Scroll Top

legumes

OS 6 BENEFICIO DA COUVE-FLOR PARA SAÚDE


A couve-flor é considerada a mais saborosa e digestiva de todas as couves, apesar de em algumas pessoas causar flatulência. Seu sabor se adapta muito bem, tanto à cozinha  europeia como a brasileira. A parte comestível da couve-flor é precisamente a inflorescência da planta antes de alcançar seu pleno desenvolvimento, formado pela reunião de milhares de pequeninas flores fechadas. Do ponto de vista botânico, tanto a couve-flor como o brócolis, e todas as couves, são variedades de uma mesma espécie. Quando se permite que os raios de sol atinjam a inflorescência, obtém-se couve-flor de diversas cores, segundo a variedade.

Propriedades e Indicações: A couve-flor contém pequenas quantidades de carboidratos e de proteínas e, praticamente, nada de gorduras. Contém provitamina A (beta-caroteno), vitaminas B, C e E, destacando especialmente a C com 46,4mg/100g. Quanto a minerais é muito rica em potássio e pobre em sódio; contém quantidades significativas  de cálcio, magnésio, fosforo, e ferro. A couve-flor é uma hortaliça rica em oligoelemento, tais como o cromo, zinco, manganês, cobre e selênio. À semelhança de outras plantas da família das crucífero, a couve é muito rica em substâncias anticancerígena pertencentes ao grupo de elementos fitoquímicos; dai sua utilidade como preventiva do câncer.couver flor

Afecções digestivas: A couve-flor é excelente portadora de vitaminas, minerais e oligoelementos, que tonificam as funções digestivas. Atua sobre o tubo digestivo em seu conjunto, desde o estômago até o cólon. Por sua boa digestibilidade, superior à de outras couves, é muito recomendável na dieta de doentes do estômago (gastrite, úlcera, dispepsia). Atua como normalizador  do trânsito intestinal, tanto em caso de prisão de ventre, como diarreia, pelo que esta indicado em caso de prisão de ventre,colite e diverticulite. A couve-flor é, juntamente com a cenoura e os aspargo, umas das primeiras hortaliças que se deve dar aos doentes depois de uma infecção aguda, como gastrite ou gastroenterite.

Afecções cardiovasculares: Devido à sua escassez em sódio, abundância em potássio e ausência de gorduras, a couve-flor é um dos alimentos mais apropriados para os enfermos do coração e do sistema circulatório. Não deve faltar na mesa dos cardíacos, dos hipertensos e dos que sofrem de arteriosclerose em qualquer de suas manifestações.

Obesidades e Diabéticos: A couve-flor contém uma quantidade mínima de calorias apenas 28 kcal em 100g, mas produz sensação de saciedade. Refogada ou cozida ao vapor, a couve-flor constitui um jantar ideal para os que desejam emagrecer e para os diabéticos, devido o seu escasso conteúdo em carboidratos.

Afecções renais: A couve-flor é diurético e depurativa, pois elimina o excesso de água retido nos tecidos (edemas) e de substâncias d eliminação como ureia. Seu uso convém em casos de insuficiência renal, artrites, gota, edema de causa renal e cálculos renais.OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Afecções cancerosas: Nos últimos anos estão sendo feitas pesquisas, tanto estatísticas como experimentais, que demonstram a ação anticancerígena da couve-flor, brócolis, repolho e outras plantas da família dos crucífero. Essas ação se deve a dois tipos de elementos fitoquímicos: Os glicosídeos sulfurados e os derivados dos indóis.

Administradas por via oral, essas substâncias são capazes de impedir a formação de tumores malignos em animais de laboratório aos quais se aplicaram substâncias cancerígenas como benzopireno. Assim, pois, seu uso abundante é recomendável às pessoas com maior risco de sofrer de doenças cancerosas, seja por causas hereditárias, por terem consumido tóxicos como os do cigarro ou por outras razões.

 

Também aqueles que já tenham sido diagnosticado com algum tipo de tumor e estão em tratamento, deveriam incluir todos os dias em sua dieta alguma hortaliça da família dos crucífero, couve-flor, brócolis, repolho ou rabanete. Embora a variedades mais comum de couve-flor seja a branca, também existe outras variedades, como a verde e a roxa . A forma mais saudável e digestiva de prepara-lo é cozinhando no vapor e servi-la temperada com gotinhas de limão e azeite.

Cozida em diferentes preparações culinárias: cozida em água ou ao vapor (essas são as duas formas mais saudáveis de prepara-lo) assada, frita, empanada, gratinada.

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: