Scroll Top

Dicas de Saúde

O Benefício da Quinoa para Saúde

Originária dos Andes, onde é muito consumida, a quinua (também chamada de quinoa), vem sendo estudada em nosso país desde os anos noventa e já ganhou o aval entusiasmado de pesquisadores e nutricionistas, que a estão considerando um dos alimentos mais completos!

Existem muitas pessoas que ainda não ouviram falar na quinua, mas ela tem aparecido com maior frequência nos restaurantes e também à venda em lojas de produtos naturais. É considerada como um pseudocereal do ponto de vista botânico, apesar da semelhança aos cereais. Ela possui substâncias que melhoram o transporte de oxigênio pelas células do sangue, possui também uma substância que a recobre, chamada saponina, que, juntamente com as fibras que possui, podem reduzir os níveis de colesterol produzidos pelo fígado.

Propriedades e benefícios

A qualidade de proteínas que esse alimento possui é comparável às fontes de origem animal, não pela quantidade, mas pela junção de vários tipos proteicos que oferecem tudo o que o organismo necessita. Outras propriedades importantes vem sendo descobertas enquanto avançam as pesquisas, como a dupla lisina e metionina, que são encontradas no arroz com feijão e consideradas uma combinação nutricional perfeita. Sendo a lisina especial ao desenvolvimento intelectual e motor de crianças.quinoa

Ela é rica em zinco, cálcio e ferro, a concentração deste, garante aos pesquisadores que o consumo da quinoa seria responsável pelo fim da anemia. Seus fitoestrógenos também mantém a osteoporose afastada das mulheres após a menopausa, já que cumprem o papel do hormônio feminino.

Outra característica especial desse grão é que não possui glúten, como outros cereais, o que possibilita a ingestão por celíacos (pessoas com alergia ao glúten). Pessoas que praticam esportes ou exercícios físicos, são grandes beneficiados, já que a quinua recupera as fibras musculares e possui pouca gordura e colesterol e é de fácil digestão.

 Como pode ser consumida a quinoa?

Não existe um consenso a respeito da melhor maneira de consumir a quinua, a princípio o grão reteria melhor as propriedades do que seus derivados, como a farinha, sendo possível cozê-lo em pouca quantidade de água ou ainda assá-lo no forno.

A quinua não tem ainda um preço muito acessível a todas as pessoas, já que meio quilo custa em torno de R$30.

Existem projetos para a produção de uma quinoa melhorada, já que, segundo pesquisadores, no Brasil temos condições de produzi-la, em larga escala, tão boa ou melhor do que a andina. Por enquanto, as áreas de plantações espalham-se pelas regiões Sul, Sudeste e Centro-oeste, por isso, a maior parte dos grãos comercializados é importada da Bolívia.

Ela é excelente para toda e qualquer pessoa, apesar de os estudos ainda não estarem concluídos, percebe-se que ainda há mais benefícios da quinoa a serem descobertos!

os benefícios do Quinoa

Ajuda na perda de peso

“A quinoa é uma excelente fonte de fibras, que contribuem para o processo de emagrecimento. Ela também é rica em triptofano, aminoácido envolvido da síntese de serotonina, substância relacionada com a sensação de bem estar, saciedade e bom humor” Na medida da dieta: opções para quem não gosta de jantar

Contribui para o ganho de massa muscular

As proteínas têm papel fundamental na formação dos músculos e, de acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), neste quesito, a quinoa possui quantidades comparáveis ao leite. “Os grãos do alimento são ricos em aminoácidos essenciais ao organismo, que formam as proteínas, como valina, histidina, triptofano e isoleucina. Estes compostos não são produzidos pelo nosso organismo e só podem ser adquiridos através da alimentação”, orienta Alessandra. É por este motivo que a quinoa é considerada um alimento de alto valor biológico.

