e favorecer a queima de gordura”.

Aliado da dieta. O gingerol presente nesse alimento é conhecido por sua ação termogênica, auxiliando na perda de peso para quem procura emagrecer. Além disso, ele estimula o olfato e o paladar, contribuindo com a diminuição do uso do sal para temperar os alimentos.

Tchau, mal-estar. ” O gengibre é sempre lembrado quando se fala em problemas do trato gastrointestinal, pois combate enjoos, gases, indigestação e náuseas, sendo bastante útil também para o tratamento desses sintomas em pacientes em tratamento de câncer ou em gestantes”, explica a profissional.força do couve

Passe longe se… O gengibre pode aumentar a pressão arterial e, por isso, pessoas com problemas cardíacos e que apresentam hipertensão devem ter cuidados redobrados ao incluir esse alimento na dieta.

 

 

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: