Scroll Top

Frutas

Os Benefício da Fruta-do-Conde para Saúde

  • A fruta-de-conde pertence a das Anonáceas.  A graviola também pertence a esta família, não é de admirar a suas semelhança desta duas frutas. A fruta-de-conte é produzida da arvore chamada ateira, e sua origem é das Antilhas, foi  aclimatada muito bem no Brasil. Essa fruta em algumas regiões é conhecida como pinha, condessa e no Nordeste leva o nome de ata.
  • Possui uma casca rígida, mas dentro a polpa é carnuda e suave. Tem sabor açucarado, gosto granulado e é rica em ferro, niacina e cálcio, além de ter também muitas calorias e até por este motivo, muitas pessoas questionam se fruta do conde engorda.
  • Calórica por possuir grande quantidade de açúcares naturais, pode-se afirmar que se consumida fora do controle, a fruta do conde engorda. Ela é frequentemente consumida como sobremesa ou lanche nutritivo entre as refeições. A fruta do conde pode ser usada batida em shakes ou vitaminas e até mesmo sorvetes naturais de sabor exótico. É indicada para aqueles que têm hipertireoidismo ou precisam ganhar peso rapidamente.OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Porque Razão Devo Comer Fruta-de-conde ou pinha?

A fruta-de-conde ou pinha é rica em vitaminas do complexo B como a B1, B2, B3 e vitamina C (Ácido ascórbico) e alguns dos mais importantes minerais como o cálcio, ferro e  fosforo. E ainda ajuda no combate a desnutrição, anemia, espasmos, colite cronica, caspa  um poderoso fortificante do estômago e intestino. Da pinha ou fruta-do-conde podemos tirar proveito de quase tudo, sendo importante o uso das folhas, fruta  bem como a casca e as sementes.

Folhas – As folhas pode ser feito chás, é usado para acalmar espasmos e cãibras

Cascas – As casca ou decocção é indicado para combater a colite cronica, e serve como fortificante para o estômago e intestino.

Sementes – As sementes soltam o intestino e produzem vômitos. As sementes também serve para combater caspa. Elas também é usada para fazer bijutarias e por sinal ficam bonitas.

Resumo Para o Uso Terapêutico  

Anemia – Embora a pinha não seja muito rica em ferro, mesmo assim tem vantagens nas dietas de anêmicos juntamente com outros alimentos rico e ferro, dada sua riqueza em vitamina C.

Cãibras, Convulsões, Espasmos – Chá das folhas. Tomar varias vezes ao dia.

Caspa – Aplique no couro cabeludo o macerado das sementes misturado com alccol.

Colite – Decocto das folhas, fruta verde e casca. Tomar varias vezes ao dia.

Debilidade geral, Desnutrição – Recomenda-se inclui a fruta-de-conde na dieta.

Estômago, Intestino – Para fortalecer é necessário tomar varias xícaras (chávenas) ao dia do chá das folhas da fruta-de-conde.

Vômitos – Para provocar vômito  usa as semente moídas e misturada com suco de limão.

Especificações da fruta do conde

A polpa da fruta tem um sabor suave e doce. O tamanho varia de 8 a 16 cm de diâmetro. Esta fruta pode ser redonda ou irregular em forma de coração. A pele que cobre a fruta é fina, mas resistente e geralmente aparece em colorações verde ou marrom. Ao abrir a fruta, você se depara com uma camada grossa e cremosa que envolve as sementes. De sabor açucarado e textura granulada, a fruta advém de uma planta perene que cresce até 6 metros, chamada de pé de pinha ou pinheira e possui folhas e flores.

O tronco do pé de pinha tem cerca de 10 a 14 polegadas de espessura. Estas árvores crescem de 4,5 a 10 metros de comprimento. As folhas desta árvore são oblongas ou estreitas. As folhas não têm um cheiro agradável, mas são largas e visíveis. A árvore é muitas vezes feita de galhos caídos longos que podem tocar o chão. Podem carregar flores amarelas em algumas épocas do ano que exalam uma fragrância doce à noite. Esta árvore pertence à família Annosa de árvores. A fruta do conde é rica em sabor e pode ser consumida pura, vitaminas ou em sobremesas como sorvete ou torta.

Nutrientes da Fruta do Conde

  • Vitaminas B1 e B6, C:
  • Cálcio,
  • Ferro,
  • Fósforo,
  • Fibras,
  • Magnésio,
  • Proteínas e
  • Hidratos de carbono.

Benefícios da Fruta da Conde

  • Fonte de vitamina C e ferro: A presença maciça destes dois nutrientes na fruta do conde ajuda no combate à anemia. A absorção do ferro pelo organismo é facilitada pela presença da vitamina C. Além disso, a vitamina C ajuda a combater os radicais livres e, desta forma, promove uma desintoxicação no organismo de quem consome a fruta;
  • Grande fonte de magnésio: o magnésio possui extrema importância no combate à artrite. Ele ajuda a regular a água do organismo e evita a formação de ácidos nas articulações. Desta forma, a pessoa tem menos chances de sofrer com o reumatismo;
  • Rica em fibras: a fruta do conde tem este aspecto esquisito, mas isso é ainda mais benéfico para o organismo humano, pois são fibras que ajudam a manter o sistema digestivo funcionando em perfeito estado;
  • Vitamina A para pele e cabelos: a vitamina A é conhecida por trazer uma boa saúde para a pele e para os cabelos. A fruta do conde contém quantidades razoáveis deste nutriente, portanto seu consumo regular é ótimo para a saúde das pele que é o maior órgão humano e para os cabelos.

Fruta do conde engorda?

A polpa da fruta do conde é ideal para pessoas desnutridas, que têm dificuldade em ganhar peso por causa do metabolismo acelerado ou outras pessoas que querem ganhar mais massa. Isso porque a fruta do conde engorda devido à alta presença de açúcar em sua composição, o que faz com que o alimento seja altamente calórico. A polpa da fruta do conde com mel ou em receitas diversificadas de sobremesas é ideal para aqueles que desejam ganhar um pouco de peso.

Os açúcares presentes na fruta agem como um estimulante do apetite. E quanto maior o seu apetite, maior será a ingestão de alimentos. A água presente na fruta pode mantê-lo mais hidratado e a boa taxa de proteínas pode também ajudar na construção muscular. A alta quantidade de gordura e carboidratos fornece mais energia para o corpo.

A fruta tem uma proporção de 100 calorias a cada 100 gramas, ou seja, a cada 1 grama possui uma caloria, isso a torna mais calórica do que outras frutas encontradas nos mercados que já são consideradas mais calóricas, como é o caso do abacate, açaí, manga, caqui e banana.

Efeitos colaterais da fruta do conde

A fruta do conde encontrada na natureza deve ser consumida com cuidado, pois quando consumidas verdes podem fazer mal à saúde, e além disso as sementes são venenosas, por isso nunca se deve consumir as sementes. Procure sempre por frutas do conde maduras. A fruta também é rica em açúcar, por isso, deve ser consumida com parcimônia por pacientes diabéticos, pois pode elevar o nível de glicose no sangue.conde-fruta

Outras Propriedades da Fruta do Conde

Ela ainda contém quantidades razoáveis de vitaminas B6 e B1, cálcio, fósforo, proteínas e hidratos de carbono. Tantos nutrientes fazem da fruta do conde um item indispensável para o consumo regular.

Além do consumo da fruta in natura, a utilização das folhas também pode trazer benefícios. O chá feito das folhas da fruta do conde, ajuda a aliviar câimbras e trazer melhorias para o sistema digestivo.

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: