Scroll Top

Dicas de Saúde

Os Benefícios do Cravo para Saúde e Dieta

Proveniente das ilhas Molucas, na Indonésia, o cravo é uma árvore que atualmente é cultivada em diversas regiões do mundo. Também conhecido como cravo, girofleiro e craveiro-da-índia, o cravo-da-índia é muito utilizado na culinária e como planta medicinal. As partes do cravo que são usadas são os botões florais e seu óleo essencial. Seu botão é consumido seco e seu uso como remédio e especiaria é aplicado há muito tempo.

Propriedades

Seu uso na medicina alternativa é muito difundido por conter propriedades antissépticas, cicatrizantes, antifúngicas, antibacterianas, analgésicas e anti-inflamatórias. De nome científico Syzygium aromaticum, o cravo pode ser facilmente encontrado para comprar em lojas de produtos naturais e mercados.

Seu uso é ampliado ainda como um complemento ao tratamento de bronquite, tosse, síndromes gripais, gases intestinais, infamações da boca e faringe, além de cáries dentárias e otites.

O cravo e o emagrecimento

Componente de muitas dietas, o cravo-da-índia ajuda a controlar o colesterol ruim, além de agir como um melhorador do funcionamento da tireoide. Seu chá possui propriedades antioxidantes, liberando hidrogênio, reduzindo a peroxidação lipídica. Além disso, acelera o metabolismo, proporcionando o aumento da saliva e líquidos responsáveis pela digestão, promovendo uma rápida queima de gordura.cravo

Chá seca barriga

Em algumas dietas, é usado o chá chapa barriga, que promete ajudar na eliminação de gorduras localizadas. Para prepará-lo, você vai precisar de um punhado de cravo-da-índia, três pedaços pequenos de canela em pau, três colheres de sopa de gengibre ralado e um litro de água. Em um recipiente, coloque a água, o cravo e a canela e leve ao fogo. Ao alcançar fervura, deixe no fogo por mais aproximadamente cinco minutos e desligue em seguida. Coloque o gengibre ralado, tampe e deixe descansar por cerca de cinco minutos, coando em seguida. O chá pode ser consumido ao longo do dia, quente ou gelado, mas sem açúcar.

Chá de cravo-da-índia

O chá de cravo-da-índia é feito com a proporção de 1,5g de cravo para cada xícara de água. Coloque a água em um recipiente e leve ao fogo. Quando alcançar fervura, adicione o cravo e desligue o fogo. Deixe descansar por aproximadamente dez minutos, coe e consuma. O indicado é consumir no máximo três xícaras ao dia.

Benefícios do Cravo-da-Índia

  • Analgésico e antisséptico: o chá de cravo-da-índia, além de ser saboroso, pode ajudar a amenizar dores de cabeça, cólicas menstruais, candidíase oral, baixar a febre, aliviar dores de dente e inflamações de garganta.
  • Acelera o metabolismo: aumenta a produção de saliva e dos líquidos responsáveis pela digestão, o que promove a queima rápida de gordura. O cravo ajuda também em casos de náuseas e mal-estar estomacal.
  • Antioxidante: o cravo-da-índia é um excelente antioxidante porque possui grande capacidade de liberar hidrogênio e reduzir consideravelmente a peroxidação lipídica, que é a quebra das gorduras poliinsaturadas.
  • Antisséptico bucal: o chá é usado no tratamento de bactérias na boca e no estômago e age, principalmente, contra o mau hálito.
  • Contribui para o bom funcionamento da tireoide: mais um aliado para ajudar quem sofre de  hipotireoidismo. Para quem não tem disfunção da tireoide, o cravo é também preventivo contra o surgimento dessa disfunção, seja para hipotireoidismo ou hipertireoidismo.
  • Controle do colesterol: o cravo ajuda também no controle do colesterol ruim sendo também antiviral e antifúngico.

Óleo Essencial de Cravo-da-Índia

O óleo essencial de cravo-da-índia é utilizado em shampoos e loções capilares que limpam e auxiliam o crescimento dos fios. O eugenol, um dos principais constituintes do óleo essencial presente na especiaria, é responsável pela atividade antimicrobiana.

O óleo essencial do cravo-da-índia pode ser usado também em dentes cariados ou com suspeita de cárie. Para isso, em solução oleosa de 10% mergulhe uma gaze ou algodão e aplique nos dentes cariados.

Pó de Cravo-da-Índia

Pode utilizar pó de cravo-da-índia para dar um toque final a um prato especial. O cravo em pó pode ser utilizado em bolos, tortas, doces, biscoitos ou até em pratos salgados e no preparo de carnes especiais.

Formas de Utilização do Cravo-da-Índia

  • Mesclado em forma de pó, com mel, é bom para as náuseas e a distensão abdominal. Também pode ser utilizado como infusão, fervendo 2 a 3 cravos em uma xícara, deixando repousar durante 10 minutos e adoçando com mel, sendo eficaz contra flatulência.
  • Também é possível preparar uma pasta com sal, água e cravo para massagear a testa e as têmporas em casos de enxaqueca.
  • Aqueles que sofrem de dor nos dentes podem aplicar uma mescla de um quarto de uma colher de sopa de azeite de oliva e uma gota de óleo de cravo, diretamente na parte afetada. Se a dor for nas gengivas, pode-se esfregar o pó do cravo ou umedecer um algodão com uma gota de óleo de cravo e aplicar para conseguir um efeito anestésico.
  • O óleo também é ideal para dores de ouvido (aplicando uma gota no ouvido afetado). A infusão de cravo é boa para os que enjoam em viagens a muita altura e também para o tratamento de cólera.

Cravo-da-Índia para Beleza e Higiene

Além de seu uso culinário e medicinal, o cravo-da-índia é também empregado na área da beleza e higiene: o óleo de cravo é usado para cuidar das unhas, e o chá pode ser usado como higienizador e antisséptico para as mãos: além de proteger e limpar, deixa um aroma delicioso. Lavar o rosto com chá de cravo e fazer a aplicação do óleo posteriormente é indicado para tratar espinhas. É ainda útil no tratamento de infecções de pele e micoses. O óleo também pode ser usado contra prisão de ventre, ao ser usado para massagear a barriga.cravo-cravo

Precauções e contraindicações

O consumo de cravo-da-índia é contraindicado para mulheres gestantes ou em fase de lactação, além de crianças menores de seis anos e pacientes com problemas gastrointestinais e doenças neurológicas. O cravo pode ocasionar irritação na mucosa da boca e o uso excessivo do óleo pode causar irritação na pele.

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: