Scroll Top

cereal

Os 10 Beneficio do Arroz para Saúde

O arroz foi produzido nas regiões tropicais  do  Extremo Oriente: China, Índia e Indonésia. Os gregos e Romanos não conheceram nem usaram o arroz. Foram os árabes quem o introduziram na Europa, através da Península  Ibérica. Assim, o arroz tornou-se o cereal mais cultivado no mundo.

Indicações: Apesar dos pratos elaborados com arroz serem populares e saborosos, trata-se do cereal mais pobre em princípios nutritivos, especialmente o arroz refinado.

Proteínas: Seu conteúdo nesse nutriente é o mais baixo de todos os cereais e nenhuma das variedades de arroz supera 7%. Cabe destacar que o arroz não contém nada de glicose, a proteína que constitui o glúten do trigo.

A proteína do arroz é deficitária em li sina e triptófano, dois aminoácidos essenciais. Por isso convém consumi-lo com leguminosas, que têm precisamente excesso desse aminoácidos.

Gorduras: O arroz branco praticamente não tem gorduras, pois a maior parte delas concentra-se na casca ou farelo e no gérmen. O arroz integral possui apenas gorduras, bem menos que aveia ou milho.

Carboidratos: Constituem quase quatro quintos do peso do grão de arroz. A quase totalidade deles são amido.

Vitaminas: O consumo de arroz branco como alimento fundamental produz uma carência grave em vitamina B1, o que a ocasiona a enfermidade. Quando  a alimentação é mais variada, e o arroz branco é acompanhado de outros alimentos ricos em B1, como os frutos oleaginosos ou legumes, existe menos risco de sofrer a carência dessa vitamina.

Minerais: O arroz é um dos alimentos mas baixos nesse mineral. Isso torna especialmente recomendado em caso de hipertensão arterial e afecções cardíacas.

Como resumo das propriedades nutritivas do arroz, podemos dizer que se trata de um alimento rápido, facilmente digerível, que produz saciedade; mas o arroz branco não deve constituir a base da alimentação, já que pode produzir carências de vitaminas e minerais.

Diarreias infantis: A água de arroz constitui o liquido ideal para reidratação oral em caso de diarreia, especialmente das crianças. Pode ser dada como única bebida, acrescentando-se umas gotas de limão. Além de aportar a água que o organismo necessita para reidratação.

Hipertensão arterial: Como o arroz é um dos alimentos mais baixos em sódio, seu consumo é muito útil  em caso de hipertensão arterial. O sódio é um mineral que tem a propriedade  de reter muita água.

O consumo excessivo de sódio faz o organismo reter água e aumenta o volume do sangue circulante.

Afecções cardíacas: Quando o coração não cumpre bem sua função, produz-se acúmulo de líquidos nos tecidos e os rins não eliminam suficiente urina. Por isso, no caso de insuficiência cardíaca, convém uma alimentação baixo em sódio e o arroz constitui um alimento ideal.rice- rice

Aumento de colesterol: Devido  a seu conteúdo de fibra vegetal, o arroz integral impede a absorção dos ácidos biliares no intestino. Esses ácidos são a matéria-prima a parti da qual o fígado produz o colesterol.

Excesso de ácido úrico: Devido a seu conteúdo em proteínas, assim como o seu efeito alcalinizante, o arroz, desde que seja comido só ou com verduras, é muito recomendável em caso de excesso de ácido úrico no sangue, que se manifesta como gota e artritismo.

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: