Scroll Top

dicas Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos tratamento

Sintomas e Tratamento da Leucemia na Criança

Muitos dos sinais e sintomas da leucemia em crianças são causados pela diminuição dos glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas. Essa diminuição é observada nos exames de sangue, mas também pode provocar sintomas. As células leucêmicas podem invadir outras áreas do corpo, levando a alguns sinais e sintomas.

Muitos destes sintomas podem ser devido a outras patologias, na maioria das vezes. Ainda assim, é importante conversar com o médico do seu filho e comunicar qualquer sintoma, de modo que a causa possa ser diagnosticada e, se necessário iniciado o tratamento.

Os principais sinais e sintomas da leucemia são:

Fadiga e Palidez – Anemia pode fazer a criança se sentir cansada, fraca, com tonturas ou falta de ar. Pode também deixar a pele pálida.

Infecção e Febre – Uma criança com leucemia pode apresentar febre. Isso é muitas vezes causada por uma infecção, que pode não melhorar, mesmo com antibióticos como consequência da diminuição dos glóbulos brancos, que, normalmente, atuam no combate às infecções. Embora as crianças com leucemia possam ter um aumento na contagem sanguínea, as células leucêmicas não protegem contra a infeção da mesma maneira que os glóbulos brancos normais. A febre também pode ser causada pelas células leucêmicas liberando detritos ao organismo.

Hemorragia por Contusão – Uma criança com leucemia pode se machucar facilmente, ter hemorragias nasais frequentes, sangramento nas gengivas ou sangram excessivamente com pequenos cortes.Little boy and his teddy bear after a chemotherapy treatment

Dor nos Ossos ou nas Articulações – Algumas crianças com leucemia apresentam dores ósseas ou articulares. Isso pode ser causado pelo acúmulo de células leucêmicas próximas da superfície do osso ou das articulações.

Inchaço do Abdome – As células leucêmicas podem se acumular no fígado e baço aumentando seu tamanho. Isso pode ser notado como um inchaço na barriga. As costelas inferiores costumam cobrir estes órgãos, mas quando eles estão aumentados o médico pode ao examinar o abdome, determinar quanto aumentaram e se existe presença de dor à palpação.

Perda de Apetite e Perda de Peso – Se o aumento do baço ou fígado for muito grande, eles podem pressionar outros órgãos como o estômago, limitando a ingestão de alimentos que podem ser consumidos e levando a perda de apetite e de peso ao longo do tempo.

Aumento dos Linfonodos – Alguns tipos de leucemia podem se espalhar para os gânglios linfáticos provocando aumento do seu tamanho. Muitas vezes, os linfonodos aumentam de tamanho por estarem lutando contra uma infecção, especialmente em lactentes e crianças. Um gânglio linfático aumentado em uma criança é geralmente um sinal de infeção, mas deve ser verificado e acompanhado por um médico.

Tosse ou Dificuldade para Respirar – A leucemia linfoide aguda tipo T, muitas vezes envolve o timo. O aumento do timo ou dos linfonodos do tórax pode pressionar a traqueia, provocando tosse ou dificuldade respiratória.

Inchaço do Rosto e Braços – A veia cava superior, que leva o sangue da cabeça e braços de volta ao coração, passa ao lado do timo. Um aumento do timo, devido a excesso de células leucêmicas pode pressionar a veia cava superior, provocando a síndrome da veia cava superior. Isso pode causar inchaço na face, pescoço, braços e parte superior do tórax, dores de cabeça, tonturas e alteração na consciência. A síndrome da veia cava superior deve ser tratada imediatamente.

Dor de Cabeça, Convulsões, Vômitos – A leucemia pode se disseminar para o sistema nervoso central, testículos, ovários, rins, pulmões, coração ou intestinos. Nesse sentido a disseminação da doença pode causar dores de cabeça, problemas de concentração, fraqueza, convulsões, vômitos, problemas de equilíbrio e visão turva.

Erupções Cutâneas, Problemas de Gengiva – Em crianças com leucemia mieloide aguda, as células leucêmicas podem invadir a gengiva, causando dor, inchaço e sangramento. A disseminação para a pele pode causar pequenas manchas escuras coloridas que podem se assemelhar a erupções cutâneas comuns.

Fadiga e Fraqueza – Uma consequência rara, mas severa da leucemia mieloide aguda é cansaço, fraqueza e problemas na fala. Isso pode ocorrer quando um número elevado de células leucêmicas torna o sangue espesso, diminuindo a circulação através dos vasos sanguíneos finos do cérebro.

O câncer infantil tem cura?
O câncer na criança e no adolescente tem cura na maioria dos casos, especialmente quando os pais conseguem identificar rapidamente os sintomas e levar ao pediatra para avaliação.
Os tumores infantis ou na adolescência, na maioria das vezes, costumam crescer mais rapidamente se comparado ao mesmo tumor nos adultos. Apesar de serem também mais invasivos, respondem melhor ao tratamento, que quanto mais precocemente instituído, apresenta melhores chances de cura quando comparado aos adultos com câncer.

Como fazer o diagnóstico de câncer
O diagnóstico do câncer infantil pode ser feito pelo pediatra baseado nos sintomas e para confirmar a suspeita devem ser feitos exames, como:
Exames de sangue: neste exame o médico vai analisar os valores PCR, leucócitos, marcadores tumorais, TGO, TGP, hemoglobina;
Tomografia computadorizada ou ultrassom: é um exame de imagem onde se presença ou grau de desenvolvo do câncer e de metástases;
Biopsia: colhe-se um pouco de tecido do órgão onde se suspeita que foi afetado e é analisado.
O diagnóstico pode ser feito, ainda antes dos primeiros sintomas, numa consulta de rotina e, nesses casos a chance de recuperar é maior.
Tratamento do câncer infantil
O câncer infantil tem cura, principalmente,quando os sintomas são identificados logo no início e tratados corretamente. O seu tratamento pode ser feito com quimioterapia, radioterapia ou cirurgia de forma individual ou fazendo todos os tratamentos associadas, dependendo do tipo de câncer e da gravidade. Para saber como ajudar seu filho a viver com o câncerHe's got nose bleed

Tipos de câncer mais comuns nas crianças
As crianças e adolescentes podem desenvolver qualquer tipo de câncer, porém, a leucemia é o tipo de câncer mais comum.
Além deste tipo de câncer infantil, também é frequente surgirem linfomas, câncer nos rins, tumores no cérebro, câncer nos músculos, câncer nos olhos, câncer nos ossos e nas ínguas.

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: