Scroll Top

Doenças e Tratamentos

Osteopatia Tratamento Fácil e Feliz sem Dores

Ao sair de uma sessão de osteopatia, há quem diga que o resultado é fantástico. Como em um passe de mágico, várias das tensões começam a se dissipar. Parece ter cara de conto de fada, não é mesmo? Mas o tratamento é real e deixa uma moral de historia simples: “se uma parte do corpo está limitada, as demais sofrem adaptações e compensações, que podem levar á inflamação, á dor, á rigidez e a outros problemas de saúde”. Por isso a, abordagem utiliza-se da manipulação do sistema musculoesquelético (ossos, músculos e articulação) para ajudar no tratamento de doenças. E é justamente a parti dessa manipulação que os pacientes conhecem o lado surpreendente da osteopatia. “Muitas vezes as pessoas relatam melhor logo na primeira consulta porque os sintomas (dor, desconforto ou limitação do movimento, dificuldade de rodar o pescoço ou calçar os sapatos) eram causados por mau funcionamento de alguma parte do corpo, desequilíbrio das tensões musculares por alguma postura ou atividade inadequada, e quando corrigidas através orientação do osteopata levam a grande melhora das queixas.

A osteopatia e o reumatismo. As dores e incômodo pelo são as maiores queixas dos pacientes com alguma doença reumática. Por isso, além do tratamento médico, terapia alternativas são bem aceitas, amenizar a indisposição. “Nesses casos, o tratamento é direcionado segundo a necessidade do indivíduo, levando em consideração a avaliação prévia realizada pela fisioterapeuta em seu consultório, além do diagnostico médico específico. Ou seja o objetivo da osteopatia não trata a doença, mas focar nas alterações que o problema pode ser causar no organismo. Além disso, por ser complementar ao tratamento tradicional, muitas vezes auxilia na redução da quantidade de medicação e a necessidade de outras intervenções terapêuticas.osteopa

Bem-estar pata todos! Não é preciso de, necessariamente, indicação médica para iniciar o tratamento, “Pessoas diferentes idades podem consultar um osteopata e se benefício desse tratamento manual não-invasivo”. Ou seja qualquer indivíduo pode buscar essa abordagem ao apresentar um incômodo, como dores musculares. De acordo com osteopata, com a abordagem é centrada no paciente a análise é individual e baseia-se na filosofia de que o corpo possui uma capacidade de autorregeneração ou autocura, assim tratamento osteopático busca identificar a causa do mau funcionamento e através de procedimento manuais como estalar e massagear, recuperar a função afetada.

Por dentro da sessão. As sessões são individuas, geralmente semanais e tem duração de 60 minutos. Na primeira, é necessário um bate-papo sobre a queixa principal e seu estado geral de saúde. Depois disso é feito um exame de observação de movimento e de musculatura. “Nesse momento, o seu osteopata fornecerá uma explicação do que identificou através do exame e discutirá as estratégias de tratamento. Os benefícios e riscos do tratamento proposto, os tipos de técnicas e consultas necessárias”. A frequência do tratamento varia de acordo com cada caso.patia

O tratamento osteopático previne problemas pelo corpo e ameniza sintomas, mas não apresenta a cura. Por isso, deve ser acompanhado da medicina convencional.

Mãos mágica. A osteopatia é uma abordagem classificado como medicina complementar pela organização mundial de saúde, que utiliza apenas as mãos para trata diversos tipos de dores. No Brasil, ela é uma especialista da fisioterapia, reconhecida pelo conselho federal de fisioterapia e terapia ocupacional há mais de dez anos.

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: