Doenças e Tratamentos

15 Maneiras de se Aliviar os Sintomas da Alergia

O fenômeno alérgico nasce quando o corpo detecta uma substância estranha de que não gosta. O nariz entope e começa a escorrer, os coçam e lacrimejam, os pulmões chiam. Tanto quanto gente, as alergias existem em variedades infinita. E na sua maioria se enquadram em três categorias fundamentais: a de origem em alérgenos contactantes, em alérgenos ingestantes (sobretudo alimentares) e em alérgenos inalantes. As alergias inalatória que experimentamos nas substâncias existentes no ar que respiramos são as mais comuns. Os quatro principais fatores determinantes que existem em suspensão no ar, são o pó ou poeira doméstica, pólen,de animais e o mofo alergia

Encontramos um pouquinho de tudo no pó doméstico”. Pessoas diferentes são alérgicas a diferentes fatores pedaços de baratas são também bastante fortes mas o principal fator isolado causador do problema são os ácaros no pó domiciliar. Cumpre registrar: o ácaro da poeira é um parente quase microscópico dos carrapatos e das aranhas. O ácaro vivo não é problema. A matéria fecal que espalha na perambulação sobre carpetes e móveis seu principal habitat e os restos de ácaros mortos é que provoca reações. Quanto aos outros alérgenos, é preciso lembrar que o pólen vem de fora, que o pêlo e a caspa dos animais domésticos caem com facilidade, espalhando-se no ambiente em que vivem, e que os bolores (fungos) crescem em qualquer lugar escuro e úmido sobre o carpete, por exemplo, em andar térreo. Não importa qual, basta inalar qualquer um: se você for alérgico começará com espirros, coriza, obstrução nasal.

Não é em toda casa que encontramos os quatro. Mas em todas elas, desde que não vedadas hermiticamente, encontramos ao menos um deles. O que fazer? Haveria como escapar desses habitantes ubiquitários do lar moderno ou estariam as pessoas alérgicas condenadas a uma eterna vida de coriza e de espirros?

Fique tranquilo — Há muito o que fazer para minimizar o sofrimento dos alérgicos. As dicas seguintes, testadas e recomendadas por médicos, o colocarão em bom rumo para uma respiração tranquila e os olhos mais secos.

Tratar os sintomas. A exposição, em certa medida, é inevitável. A dessensibilização alérgica, orientada por médico alergista, é um método excelente para assegurar as suas incursões pelo mundo exterior, para que seja agradáveis e não se tornem um tormento. Mas você não pode confiar totalmente nela. Certos anti-histamínicos, vendidos sem receita médica, fazem maravilhas num nariz que não pára de escorrer e em olhos vermelhos que não param de coçar.

Uso de ar-condicionado. Talvez a medida mais importante para aliviar os problemas vinculados ao pólen, contribuindo também no combate a dois outros importantes inalantes, os fungos e os ácaros do pó domiciliar.

A ideia fundamental é criar um oásis. Que a sua casa seja um santuário, um lugar onde possa refugiar-se. As unidades de ar condicionado ajudam de duas formas. Mantêm baixo o teor de umidade, o que desestimula a proliferação de ácaros e bolores, e podem filtrar o ar ao resfriá-lo se for instalado um filtro ou purificador. Mas é o vedamento da casa que proporciona o verdadeiro benefício, assegura o médico. Se você mantiver as janelas abertas, tome cuidado, o ambiente será o mesmo que o de fora repleto de pólen.

Ar-condicionado no carro. Se ao caminhar pela rua você começa a espirrar e a respirar ofegante, com chiado no peito, imagine aquelas nuvens de pólen quando estiver dirigindo a 80 ou 90 quilômetro por hora! Tenha cuidado, se for possível coloque ar-condicionado também no carro. Mesmo que seja caro, lembre-se é pela sua saúde.

Instalar purificador de ar. Quando os especialistas recomendam, não se referem ao modelo mais caro, da mais sofisticada loja de eletrodomésticos. Referem-se ao mais simples, que se adapte ás suas condições de moradia.

Os purificadores removem partículas do ar ambiente, embora provoquem o seu movimento. “A cura pode se tornar pior do que a doença”. Mesmo assim, são convenientes.

Emprego de desumidificador. A preservação do ar puro em casa atenua o problema alérgico decorrente da presença de polens, fungos e pelos de animais. Além disso, o ar seco ajuda a combater os ácaros da poeira doméstica. Eles não funcionam bem quando a umidade do ar é inferior a 45%. De um modo geral, quanto mais seco o ambiente, melhor.

A recomendação do médico  pode acarretar problemas para uma criança ou para pessoas sensíveis á baixa umidade do ar. Aconselha-se aí o uso de um pequeno umidificador de ar junto á cama

Tratar lugares úmidos com fungicidas. Substâncias como o clorox norte-americano, elimina os fungos do ambiente. Ele é recomendado nas áreas da casa que oferecem problemas, as do banheiro, por exemplo. É possível limpar assoalhos, superfícies de vinil, ladrilhos, madeirames dentro de casa, utensílios domésticos. Recomenda-se ainda o uso de fungicida regular para subsolos e porões.

Isolar animais domésticos. Muitos são alérgicos ao pêlo e á caspa dos animais o pêlo de gato costuma ser o mais problemático. A solução mais simples: livrar-se dos bichos. Para muitos, claro, essa não é a opção. Alternativa: Faça de seu quarto um refúgio, isolo-o da casa e faça dele um território proibido para os animais. Basta um passeio semanal através de uma sala ou de um quarto para que  o animal doméstico mantenha o ambiente propenso á alergia.alergu

Uso de máscara facial. Recomenda-se o seu emprego sempre que se fizerem coisas que possam levar á exposição a algum alérgeno. Tarefas simples, como a de passar o aspirador, podem levantar grandes nuvens de poeira e outras substância alergizantes que permanecerão suspensas no ar por algum tempo, são alergia e imunologia. A jardinagem pode também expor a pessoa a uma enorme quantidade de pólen. Uma pequena máscara, que cubra nariz e boca, pode impedir que o alérgeno atinja os pulmões. Nos EUA já existem modelos baratos, como a da 3M Company altamente recomendados, que são encontrados em lojas de ferragem.

Contratar empregada doméstica. Quando se é alérgico á poeira doméstica ou pelos de gato ou de cão ocultos no carpete, convém contratar alguém para a limpeza da casa (sobretudo do carpete) empregada ou faxineira. O custo é pequeno, em vista do de uma reação alérgica.

Isolar a cama com plástico. Comunicado conjunto quando o problema está nos ácaros do pó domiciliar, convém revestir colchão e travesseiros com plástico. Traz algum alívio. Os ácaros microscópicos adoram a cama. Com o plástico, no entanto, a pessoa vai respirar ar puro, sem a presença desses alérgenos.

Desfazer-se do carpete. Para os sensíveis ao pó domiciliar, ao pêlo de animais e ao mofo ou aos fungos, os carpetes são absolutamente contra-indicados. São um habitat quase perfeito para os ácaros e fungos, e os polens e pelos de animais. Nem lavagem a vapor resolve. Não basta matar os ácaros. Tudo o que se consegue aí, é tomar a superfície inferior ainda mais quente e mais úmida ideal não só para ácaros como para fungos.

Tapetes comuns. Basta substituir o carpete por tapetes comuns e se obterá dois importantes benefícios. Elimina-se a parte da casa que captura e mantém a maioria dos alérgenos e, ao mesmo tempo, mantém-se o tapete livre da sua presença com maioria facilidade. Os tapetes podem ser lavados a uma alta temperatura capaz de matar os ácaros, permanecendo o chão cortesia da rala fiação do tapete mais frio e mais seco, condições hostis a fungos e ácaros.

Os ácaros não sobrevivem em assoalho polido e seco.Esse assoalho seca em segundos, enquanto o carpete lavado a vapor leva semanas para secar completamente.

Usar travesseiros de fibras sintéticas. Os ácaros gostam dos travesseiros de fibras sintéticas tanto quanto dos de pena e espuma, mas os primeiros têm uma importante vantagem: é possível lava-los com água quente.

Lavar o colchão com água quente. Os travesseiros não são o único problema. Lave o colchão com água quente, se possível uma vez por semana, e os ácaros morrerão.

Transformar um cômodo em santuário. Se não puder arcar com o custo de ar condicionado, central e não quiser se  desfazer do carpete nos cômodos da casa ou apartamento ainda há uma esperança. Transforme um deles em santuário.  A maioria das pessoas passa o maior tempo no quarto de dormir, quando em casa, se estiver livre de ácaros, o alivio será grande. O que fazer nesse sentido? Usar ar-condicionado no verão, isolando o quarto do resto da casa manter a porta fechada, substituir o carpete por tapetes e nele aplicar tudo o que leu neste capítulo.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.