ara os vegetarianos, pode substituir o feijão

O ferro encontrado nas carnes é considerado melhor para o organismo, já que seu poder de absorção é maior quando comparado ao nutriente de origem vegetal. Mas é um engano pensar que apenas o feijão entra na lista dos vegetais ricos no mineral. “A quinoa possui mais ferro do que o feijão. Apenas os feijões dos tipos azuki e vermelho possuem quantidades maiores do mineral. Para os vegetarianos, é muito importante variar a fonte de ferro, não concentrando todo o cardápio em apenas um alimento que contenha a substância. Vegetais folhosos de cor verde escura e beterraba são outros vegetais ricos em ferro”, orienta Alessandra.
Carne vermelha: mitos e verdades

Faz bem à saúde

A quinoa não contém glúten e também pode ser consumida por diabéticos. Os grãos do alimento possuem ômega-3 e 6, que contribuem para a redução do colesterol e prevenção de doenças cardiovasculares.

No grão da quinoa pode ser encontrado cálcio, fósforo, magnésio, potássio, manganês, ferro, zinco, fibras, ômega 3, ômega 6, vitaminas B1, B2, B3, C e E, além de aminoácidos essenciais, em seu total, dezoito aminoácidos.

Em somente cem gramas de quinoa, é possível obter altos níveis destes nutrientes, atuando no sistema cardiovascular, reduzindo as taxas de hipertensão, problemas cardíacos, arritmia, e ainda reconstruindo tecidos musculares e da pele além de fortalecer cabelos, ossos e unhas.

Alguns outros benefícios que podem ser atribuídos ao grão da quinoa, está a prevenção de doenças como osteoporose, câncer de mama e distúrbios causados pela queda hormonal durante a menopausa, além de agir contra a fadiga e a depressão devido a existência de triptofano.

Este grão é de origem milenar, cultivado em sua origem em regiões como a Colômbia, Bolívia, Peru e Chile, e devido as extensas propriedades proteicas, este grão passou a ser a base de alimento para astronautas, permitindo que os mesmos possam repor seus níveis de nutrientes básicos para o eficaz funcionamento do organismo durante a viagem espacial.

Como consumir A quinoa geralmente é vendida na sua versão em pó, ficando parecida com a aveia moída, mas também pode ser encontrada como grão inteiro. Em ambos os casos a quinoa tem todos os seus nutrientes conservados e o consumo diário não deve ser feito em quantidades elevadas. De acordo com o nutrólogo Roberto Navarro, da Associação Brasileira de Nutrologia, não existe uma recomendação certa para o consumo diário de quinoa. “Pensando em uma dieta de 2 mil calorias, podemos dizer que duas colheres de sopa por dia são suficientes”, quinoa-quinoa

É possível acrescentar a quinoa à alimentação de diversas formas:

  • Saladas: a quinoa pode ser usada para temperar a salada tanto como a semente propriamente dita como também na forma de farinha.
  • Com leite ou iogurte: os grãos inteiros da quinoa podem ser consumidos como um cereal matinal, acompanhando leite ou iogurtes, por exemplo. Isso ajuda a acrescentar mais fibras ao preparo, melhorando o fluxo intestinal e garantindo a saciedade.
  • Substituindo a farinha de trigo: a farinha de quinoa pode ser usada no preparo de diversas receitas, como massa de bolos, tortas, pães e biscoitos. A proporção para substituir nas receitas é de um para um, ou seja, para cada xícara de farinha de trigo, use uma xícara de quinoa no lugar.
  • Misturado em sucos ou vitaminas: colocar uma colher de farinha de quinoa a sucos ou vitaminas acrescenta boas doses de cálcio, proteínas, ferro e zinco a essas bebidas, fora todos os nutrientes que as frutas já oferecem. Pelo fato de estarem em forma de suco, a frutas perdem muito das suas fibras, e a quinoa pode ajudar a equilibrar essas quantidades.
  • Com frutas: consumir uma salada de frutas acompanhada da quinoa pode ser uma ótima opção de lanche após os exercícios, uma vez que as frutas são fontes de carboidratos e a quinoa, de proteínas
  • dois nutrientes indispensáveis para quem está praticando atividade física.

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: