Scroll Top

tratamento

O Tratamento da Varizes no Estômago Causa

O tratamento para as varizes do esôfago, também conhecidas como varizes esofágicas, deve ser orientado por um hepatologista e, normalmente, é feito com uso combinado de remédios, para diminuir a pressão dentro das varizes, e endoscopia para remover as varizes e atingir a cura.

Além disso, como as varizes esofágicas são provocadas por problemas no fígado, como cirrose hepática ou trombose da veia porta, também pode ser necessário fazer uma cirurgia para tratar ou fígado ou, nos casos mais graves, fazer um transplante hepático.

Assim, pacientes com cirrose ou com sintomas de problemas no fígado, como barriga inchada, falta de ar ou inchaço excessivo das pernas devem fazer uma endoscopia para identificar se existem varizes do esôfago e iniciar o tratamento adequado, evitando complicações como hemorragia.

Principais tipos de tratamento das varizes esofágicas

O tipo de tratamento utilizado para as varizes do esôfago depende da gravidade do problema no fígado e do tamanho das varizes:

Remédios para varizes do esôfago

Os remédios para varizes esofágicas mais utilizados incluem:

  • Remédios beta-bloqueadores, como Popranolol ou Nadolol, que reduzem a frequência cardíaca e, consequentemente, diminuem a pressão dentro das varizes;
  • Remédios vasodilatadores esplênicos, como Vasopressina ou Somatostatina, que diminuem drasticamente a pressão dentro das varizes, sendo, por isso, mais utilizados em situações de hemorragia.

Estes remédios são utilizados para diminuir o risco de sangramentos em varizes grandes e, por isso, não curam as varizes esofágicas. Assim, o médico pode ainda recomendar utilizar um dos outros tipos de tratamento para eliminar as varizes.

 Endoscopia para varizes do esôfago

A endoscopia para varizes esofágicas, além de ajudar no diagnóstico, serve também para retirar as varizes através da colocação de uma ligadura elástica em volta da varizes para coagular o sangue no local e provocar a queda da varizes.

Normalmente, além deste tratamento o paciente também precisa tomar remédios para diminuir a pressão nas varizes e evitar que voltem a surgir.

Cirurgia para varizes do esôfago

A cirurgia para varizes no esôfago é utilizada principalmente nos casos mais graves, em que não é possível controlar a pressão dentro das varizes apenas com medicação, e seve para tratar o problema no fígado ou para fazer um transplante hepático, caso seja necessário.

Alimentação para varizes esofágicas

A alimentação para varizes esofágicas deve ser pobre em gorduras e com proteínas de fácil digestão, como peixe, carne branca ou vegetais, por exemplo, para facilitar o tratamento do problema no fígado. Veja outros alimentos em: Dieta para o fígado.

No entanto, devido à presença de varizes, é importante ter alguns cuidados com os alimentos como:

  • Dar preferência para alimentos pastosos, como mingaus, purês ou vitaminas, por exemplo;
  • Mastigar os alimentos em pequenas quantidades de cada vez;
  • Evitar alimentos muito duros, crocantes ou secos, como biscoitos, frutas secas ou coco;
  • Não comer alimentos muito quentes, deixando arrefecer cerca de 5 minutos, antes de comer.

Estes cuidados são importantes para evitar lesões ou rompimento das varizes e, por isso, ajudam a diminuir o risco de hemorragia.

Quando ir no médico

É recomendado ir imediatamente ao pronto-socorro ou chamar uma ambulância, ligando para o 192, quando surgem:

  • Fezes negras com cheiro fétido;
  • Fezes com sangue vivo;
  • Vômitos com sangue;
  • Cansaço excessivo e palidez.

Normalmente, estes são sinais de sangramento das varizes do esôfago e, por isso, é importante ir rapidamente ao hospital para tratar a hemorragia.varizes no estomago

Classificação das varizes esofágicas

A variz esofágica pode ser classificada de acordo com a forma:

  • Se define F1 se ocupa menos de 1/3 da luz do esôfago e ainda tem a forma de uma linha reta.
  • F2 se eles são menores ou iguais a 2/3 da luz do esôfago e já tem a forma de cobra.
  • F3 passam o centro do esôfago e têm uma aparência de tumor.

De acordo com a cor, as varizes podem ser divididas em:

  • Branco, se a parede é espessa com pele rosada e destaca-se desde a mucosa do esôfago,
  • Azul, se a parede é fina e mostra a cor do sangue venoso que flui dentro.

Marcas vermelhas

  • Red Wale Markings (RWM): sinais vermelhos reto,
  • Cherry Red Spot (CRS): dilatação das veias de aproximadamente 2 mm de largura,
  • Hematocystic Spots (HCS): dilatação de cor vermelho brilhante semelhante a um cisto com 4 mm de diâmetro.

Esofagite

  • Presente,
  • Ausente.

Classificação de acordo com a localização:

  • Alta,
  • Média,
  • Baixa.

Fatores de risco de varizes hemorrágicas

Estes são os mesmos fatores que aumentam o risco de hipertensão portal:
  • Insuficiência hepática (do fígado).
  • Desnutrição.
  • Ingestão de álcool.
  • Exercício físico.
  • Ritmo circadiano não regular.
  • Aumento da pressão intra-abdominal.
  • Tomar aspirina e anti-inflamatórios.
  • Infecção bacteriana.

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: