Scroll Top

Dicas de Saúde

Os Benefícios do Mastruz para Saúde

O mastruz é uma erva medicinal, herbácea e seu nome científico é Chenopodium ambrosioides, nativa da América Central do Sul, suas folhas possuem um tom de verde escuro e as flores têm um tom esbranquiçado. Seu cheiro é muito forte e desagradável e chega a crescer até 70 cm de altura. Conhecida também como erva de Santa Maria, lombrigueira, ou quenopódio. Essa planta pode ser encontrada em lojas naturais ou em farmácias de manipulação.Mas, deixando a questão do odor de lado (que pode até ser agradável em algumas espécies), abordaremos todos os surpreendentes benefícios do mastruz em nosso organismo e também aprenderemos como utilizá-lo para garantir uma vida melhor e mais saudável.

Para que serve o mastruz

O mastruz serve para o tratamento de rouquidão, circulação, pé de atleta, fraturas, gripes, varizes, hemorroidas, tuberculose, angina, asma, parasitas intestinais, repelente de insetos, bronquite, cãibras, resfriados, contusões.

Propriedades do mastruz

O mastruz possui propriedade anti-inflamatória, expectorante, vermífuga, cicatrizante, aromática, sedativa, abortiva, digestiva, antifúngica, antimicrobiana e antiviral.

O mastruz também possui propriedades que atuam na constipação intestinal, em coceiras e recuperação da pele ferida por ser emoliente

Os benefícios surpreendentes do mastruz

Sua constituição química inclui lepidina, polifenóis, flavonoides, alcaloides, ferro, arsênico e também vitamina C. Assim, é possível afirmar que o mastruz é excelente expectorante, cicatrizante, antifúngico, antiviral e etc. Pela vitamina C, poderá tratar sintomas de gripe e também casos de escorbuto. Além disso, é altamente recomendado para aqueles que procuram a eliminação de vermes e parasitas do corpo.

O mastruz ajudará o corpo a eliminar o muco e o catarro, sendo então altamente indicado para grande parte dos problemas respiratórios e pulmonares, especialmente para os fumantes. Neste caso, duplamente indicado, pois a vitamina C também terá um grande papel contra os radicais livres oriundos deste hábito.

É possível ainda citar ao menos dois estudos diferentes da Banara Hindu University da Índia que comprovam que o mastruz é muito tóxico aos fungos, sendo então recomendado em forma de óleo ou cataplasma em partes afetadas do corpo.

Como usar o mastruz e aproveitar seus benefícios

O mastruz (ou mastruço) pode ser usado de duas formas, ingestão e aplicação externa. Caso não haja a possibilidade de encontrar o óleo de mastruz pronto para a aplicação, é possível preparar um composto caseiro que garantirá também os mesmos surpreendentes benefícios do mastruço.

Caso seja esta a situação, para usar de forma externa basta a compilação de um cataplasma através da maceração dos ramos. Aplica-se diretamente no local onde deseja-se obter os resultados.Chenopodium album

VITAMINAS PRESENTES:

O mastruz carrega consigo várias vitaminas, como A e C e principalmente do complexo B. Além disso, possui cálcio, ferro, fósforo, zinco e potássio. Consequentemente suas propriedades são vastas, ela é um ótimo cicatrizante de machucados, isso porque, suas folhas carregam uma grande quantidade de óleos essenciais. A planta também é antibacteriana e antiviral.
Modo de uso do mastruz

Podem ser usadas folhas, flores e sementes em infusões, misturado com leite, tintura, xarope, extrato ou essência, no tratamento de uso interno ou compressas.

  • Infusão de mastruz: colocar uma xícara de café, da planta fresca com sementes, em 500 ml de água fervente e deixar repousar por 10 minutos. Depois coar e beber uma xícara de 6 em 6 horas. Esta infusão é indicada para o tratamento de problemas de estômago.
INFORMAÇÕES ADICIONAIS:
Contra indicações: O mastruz é conta indicado no caso de gravidez e em crianças com menos de 2 anos. O mastruz é uma erva medicinal tóxica e a orientação médica é necessária para definir a dose recomendada.
Efeitos colaterais: Os efeitos colaterais do mastruz incluem irritação na pele e mucosas, dor de cabeça, vômito, aborto, danos no fígado, náuseas e transtornos visuais caso seja usado em doses elevadas.
Efeitos colaterais do mastruz

Os efeitos colaterais do mastruz incluem irritação na pele e mucosas, dor de cabeça, vômito, aborto, danos no fígado, náuseas e transtornos visuais caso seja usado em doses elevadas.

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: