Scroll Top

dicas Dicas de Saúde dieta Frutas Sementes sucos detox

O Benefício da Romã para Pressão Arterial

A Romã é uma fruta com alto poder antioxidante, rica em vitaminas, que possui múltiplos benefícios medicinais.

Diversas partes da fruta são usadas para diferentes doenças, entre elas estão destacadas as propriedades de reduzir o risco de ataques cardíacos, melhorar o fluxo sanguíneo para o coração e manter as artérias livres de depósitos de gordura.

Vários estudos têm demonstrado que a romã é uma das frutas que mais possui propriedades. Tem alto teor de vitamina C, também de vitamina B5 (ácido pantotênico), fenóis naturais, potássio, vitamina A, vitamina E e ácido fólico. Além disso, tem altos níveis de antioxidantes, os quais combatem os radicais livres e impedem o envelhecimento celular.

São usadas da romã as sementes, flores, casas etc, e em muitos casos recomenda-se o suco, que permite extrair suas propriedades facilmente.

A romã e as artérias
Um estudo recente demonstrou que a romã pode prevenir e inclusive reverter à causa principal do óbito por motivos cardíacos, que é o aumento progressivo das artérias coronárias, devido ao acumulo de depósitos de gorduras, conhecidos como arteriosclerose.

A arteriosclerose pode ser causada pela hipertensão, o estresse oxidativo e principalmente pelo colesterol, e são três desequilíbrios que a romã combate diretamente.

O suco de romã tem demonstrado reduzir a arteriosclerose em 25% dos pacientes observados em um estudo.

O que ocorre quando elas se obstruem?
Quando as artérias se obstruem, estão nos indicando que alguma parte de nosso corpo não está funcionando bem. O que ocorre é que as artérias estão sofrendo a diminuição na circulação de oxigênio e do fluxo sanguíneo. Além disso, no processo irregular, acumula-se placa nas artérias que contornam o coração, razão pela qual não se trata simplesmente de uma artéria que requer atenção, mas sim de um problema maior que pode causar danos ao nosso sistema cardíacoroma-pressao

Que outras propriedades ela possui?
Reduz o desenvolvimento de catarata
Melhora o diabetes
Tem propriedades anti-inflamatórias
Fortalece ossos e músculos
Alivia o estresse
Ajuda a diminuir os níveis de colesterol LDL “mau”
Diminui ligeiramente a pressão arterial
Ajuda a prevenir vários tipos de câncer, especialmente o de próstata
Previne o acumulo de gordura abdominal
Ajuda a prevenir o desgaste da cartilagem
Sua propriedade adstringente ajuda a prevenir a diarreia (as pessoas com constipação não devem abusar do suco de romã), especialmente se usarmos a infusão da casca e a casca da árvore
Elimina parasitas intestinais
Reduz a placa bacteriana nos dentes e possui efeitos antibacterianos. Na Índia, são usadas as partes brancas e amargas da romã como ingredientes em cremes dentais naturais
Protege a pele dos raios ultravioletas (aplicada topicamente)
Como consumi-lo
Podemos consumir naturalmente, preferencialmente em jejum. Muitas pessoas não a consomem assim pela dificuldade para extrair as sementes. Basta que cortemos a romã ao meio e com uma colher vamos retirar a casca. Também podemos cortar em quatro partes para retirar as sementes com mais facilidade.

que você pode fazer para limpar as artérias obstruídas?
Bem, primeiro você deve saber que se tem uma artéria com obstrução severa, inevitavelmente terá que passar por uma intervenção cirúrgica. Depois de ter conhecimento do estado de suas artérias, será importante seguir algumas dicas e receitas naturais

Também podemos fazer suco com as sementes. Atualmente, muitas ervas e produtos dietéticos também comercializam. Tanto se nós mesmos preparamos como se comprarmos, é importante evitar o açúcar branco. Em vez disso, podemos adoçar com um pouco de mel. Este suco deixa uma sensação um pouco áspera na língua, devido aos taninos, que possuem propriedades adstringentes. Também podemos mesclar este suco com maçã, laranja, cenoura, gengibre etc, para desfrutar das múltiplas propriedades.

Também podemos obter o extrato da casca, que possui um poder antioxidante e ainda mais efeitos sobre o colesterol que a polpa.

Nossas alternativas para artérias obstruídas
Nesse caso, oferecemos uma alternativa simples, benigna e comum, revestida por algo tão natural como o extrato de uma fruta: a romã.

O poder da romã

Segundo estudos, demonstrou-se que o uso do extrato de romã pode evitar notoriamente a obstrução das artérias ou reverter os efeitos que esta patologia gera. A romã teve uma repercussão mais significativa com relação às artérias coronárias.

O óleo da semente de romã nos ajuda a conseguir efeitos profundos em nosso organismo e a aproveitar suas propriedades anti-inflamatórias. Além disso, este azeite pode ser usado para melhorar o estado da pele, graças ao seu alto poder antioxidante, para prevenir rugas, firmar e regenerar a pele e retardar seu envelhecimento. Também, ajuda a aliviar a pele irritada e com coceira.

As flores da romã, que são muito adstringentes, são usadas também em infusões para as diarreias e podem ser aplicadas externamente. Para preparar a infusão são necessárias 30 gramas de flores por litro de água, deixando-as repousar durante 15 minutos.

A infusão das folhas de romã nos ajuda a prevenir a anemia, se tomarmos 3 copos ao longo do dia, durante pelo menos dois meses.

O que ocorre com a romã?
O suco de romã tem um valor especial na cura de doenças cardiovasculares, correspondente aos seus componentes especiais e às suas capacidades antioxidantes e anti-ateroscleróticas.

Além de suas propriedades superficiais, a romã conta com níveis de açúcar adequados e é rica em vitaminas A, B, C e E. Por outro lado, considera-se que com um copo de suco de romã, é possível obter 100% da dose diária necessária de ácido fólico e a metade das vitaminas antes mencionadas. Mas, o segredo está no componente mais importante e mais abundante que essa fruta possui: o potássio.

Esse elemento é um agente ativo que intervém na manutenção do equilíbrio da bomba sódio-potássio, além de ser sumamente necessário para a transmissão e produção da atividade muscular e do impulso nervoso.

A romã como cardioprotetora
Será o óxido nítrico que nos dará a explicação desse aspecto. Pois, temos que considerar que o óxido se apresenta em pequenas quantidades em nosso corpo e age ligado ao relaxamento muscular e à vasodilatação. E, não bastando, participa também na regulação da pressão arterial e do fluxo sanguíneo. Desse modo, a romã protege o óxido nítrico, reforçando, com certeza, sua ajuda na prevenção dos problemas cardiovasculares.

Como consumi-la
Recomendamos que você consuma um copo de suco de romã por dia, pelo menos,por três meses. Depois disso, avalie o estado de suas artérias e sua melhoria. Caso não haja mudanças, você deverá consultar o médico.

O que recomendamos para artérias obstruídas:
Não fique apenas no consumo do suco de romã, lembre-se de que para você ficar bem, tudo em você e em seu corpo deve estar em equilíbrio. Por isso, recomendamos que tenha uma dieta balanceada, com mais consumo de vegetais e frutas frescas; evite as gorduras e os alimentos processados.

Consuma um copo de suco de cenoura, aproveitando suas excelentes propriedades para a circulação; além disso, existe uma receita mais simples, beba, diariamente, a mistura tradicional de suco de limão e mel.

O mais importante nesse processo é, além de começar a consumir os sucos e extratos, esteja consciente daquilo que consome e de suas atividades diárias.suco-de-roma

Lembre-se:
Se tudo em sua dieta e em seu corpo estiver em equilíbrio, a sua vida e as suas artérias também estarão.

Seja qual for a forma escolhida, devemos tomar pelo menos durante 3 meses e avaliar seus efeitos.

Recomendamos consultar sempre um médico de confiança, já que alguns alimentos podem interferir nos efeitos de alguns medicamentos.

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: