Scroll Top

hortaliça

Os 19 Beneficio do Repolho para saúde

Repolho

 

Nas folhas:couve, repolho– branco , repolho– roxo, repolho crespo:

Nas inflorescência:  Couve – flor, brócolis.

Na base do talo: Couve, rabano

Nos brotos: Couve de bruxelas.

As couves já eram usadas como alimento desde a época grego- romano.

Durante toda a História as couves foram consideradas alimentos próprio de pessoas humildes e de pouca distinção social. Esse conceito um tanto depreciativo das couves mudou radicalmente  há algumas décadas quando descobriu seu grande potencial.

Anticancerígeno: As couves contém substâncias capazes de impedir a formação de tumores malignos e,inclusive  deter seu crescimento.

Além dessa ação  anticancerígena, as couves possuem muitas outras propriedades diototerapêutica.

Indicações: As couves contém uma grande variedade de nutrientes.repolho

Proteínas: Trata-se de proteínas incompleta, como muitas de origem vegetal, por não conter todos os aminoácidos na proporção adequada.

Mas, combinado com as outras proteínas vegetais, como as que se encontra nos cereais ou nos legumes.

Gorduras: Ou lipídios, em uma quantidade mínima, praticamente nulo. Só a couve– de bruxelas alcança todas as demais couves oscilam entre seu peso. Essa escassez em gorduras faz das couves um alimento muito adequado para cardíacos e obesos.

As gorduras das couves, ainda que estejam presentes, são proporcionalmente escassas, têm uma grande importância preventiva e curativa.

Carboidratos: A maior partes das couves contém entre 3 a 5% de carboidratos.

Vitaminas: São especialmente ricas em beta- caroteno (provitamina A) e vitamina C, ainda que contenham quantidades significativas de vitaminas B, E e K.

Minerais e oligoelemento:  Todas as couves  em geral são ricas em potássio e muito pobres em sódio, o que se faz muito apreciadas em caso de hipertensão arterial ou retenção de líquidos.

Também contém bastante cálcio, fosforo, ferro e magnésio, assim como grande variedade oligoelementos, entre os quais se destaca o enxofre.

Fibra vegetal: As couves são ricas em fibras vegetal de tipo celulósico. Isso as faz laxantes reguladores do trânsito intestinal, embora flatulentos para algumas pessoas propensas à formação de gazes intestinais.

Elementos fitoquímicos: São substâncias de recente descoberta, que se encontram nas frutas, verduras e hortaliças, em quantidades muito pequenas e que realizam importantes funções no organismo.

A ação mais importante e mais estudada dos elementos fitoquímicos descobertos nas couves é a anticancerígena. Mas possivelmente outros efeitos medicinais como o antiúlcerose, o antidiabético ou antibiótico também podem ser atribuídos a essas surpreendente substância.

Úlcera gastroduodenal: A capacidade cicatrizante das folhas de repolho sobre a pele, em aplicação externa é um fato bem conhecido e experimentado desde muito tempo.

Experiências posteriores comprovaram que quantidades menores de suco de repolho são suficientes para obter um resultado eficaz.

Outros transtornos do estômago: Umas das colheradas de suco de repolho, tomadas com estômago vazio cinco a dez minutos antes das refeições são capazes de aliviar a inflamação do estômago em poucos dias de tratamentos. Desaparecem os sintomas típicos da díspepsia de origem funcional, tais como, peso, arrotos s dor de estômago.

Afecções intestinais: O repolho exerce uma suave ação relaxante e regulador do trânsito intestinal,devido a seu conteúdo em fibra celulósica.

As substâncias sulfurosas contida nas couves exercem ação antibiótica e podem contribuir para reequilibrar a flora bacteriana intestinal em caso de infecção intestinal.

Parasitas intestinais: O suco de repolho em jejum também tem sido usado como vermífugo, para expulsar os parasitas intestinais.

Afecções circulatórias: As couves são muito ricas em potássio e pobres em sódio. Esses ultimo mineral influi diretamente na gênese da hipertensão arterial, por sua capacidade para reter água e aumenta o volume do sangue.

Seu conteúdo em vitaminas antioxidantes contribui para regeneração das paredes arteriais.

Obesidade: As couves aportam muito poucas calorias, exceto a couve– de bruxelas, e no entanto produzem sensação de saciedade. Por isso, e por sua riqueza em vitaminas e minerais, o repolho é o alimento ideal para obesos e nunca deveria faltar em dietas de emagrecimento.

Osteoporose e descalcificação: Devido à notável quantidade de cálcio que as couves contém, especialmente à facilidade com que esse cálcio  é assimilado pelo organismo, as couves constituem um alimento fundamental em caso de osteoporose e descalcificação.

Diabetes: Por seu escasso conteúdo em carboidrato e sua riqueza em vitaminas e minerais, o repolho é muito bem tolerado pelos diabéticos.

Escorbuto: O conteúdo em vitaminas C das couves, semelhante ao da laranja, deu à esses vegetais a fama de antiescorbúticos. Na época de inverno, as couves são uma das melhores fontes disponíveis dessa vitamina, quando não a único.repolho- repolh

Afecções cancerosas: São muitos os estudos que comprovam que o consumo regular de couves evita a formação de cânceres nos animais de laboratório.

1 Comentário

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: