Scroll Top

cereal

OS 9 BENEFICIO DA CEVADA PARA SAÚDE

A cevada é uma bebida aromática, que substitui com vantagem o café por ser digestiva, saudável e nutritiva.

Propriedades e indicações: O grão de cevada integrais ou refinados têm uma composição similar à do trigo integral com algumas diferencias.

Proteínas: Sua porcentagem é um pouco superior à do trigo, ainda que tenha menos glúten. Portanto, os pães feito com cevada são mais compactos e menos esponjosos que os elaborados com o trigo. As proteínas da cevada também são deficitárias em lisina. Essa aumenta ao combina-las com leguminosas ou produtos lácteos, ricos e lisina.cevada

Carboidratos: A cevada contém 56,2%, pouco menos que o trigo (61,7%). O hidrato de ambos os cereais são formados por amido. Esse é melhor digerido quando se consome em forma de farinha bem moída, do que quando se ingere o grão inteiro (cevada cozida, flocos). Mais ainda, mais digestiva é a cevada malte ada (resultante da germinação dos grãos de cevada para emprego industrial), em forma de grãos, de farinha ou como malte.

Vitaminas: A cevada contém mais vitaminas B 1 e B 2 que o trigo, ainda que apenas a metade da vitamina E. Como todos os outros cereais, carece de provitamina A, vitamina C e vitamina B 12.

Minerais: sua composição é similar à do trigo, ou seja, é rica em fosforo, magnésio, ferro, assim como zinco e outros oligoelemento, mais é pobre em cálcio.

Fibras: A cevada contém 17,3% g de fibra celulósica por cada 100 g , uns 5 g mais que o trigo. A cevada é indicada nos seguintes casos:

Afecções digestivas: A cevada perolada, a farinha de cevada e, principalmente, os grãos mateados e a farinha de malte são bem tolerados pelos estômagos delicados, seu uso é conveniente em caso de gastrite, dispepsia ( má digestão), úlcera gastroduodenal, gastroenterites e colite. A água de cevada e a bebida de malte também são muito bem recomendáveis em caso de transtorno digestivos. Semelhante ao trigo e ao centeio,não se deve consumir em caso de ter celialgia (intolerância ao glúten).cevada-cevada

Excesso de colesterol: O consumo de cevada em qualquer de seus preparos, integrais (grãos moídos,flocos, farinha integral ou semi-integrais), produz uma redução nos níveis de colesterol total, colesterol LDL(rim) e triglicerídeos. O consumo de cevada, como de todos os cereais integrais, tem-se mostrado eficaz na prevenção da arteriosclerose e dos distúrbios circulatórios. Não deveria faltar na dieta dos que têm elevado risco de sofrer de doenças coronárias.

Diabetes: Os animais de laboratório diabéticos alimentados com cevada apresentam níveis menores de glicose no sangue do que os alimentos com trigo. Esse efeito é atribuído à presença na cevada de algum fator que abaixa a glicemia, ainda em estudo.

Afecções do cólon: A fibra da cevada contribui para evitar a prisão de ventre e todas suas complicações, incluindo o câncer de cólon.

Cevada: Cozida como, se fosse arroz, embora seu sabor seja pouco mais acentuado. Requer-se no mínimo uns 45 minutos de cozimentos.

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: