Scroll Top

Frutas

Os Benefícios dos Figos para Saúde

Seu sabor é delicioso, e apreciado desde a antiguidade, mas a fruta não é uma das mais comuns em nossa alimentação. A versão seca do figo pode ser facilmente encontrada, mas o que muitas pessoas não sabem, é que a contribuição pode ser muito significativa para o nosso corpo.

Há inúmeros benefícios do figo para a saúde e qualidade de vida, suficientes para você reconhecê-lo com outros olhos, e então aumentar a frequência da presença dessa fruta em seus lanches.

Como deve ser feito com qualquer alimento adicionado às refeições, é válido compreendermos melhor para que serve e quais são os benefícios do figo para o nosso organismo, para que dessa forma optemos pelas melhores escolhas para um corpo sempre em equilíbrio.

Propriedades do figo

Com origem no território da Ásia Menor, ou Turquia, o figo cresceu como destaque entre as frutas importantes do comércio característico da região do Mediterrâneo oriental, Estados Unidos, e ainda na Espanha. Engana-se quem pensa que o sabor do figo é desfrutado há pouco tempo, pois o fruto se mostrava presente desde a Antiguidade romana.

Há uma vasta variedade de tipos desta fruta, e estas são cultivadas nessas diferentes regiões citadas acima. Os benefícios do figo não só incluem fornecimento de Potássio, fibras, como também quantidade significativa do mineral Manganês. O percentual calórico é uma das principais informações convenientes, principalmente para os adeptos de dietas.

Os benefícios do figo ainda se estendem àqueles que desejam manter a boa forma, pois a fruta é livre de gorduras, e 100 gramas da fruta fornecem apenas 74 calorias. O figo ainda possui baixo teor de Sódio, o que evita a retenção de líquidos, característica comum das pessoas que lidam com dificuldade de perda de peso.figo

Os figos frescos são fontes de poli-fenólico de flavonoides e antioxidantes, tais como caroteno, luteína, taninos, ácido clorogênico, e muitos outros. A função desses antioxidantes é tamanha, que o figo é comparado à maçã. O fruto ainda pode ser reconhecido como fonte de vitaminas de complexo B, como niacina, piridoxina, folatos e ácido pantotênico, contribuindo com o metabolismo de gorduras, proteínas e carboidratos.

Os figos são ricos nas vitaminas E, B, B2 e B6, além de possuírem os minerais: potássio, cálcio, ferro e magnésio em sua composição. Essa falsa fruta pode ser administrada nos tratamentos de:

  • Afecções bronquiais
  • Anemia
  • Fadiga
  • Prisão de ventre
  • Diabetes
  • Doenças degenerativas
  • Câncer
  • Infecções gerais

Por que preferir os figos secos?

Mesmo tendo um maior número de calorias, os figos secos garantem mais tempo de conservação, além de que é nesse tipo que a maior parte de seus nutrientes é concentrada, com a exceção das vitaminas C e E. Os brônquios e aparelho digestivo também são beneficiados com a pseudofruta no tal estado.

Para diabéticos e hipertensos

Foi comprovado que as folhas de figueira reduzem a quantidade de insulina necessária para os pacientes com diabetes que necessitam tomar a injeção de insulina e o potássio contido no figo ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue. Mais um feito do potássio contido na pseudofruta é que ele ajuda a evitar a hipertensão, pois o baixo nível desse mineral influencia no aparecimento dessa terrível doença.

Eficácia nutricional

Rico em vitaminas A, B1 e B2, além de ferro, cálcio, magnésio, fósforo, potássio, sódio e cloro, o figo possui a quantidade necessária de calorias para o organismo: 250 a cada 100 gramas da fruta. Sua estrutura também contempla a presença das vitaminas C e K, além de fibras dietéticas, hidratos de carbono e vários antioxidantes.

Combate ao câncer

Rico em antioxidantes, o figo possui flavonoides e fenóis, a exemplo da catequina, rutina e ácido clorogénico, agentes que limitam o metabolismo de células causadoras do câncer. Já a fibra alimentar, também presente no figo, tem atuado na redução do surgimento do câncer de cólon e de mama.

 Faz bem para a pele

Com elevados níveis de vitaminas, o figo auxilia na nutrição e no rejuvenescimento da pele. Pela presença de fenóis e flavonoides, a fruta também age como defensor das células da pele a partir da oxidação, devido os radicais livres, e atua também como anti-inflamatório.

Combate ao colesterol

Por conter pectina, uma fibra dietética solúvel, o figo é eficiente no auxílio da absorção do colesterol e estimula a liberação do mesmo sem causar danos ao organismo. A fruta também é rica em antioxidantes e ácidos graxos, e suas folhas podem ser utilizadas como componente redutor do nível de triglicerídeos.

Agente contra a diabetes

O consumo das folhas de uma figueira é excelente para diabéticos, pois elas reduzem a necessidade de insulina como estabilizador do açúcar no sangue. Já a presença do potássio, serve como monitorador do nível de glicose.  

Reduz a pressão arterial

Os figos são uma boa fonte de Potássio, que é um mineral que pode ajudar no controle da pressão arterial e batimentos cardíacos. O consumo regular de figo pode auxiliar na deficiência de Potássio, já que o baixo consumo deste, combinado com a ingestão de Sódio, pode levar à hipertensão. Sabemos que há diversas pessoas que não consomem as porções ideais de legumes e frutas, porém, estas consomem alta quantidade de Sódio, que está muito presente em alimentos de fast-food e processados.

Ajuda na perda de peso

O figo pode ser considerado uma boa fonte de fibra dietética. É importante que saibamos que os alimentos ricos em fibras podem oferecer efeitos positivos à gestão de peso. Pessoas que consomem figos regularmente podem notar que as fibras podem oferecer sensação de saciedade, o que reduz a fome, assim ingere-se menos porções, não favorecendo ao ganho excessivo de peso. O figo é um dos alimentos indicados para o melhor gerenciamento de peso.

Consumir um ou dois figos antes das refeições pode ajudar você a se sentir saciado, o que o fará ingerir porções menores nas refeições seguintes.

Previne o câncer de mama

Sendo o figo uma fruta rica em fibras, pesquisas foram realizadas a fim de estudar a eficiência dessas fibras para reduzir os efeitos no período de pós-menopausa das mulheres. Foi comprovado que o maior consumo dessas fibras pode reduzir até 34% do risco de ocorrência de câncer de mama. Já em mulheres que nunca haviam se submetido à reposição hormonal, a redução do risco foi de 50%.

Fluxo intestinal

Os figos podem agir positivamente contra constipação intestinal, assim estimulando o funcionamento regular do seu intestino. As fibras contidas no fruto podem manter seu organismo mais limpo através do efeito levemente laxativo, já que haverá a eliminação regular de toxinas. A limpeza do canal anal também pode reverter consequências originadas de hemorroidas.

Para obter esses efeitos, o recomendado é o consumo diário de 2 porções de figo, ou reservar de 2 a 4 figos em um copo de água durante a noite, guardando-os para consumo na manhã seguinte, sem desperdiçar a água. Os compostos fito-químicos ajudam ainda na eliminação de oxigênio prejudicial, o qual é derivado de radicais livres do corpo.

Anemia

Os figos são ricos em Ferro, principal mineral para o controle de glóbulos vermelhos e prevenção de anemias. O consumo desse fruto é, principalmente, recomendado para mulheres gestantes e crianças, pois devem manter os níveis de glóbulos vermelhos.

Antioxidantes

Pesquisas demonstraram que mais um dos benefícios do figo é auxiliar no aumento significativo na capacidade antioxidante, a qual se estende às 4 horas consecutivas após a ingestão. Essa contribuição permite que o corpo supere estresses oxidativos de consumo de alimentos pouco saudáveis, como aqueles com xarope de milho, rico em frutose, comum em bebidas carbonadas. As opções de figos mais escuros contam com maior capacidade antioxidante e fito nutrientes.

Efeito anti-inflamatório

Os legumes e verduras são referências para a manutenção da saúde da visão, mas o que poucas pessoas sabem é que ao consumir no mínimo três porções por dia de figo é possível reduzir o risco de degeneração macular relacionada à idade, que é a principal causa de perda de visão de adultos com idade mais avançada.

Os figos possuem alto nível do flavonoide luteolina, que oferece ações anti-inflamatórias específicas para todo o corpo. A Luteolina possui capacidade antioxidante forte que pode neutralizar radicais livres. Quando comparada, esta pode ser eficaz no bloqueio de crescimento de tumores, além de auxiliar na prevenção e tratamento de cancro da pele.figo-figo

Fortalece os ossos

Os benefícios do figo ainda podem favorecer os ossos, pois a fruta é rica em Cálcio e Potássio, nutriente fundamental para a prevenção de osteoporose, e ainda aumentando a densidade óssea.

Reduz fadiga e beneficia os músculos

O consumo de fibras pode ajudar nos níveis de energia. É importante que saibamos que metade das fibras ingeridas são absorvidas por bactérias. As fibras ingeridas podem ser então absorvidas e enviadas diretamente para os músculos, sendo reconhecida como uma fonte de combustível imediato. Essa energia produzida pode combater à fadiga e colaborar com o efeito anabólico, aumentando ainda o rendimento nos treinos.

 

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: