Doenças e Tratamentos

15 Maneira de Como Amamentar o seu Bebe

O aleitamento torna-se fácil desde que se saiba como proceder. Você levará a criança ao seio com mais frequência do que lhe ofereceria uma mamadeira, mais se for considerada o tempo de comprar e preparar, eles se equiparam. Sem falar no custo. Como então proceder para uma boa amamentação? Seguem os concelhos dos nossos consultores.

Posição correta do bebê. Nossos especialistas foram unânimes: é o problema-chave do aleitamento. Como se deve proceder? Explica-se a questão da seguinte maneira: O bebê deve ficar completamente de frente para a mãe: a cabeça, o tronco, a genitália, os joelhos. Segure-o de forma que as nádegas fiquem fiquem sobre uma das mãos e a cabeça na curvatura do cotovelo. A outra mão sobre o seio, apoiado pelos quatro dedos. Não os coloque sobre a aréola [a região mais escura ao redor do mamilo].amamena

Em seguida, encoste o mamilo no lábio inferior do bebê, par que abra a boca. Traga então mais para si o corpo da criança, para que a boca se fixe na aréola. O mamilo deve atingir a garganta do bebê. Dessa forma, não há movimento do mamilo enquanto é segurado.

Respeitar o próprio corpo. “A mãe não deve sentir dor”. É preciso se preparar psicologicamente para não aceitar a dor. Se ocorrer algum incômodo, será preciso tratar dele. Se o bebê sugar de maneira incorreta, interromper a sucção para reposicioná-lo.

Interromper a mamada até o bebê ficar na posição correta. Se o bebê se confundir na alternância entre o seio e a mamadeira, poderá não mais prender o mamilo da maneira devida. Certifique-se, abra bem a sua boca antes de coloca-lo ao seio; ele deve prender o mamilo de forma que pelo menos uns 3 cm da aréola estejam em sua boca.

Deixe-o mamar num dos seios enquanto sugar bem, o que significa deva ele deglutir a cada uma ou duas sucções. Se ficar sonolento, distraído, faça-o arrotar, acorde-o e troque de seio. Deixe-o mamar á vontade no segundo seio. Em geral, esse tempo oscila de 20 a 30 minutos.

Amamentá-lo nos dois seios em cada mamada. Amamente-o de um lado até parecer que perca o interesse, recomenda então ofereça-lhe o outro seio. Na próxima mamada, comece pelo que ele terminou.

Amamentá-lo com frequência. Essa é uma questão que muitas vezes choca as mulheres. Os médicos, quase sempre, dão instruções mais adequadas para mamadeira, nas primeiras semanas é comum a mãe amamentar 8 a 12 vezes por dia. O leite humano requer a amamentação frequente, por isso se cria um forte elo entre a mãe e a criança.

Não enrijeça os mamilos. Os exercícios e as manipulações para enrijecer os mamilos não ajudam e podem até prejudicar. Se a mãe posicionar corretamente o bebê, não terá problema de dor, desconforto ou inflamação.

Uso de protetor ou de intermediário par mamilos achatados ou pseudoinvertidos. Melhor se habituar a usa-los já durante o sexto ou sétimo mês de gestação. A sucção delicada pelo intermediário ajuda o mamilo a tornar-se saliente. Mas não convém utiliza-lo por mais de 15 a 20 minutos por dia.

Não usar sabonete nos mamilos. Outra advertência da obstetra de indiana. Não lave os mamilos com sabonete, ficam ressecados. Você vê pequenas saliências em torno da aréola? São glândulas que produzem óleo antisséptico. Portanto, não use sabonete.

Para secar os mamilos. Deixe-os expostos ao ar ambiente antes de cobri-los, é o conselho. E para apoiá-lo não use nada que retenha a umidade, como almofadas de plásticos, por exemplo.

O leite materno melhora a dor mamilar. Dar atenção ao que na realidade, 95% dos casos de dor mamilar advêm da maneira de como o bebê suga. A dor desaparece depois da correção do problema, embora as lesões possam levar mais tempo. Acelere a cura: deixe os mamilos secarem expostos ao ar depois das mamadas, e esfregue no local um pouco de leite. Esse leite do final das mamadas é rico em lubrificantes e contém substância antibiótica.beba

Alerta á obstrução dos ductos. Entre as causas de obstrução dos ductos lactíferos, as roupas apertadas, a anatomia materna, a fadiga, os prolongados períodos sem amamentar. A obstrução pode levar á injeção se não for corrigida de imediato. Se você sentir no seio um ponto endurecido, doloroso ao toque, livre-se dele pelo calor. Massageie-o, a começar pela parede torácica e siga em frente, num movimento circular. O importante, contudo, é permitir que o bebê se amamente desse lado com frequência. A sucção do bebê é o que mais ajuda a desobstruir o ducto. Estará desobstruído em 24 horas, geralmente. O tampão que o obstrui poderá sumir antes do indício físico de que desapareceu.

Uso de vitamina E nas fissuras mamilares. Se você perceber fissura num dos mamilos, poderá resolvê-la com uso  tópico de pequena quantidade de vitamina E. Depois da mamada, pegue uma cápsula de vitamina E, perfure-a, esprema-a e esfregue no mamilo. O segredo está nas quantidades mínimas.

Uso de compressas quentes para super-produção. Se o bebê não acompanhar a produção do leite materno, com resultados óbvios, aplique compressas úmidas e quentes sobre o seio. Abrem-se os ductos: o leite flui livremente. Amamente o bebê com mais frequência e por mais tempo, bebendo líquidos em abundância para urinar de hora em hora.

Controle do extravasamento do leite com a mão. Esse sistema é tão sensível a estímulos que a nutriz pode ejetar leite só ao ouvir uma criança chorar. Se isso acontecer, comprima o mamilo junto ao peito (tórax) com a palma da mão. Se perder muito leite, use absorventes mamários não descartáveis, de preferência de algodão (100%). Lenções de algodão masculinos também funcionam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.