Scroll Top

Dicas de Saúde

Rabanete e seus Benefícios para Saúde

Originário do sul da Ásia, o rabanete já era conhecido deste a Europa Antiga, assim como no Egito. De crescimento rápido – em torno de 30 ou 45 dias a partir das sementes –, o rabanete é rico em fibras alimentares, vitamina C, potássio, fósforo e folato.

De nome científico Raphanus sativus, a planta é de pequeno porte, apresenta folhas verdes, raiz tuberosa com coloração predominante na casca em tons avermelhados e a parte interna em tons de branco, além das flores que possuem apenas quatro pétalas e podem se apresentar em tons de roxo, rosa e branco.

Graças às suas propriedades, é um dos tubérculos mais nutritivos existentes, usado para complementar uma alimentação saudável. A raiz é a parte usada para alimentação e crescem em formas diferentes assim como tamanhos e tonalidades, dependendo do tempo de cultivo. Com sabor picante, a coloração por dentro é branca, e suas folhas também são consumidas amplamente em alguns lugares do mundo. Se desenvolve melhor em climas amenos ou frios, mas precisam ter solo fértil e bem drenado.

Classificação

São classificadas em quatro tipos: verão, outono, inverno e primavera. Em cada estação do ano possuem formas, cores e tamanhos que se padronizam. Existe uma variação do rabanete, chamada rabanete de cauda. Esta tem sementes cultivadas exclusivamente para este formato, mas possuem sabor semelhante ao outro tipo.

Propriedades e benefícios

Com poucas calorias, os rabanetes são fontes de antioxidantes, eletrólitos, minerais, vitaminas e fibras. Graças às suas propriedades, têm ação no combate ao câncer de próstata, câncer de mama, do cólon e cancros do ovário. Por serem ricos em vitamina C, atuam no combate aos radicais livres, inflamações e ainda aumentam a imunidade. Ajuda ainda na digestão dos amidos graças à enzima diastase.rabanete

As folhas e as raízes são consideradas, juntas, excelentes calmantes, diuréticos, mineralizantes, alcalinizantes, tônicos para os músculos, antiescorbúticos, aperientes e eupépticos. Seus antioxidantes ajudam a reduzir os níveis de colesterol no sangue e, por isso, reduz também os níveis de risco de doença cardíaca e de ataques cardíacos. A raiz também é estimulante da produção de bile, melhorando a digestão e, por ser rico em fibras, ajuda a eliminar a prisão de ventre.

Aos diabéticos, a raiz traz benefícios, pois tem baixos índices glicêmicos, podendo ser consumida sem preocupação. Além disso, é eficaz àqueles que querem perder peso, pois reduz o inchaço, melhora o funcionamento intestinal e traz sensação de saciedade.

Ideal para dietas

Devido ao seu alto teor de água, os rabanetes têm uma baixa ingestão calórica, cerca de 16 calorias por 100 gramas, sendo ideal para muitas dietas para perder peso. Você pode adicioná-lo, por exemplo, a sopas de legumes ou saladas. Eles vão realçar o sabor sem adicionar calorias por grama.

Ação antioxidante

Outro benefício do rabanete está envolvido em sua grande contribuição de vitamina C e uma consequente ação antioxidante, que é benéfico para a formação de ossos, dentes, e aumento de glóbulos vermelhos.

Rico em fibras

Além disso, destaca-se também o seu elevado teor de fibra, muito favorável para o sistema digestivo, o trânsito intestinal e também para a sensação de saciedade. Come-lo ajuda a reduzir a prisão de ventre e espantar a fome.

Diurético

Dentre os benefícios do rabanete, destaca-se também sua ação diurética. Isso contribui nas funções renais e hepáticas, além de ajudar a prevenir desordens urinárias.

Ajuda na prevenção e recuperação do câncer

Junto com a cebola e o alho, os rabanetes têm uma grande importância na cura para o câncer ou na inibição de células cancerosas. Tem sido mostrado que comer esses alimentos ajuda a prevenir alguns tipos de câncer, incluindo  câncer de cólon.

A razão reside na presença de todos os componentes de enxofre voláteis, que no caso dos rabanetes são chamados de metanotiol.

As sementes desta planta são usadas para fazer um chá com propriedades anticancerígenas ou na dieta para prevenção de câncer.

Combate ao câncer

O rabanete possui um composto chamado isotiocianato que já foi apontado como uma substância eficiente no combate de alguns tipos de câncer.

Pesquisadores da Universidade Tecnológica de Jawaharlal Nehru, na Índia, fizeram um experimento em que várias partes do vegetal foram testadas em células cancerígenas de seres humanos. A conclusão dos cientistas foi que componentes tanto da raiz quanto do bulbo do rabanete afetam essas células, o que pode contribuir para a sua destruição.

Perda de peso

Para quem deseja restringir as calorias de sua dieta para perder peso, o rabanete é uma ótima aquisição para os cardápios das refeições. Como vimos no início do texto, além de ser pobre em calorias, ele fornece diversos nutrientes que o corpo precisa para funcionar direitinho.

Além disso, o vegetal é fonte de fibras, que promovem a sensação de saciedade ao organismo e ajudam a controlar o apetite e, por consequência, a diminuir a ingestão de calorias. Ele ainda possui um índice glicêmico considerado baixo, o que significa que sua digestão é mais demorada e que ele não causa picos e quedas bruscas na taxa de glicose no sangue, o que geralmente estimula a fome e também é vantajoso para pessoas que sofrem de diabetes.

Saúde cardiovascular

O rabanete possui antocianinas em sua composição, substâncias com ação antioxidante que já foram associadas à diminuição do surgimento de doenças cardiovasculares. Além disso, o seu consumo está associado a redução da homocisteína, uma substância que aumenta o risco do desenvolvimento de problemas cardiovasculares.

Faz bem ao funcionamento do intestino

Por ser rico em fibras, o vegetal melhora o volume dos movimentos intestinais, o que traz alívio quanto aos sintomas da prisão de ventre. Outro benefício do rabanete nesse sentido é que ele combate o intestino solto.

Além disso, o alimento estimula a produção da bile, um fluido produzido no fígado que participa do processo de digestão de gorduras e absorção de nutrientes e ajuda a proteger o fígado e a vesícula biliar.

Sistema respiratório

O rabanete combate a congestão do sistema respiratório, o que reduz problemas como a irritação do nariz, pulmões e traqueia em decorrência de alergias, resfriados e infecções. Por ser fonte de vitaminas, ele ainda auxilia o sistema respiratório na proteção contra futuras infecções.

Ele também colabora com a eliminação do excesso de muco e alivia dores na garganta.

Pressão arterial

O alimento é fonte de potássio, um nutriente que promove o relaxamento dos vasos sanguíneos, o que diminui a circulação sanguínea e, por consequência, a pressão arterial. O rabanete também é fonte de nitratos, que são convertidos em óxido nítrico no organismo e dilatam os vasos sanguíneos e diminuem as chances de que haja formação de coágulo no sangue.

Pele saudável

O vegetal possui um alto teor de água, o que ajuda a manter a hidratação da pele. Vitaminas do complexo B, vitamina C, fósforo e zinco também fazem bem à saúde da pele e estão presentes no rabanete.

Tratamento da febre

Um dos benefícios do rabanete está ligado à febre. É que ele consegue abaixar a temperatura corporal e alivia as inflamações que acompanham a febre. Uma dica de remédio caseiro com o rabanete para tratar o problema é preparar um suco a partir dele e misturar com sal preto.

Trata mordidas de insetos

O rabanete tem ação antipruriginosa, ou seja, combate a coceira em excesso que pode ser causada por mordidas de insetos. O suco preparado a partir do alimento ainda ajuda a reduzir a dor e o inchaço e traz suavidade à região do corpo que foi afetada.

Sistema imunológico

Ele é fonte de vitamina C, um nutriente que estimula a eficiência do sistema imunológico ao fornecer antioxidantes e estimular a produção de glóbulos brancos que são importantes para o mecanismo de defesa do corpo contra problemas que vão desde resfriados até o câncer.

 Saúde do fígado e da vesícula biliar

O consumo regular de rabanetes protege o fígado e a vesícula biliar contra o aparecimento de úlceras e infecções. O alimento ainda é visto como fundamental no tratamento da esteatose hepática, uma condição caracterizada pelo acúmulo de gordura dentro das células do fígado e, graças ao seu sabor picante, aumenta a secreção da bile no fígado.

A bile é um componente líquido produzido no interior do fígaro que é responsável pela digestão de gorduras e absorção de nutrientes oriundos dos alimentos consumidos.

Ganho de massa muscular

O rabanete é uma boa opção de vegetal para acompanhar uma refeição que visa o ganho de massa muscular por ser fonte de proteínas, um elemento essencial para a construção e reparação dos músculos.

Além disso, o vegetal também pode ajudar no fornecimento de energia para o treino, por se tratar de uma boa fonte de carboidratos, já que possui um baixo índice glicêmico.

Contribui para a digestão

Os benefícios do rabanete não param por aí, eles constituem num alimento muito bom para o sistema digestivo. Pela sua capacidade de aumentar a flora intestinal é muito adequado para pessoas com problemas de digestão lenta, aumentando as bactérias que são necessárias no trato digestivo.

Além disso, têm propriedades digestivas que aumentam a produção de sucos biliares e ajudam a quebrar a gordura melhor, facilitando a digestão de alimentos.

Da mesma forma, o rabanete pode neutralizar bactérias nocivas para a saúde e cuja presença no intestino é responsável por gases e flatulência. É igualmente benéfico para pessoas que apresentam obstipação crônica, e outros sintomas totalmente contrário, como colite ou diarreia. Devemos realçar também a sua importância como estimulante da bílis, o que ajuda a digestão e reforça o fígado.

Suco de rabanete

O suco de rabanete permite uma absorção melhor dos nutrientes desse alimento e de suas propriedades curativas.

Receita 1

Esse suco exerce um excelente efeito benéfico no fígado e vias biliares. Seu consumo serve também como um laxante natural, além de ajudar a aliviar náuseas e dores de garganta.

Ingredientes

– 4 grandes rabanetes
– 1 colher de chá de mel

Preparo

Extraia o suco de rabanete. Adoce com mel e beba logo em seguida. Tome um copo antes das refeições.

Receita 2

Essa receita de suco de rabanete produz um grande efeito diurético e desintoxicante do corpo, de modo a remover toxinas, vírus e parasitas.

Ingredientes

– 1 cenoura
– 1 talo de aipo
– 3 rabanetes

Preparo

Lave e pique o aipo, as cenouras e os rabanetes. Bata todos os ingredientes no liquidificador até misturar bem. Beba na hora. Tome 2 xícaras por dia.

Receita 3

Este suco é ótimo para combater resfriados e doenças dos brônquios. Ele tem propriedades antibacterianas e desinfetantes, que aliviam a tosse e a dor de garganta. Ajuda a dissolver o muco dos pulmões.

Ingredientes

– 1 cenoura
– 2 rabanetes
– Suco de 1 limão

Preparosuco-de-rabanete

Extraia o suco de limão. Lave e corte cenouras e os rabanetes. Coloque os ingredientes no liquidificador e bata até misturá-los bem. Beba imediatamente. Tome 2 copos por dia, até melhorar os sintomas.

Contra-indicações e efeitos secundários

Intolerância a qualquer um dos seus componentes. Em algumas pessoas pode causar flatulência e indigestão. As pessoas com úlceras gástricas ou gastrite, devem limitar seu consumo.

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: