Dicas de Saúde

Atenção Redobrada na Saúde

Atenção redobrada. Se a chave para qualidade de vida é a prevenção de doenças. Saber quais os fatores de risco para as principais patologias e quais são elas é fundamental. E nisso o brasileiro tem falhado, como aponta uma pesquisa realizado pela Datafolha. De acordo com a apuração, a maioria da população acredita que o câncer é a maior causa de mortes do país seguido pela aids. O estudo mostrou ainda que os participantes não souberam numerar em ordem de importância os fatores de risco para o aparecimento dos tumores. Para chega nesse resultado foram entrevistado 2.571 pessoas de todas as regiões do Brasil. Ao contrario do que os entrevistados acreditam o tipo de doença que mais mata no país são os cardiovasculares (que afetam o sistema circulatório, ou seja, tanto os vasos sanguíneos quanto o coração), como derrame e infarto totalizando mais de 300 mil mortes anualmente de acordo com ministério da saúde.

17,5 milhões é numero de pessoas que morrem por ano em todo o mundo em decorrência de doenças do coração segundo o organização mundial da saúde.saúde

Aceita uma xícara de café?  Agora o “sim” pode vir sem preocupações. Se antigamente o café era visto como inimigo da saúde cardíaca uma pesquisa desenvolvida pelo instituto do coração (Incor) mostrou o contrário. Ao avaliar 41 pacientes com alguma cardiopatia (doença no coração) e 80 pessoas sem esse tipo de patologia foi observado que, com a ingestão do famoso cafezinho indispensável no dia a dia de muitos brasileiros não houveram alterações na pressão arterial ou no batimento cardíaco. É importante destacar que o estudo foi realizado com café coado e o café expresso que vem em cápsula e é feito em maquinas.

Estique as pernas. Se você é tipo de pessoa que, onde quer que chegue, já procure um lugar para sentar, reveja seus costumes. Mais tempo em pé melhorar os níveis de colesterol, açúcares e gorduras no sangue, ou seja diminui os risco de doenças cardiovasculares. Para o estudo 782 homens e mulheres com idade entre 36 e 80 anos foram equipados com marcadores de atividade. E não confunda! Se despedir do sedentarismo não é apenas caminhar durante uma hora diária, mas se movimentar ao longo de todo o dia caminhar para ir ao trabalho ou realizar tarefas domésticas, por exemplo.

Corrida contra o tempo

Uma pesquisa feita nos Estados Unidos descobriu que o coração de 70% dos adultos possui idade mais avançadas do que o cronológica. Por mais diferente que isso possa parecer, o fato é relevante por revelar os maus hábitos vividos por grande parte da população, como o fumo e a obesidade. No estudo foram analisado 600 mil pessoas de 30 a 74 anos de regiões variadas dos EUA. Um dos autores da pesquisa no entanto, afirma que uma dieta equilibrada e a prática regular de atividades física, comportamento saudáveis é possivel e “rejuvenescer” o coração.

Sauna para o coração

Reservar um tempo na semana (ou até todos dias!) para tomar o banho vaporizado pode garantir uma saúde cardiovascular “de ferro”. E quanto mais, melhor, sim ainda foi observado que homens adeptos da sauna de quatro a sete vezes na semana eram 63% menos propensos a sofre de morte súbita cardíaca do que aqueles que faziam-na somente uma. O fato se dá pela prática reduzir a pressão arterial e manter a elasticidade dos vasos sanguíneos. Apesar disso, ainda são necessários mais pesquisas para complementar a profundar esses resultados. cora

Dá-lhe, pimenta

Muito consumida em culinárias como a mexicana, a especiaria é capaz de auxiliar na prevenção de doença cardíacas e até do câncer. Foi o que apontou um estudo chinês, que também comprovou a eficácia do alimento na aceleração do metabolismo e no combate de hipertensão e obesidade além de conter propriedade antioxidantes e evitar problemas gástrico. Um dos princípios responsáveis por isso é a capsaicina, que pode ser relacionada com a longevidade para descobri os benefícios da pimenta, os pesquisadores acompanharam o plano alimentar de quase 500 mil pessoas durante sete anos na china. Dependendo da frequência do consumo, os risco de morte por conta de uma dessas doenças (já citadas) diminui em até 14% no caso dos que faziam por mais de três vezes na semana.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.