Scroll Top

chás dicas Dicas de Saúde endometriose tratamento

Os Benefícios dos Chás para Endometriose

A endometriose é uma patologia que atinge as mulheres em idade reprodutiva e, muitas vezes, pode ser uma das causas da infertilidade. Esta doença se desenvolve quando o endométrio aparece em locais fora do útero, principalmente nos ovários, bexiga, trompas de Falópio ou intestino.

Causas: Mesmo que pareça difícil de acreditar, uma das causas das manifestações ou sintomas desta doença estão precisamente no ciclo menstrual regular da mulher. Por que isso ocorre? Lembremos que o útero é como uma espécie de bolsa ou copo invertido, ele vai engrossando sua parece a medida que avança o ciclo menstrual para o que o corpo feminino vai se preparando para alojar o embrião, isto se consegue graças ao influxo de alguns hormônios específicos (hormônios esteroides). Quando chega o momento e não houve a concepção, o corpo detecta que tudo o que foi preparado já não serve e o elimina, isto é, ocorre o sangramento da menstruação que limpa toda esta capa de células que se formou. Mas, o que ocorre se parte destas células endometriais descartadas não são

expulsas corretamente e alguma fica no corpo? Esse é o caso da endometriose, existe uma implantação deste tipo de células fora da cavidade normal (o útero) em áreas muito variadas como, por exemplo, o interior da pélvis, nos próprios ovários, mas também podem implantar-se nos intestinos, no reto ou na bexiga, ou em outras áreas do corpo. Além disso, estas células reimplantadas fora do seu lugar continuam a seguir “as ordens” dos influxos hormonais, pois não são células mortas. Isto faz que às vezes sangrem quando o ciclo ovárico termina porque tentam “obedecer a ordem de se desprender”, mas não conseguem fazê-lo de fato. Igualmente, como seu crescimento é às vezes estimulado e às vezes não (também dependendo do momento do ciclo), isto produz os típicos sintomas que dependem, além disso, da área do corpo onde tenham implantado. No entanto, a causa real se desconhece, já que este crescimento celular fora do seu lugar não ocorre por aparição ou  formação de ditas células nesses lugares estranhos, mas parece ser uma “recolocação” de células que originalmente se formaram corretamente. Acredita-se que se deve a algum tipo de refluxo produzido durante o desprendimento, por algum tipo de fluxo menstrual retrógrado. Isto pode ocorrer devido a existência de algumas alterações anatômicas, como veremos adiante.

Porém, há quem pense que as mulheres com endometriose têm algum tipo de transtorno imunológico ainda não descoberto. E na verdade é que ela ocorre com mais frequência naquelas mulheres cujas mães ou irmãs tenham sofrido. Normalmente se diagnostica entre os 25 e os 35 anos, mas acredita-se que ela principia por volta do início da menstruação de forma regular.endometriose

Fatores que podem tornar mais favorável a aparição da endometriose: Há uma série de fatores que podem fazer com que tenhamos mais possibilidades de desenvolver esta disfunção, tais como: Surgimento da menarca de modo precoce. Isto é, que o começo do ciclo menstrual (a primeira menstruação) ocorra muito cedo. Uma duração do sangramento menstrual muito longa. Ou seja, que a duração média dos períodos menstruais seja igual ou superior a 7 dias. Qualquer dificuldade física que impeça ou apresente problemas para a saída do sangue menstrual como, por exemplo, a existência ou persistência do hímen fechado.
A mulher que não teve filhos.

Sintomas da endometriose: Dentre os sintomas de endometriose destacam-se os seguintes: Cólicas menstruais muito fortes, que se estendem do abdômen inferior até as coxas e as costas, obrigando a mulher a manter um repouso absoluto;

  • Menstruação intensa;
  • Dores ao defecar e ao praticar relações sexuais nos dias anteriores à menstruação;
  • Dores intestinais e alterações urinárias;
  • Tonturas, náuseas ou vômitos nos dias anteriores à menstruação.

Tratamentos naturais para endometriose

Existem alguns remédios naturais que podem aliviar os sintomas desta patologia.

Suco de abacaxi e maçã
Ingredientes:

  • Uma fatia de abacaxi descascado;
  • Uma maçã;
  • Um copo de suco de soja sabor maçã.

Modo de preparo: Passe o abacaxi pelo extrator de suco e, posteriormente, a maçã. Misture com o suco de soja e sirva imediatamente. Tome um copo do suco por duas semanas seguidas e descanse uma.

Camomila: A camomila pode ajudar no alívio da dor causada pela endometriose. Para aproveitar os benefícios desta planta, basta preparar um chá utilizando duas colheres de sopa de camomila em uma xícara de água. Deixe ferver por 5 minutos e beba quando sentir as dores causadas pela patologia.

Gengibre: A endometriose pode provocar náuseas e o gengibre pode aliviar este sintoma. Faça um chá usando três colheres de sopa de gengibre em um copo de água. Deixe ferver por 5 minutos e tome um copo para aliviar as náuseas.

Alimentação saudável: A endometriose pode ser tratada com a melhora da imunidade. Para isto, adote uma alimentação rica em vitaminas, cereais integrais e vegetais crus. Consumir alimentos com fibras também é muito importante, principalmente se o tecido endometrial estiver invadindo a região do intestino, já que as fibras fazem com que as fezes sejam eliminadas com mais facilidade.

Fitoterapia: A fitoterapia também é uma boa alternativa para complementar a terapia clássica no tratamento de endometriose. Algumas plantas que podem ajudar são as seguintes: o agnocasto (pode ser tomado em forma de cápsulas ou comprimidos), a soja (em forma de cápsulas ou alimentos), unha-de-gato (cápsulas ou em forma de chá) e (forma de cápsulas e pura para chá).cha-verde

Demais recomendações: Além de utilizar os remédios naturais para endometriose, existem algumas recomendações importantes para mulheres com endometriose: Assim que aparecerem os primeiros sintomas, como fluxo menstrual cada vez mais doloroso, procure um médico para confirmar a doença; Alivie as cólicas e a dor na região lombar com uma bolsa de água quente. As bebidas quentes também podem ajudar, pois relaxam os músculos contraídos no abdômen; Pratique exercícios físicos leves, como caminhadas. O exercício reduz a quantidade de

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: