Doenças e Tratamentos

Barriga D’Água – o que é, causas e Tratamentos Naturais

Barriga d’água, ou ascite, é o acúmulo de água na cavidade peritonial, produzindo inchação e desconforto na região do abdome. Podem-se acumular até vários litros de água.

Causas:

A barriga d’água, ou ascite, é provocada pela extravasamento de plasma através dos vasos, muitas vezes como resultado de aumento da pressão no interior deles. Na esquistossomose (barriga d’água), o Esquistossoma  mansoni (verme) aloja-se na veia porta, onde obstrui com seus ovos a passagem do sangue. A pressão local aumenta, e o líquido extravasa para o exterior, produzindo barriga d’água. Isso também pode acontecer no caso de tumores hepáticos, e quando há metástase de câncer de mama ou de pulmão, com o crescimento de tumor secundário no peritônio. A insuficiência cardíaca grave pode produzir barriga d’água (ascite), além de edema em outras partes do corpo.

Na síndrome nefrótica, na cirrose hepática e na tuberculose que atinge o abdome, há possibilidade de ocorrer barriga d’água.

Sugestões naturais:

Hortaliças:fra

“A cebola”, tem ocupado um lugar de honra na farmacologia e na terapêutica. Durante séculos, tem sido usada no tratamento de anasarca, asma, barriga d’água (ascite), diabete melito, hidropisia e tuberculose. Incluir liberadamente cebola na alimentação e tomar-lhe o suco diluído meio a meio com água: duas ou três xícaras, das de chá, por dia.

Cenoura — Pode-se tomar o suco de cenoura várias vezes durante o dia, especialmente nas enfermidades infecciosas, como febre tifoide, e nos casos de hidropsia, barriga d’água, edema, etc. Tomar 3 ou 4 xícaras por dia.

Frutas:aguazz

Limão –– “Cura de limão”. Começar com um limão; um no primeiro dia, 2 no segundo dia, 3 no terceiro dia, e assim por diante, até 4; depois, diminuir a dose pela mesma escala até um limão. Assim, em 20 dias, faz-se a chamada “cura de limão”. Tomar os limões diluídos em água, divididos em várias porções ao longo do dia. Se houver gastrite ou úlcera, não usar.

Melancia — Dado seu poder diurético, a melancia pode, em muitos casos, ser consideravelmente útil. Mas começar com quantidades pequenas e observar o resultado. Substituir uma refeição por pequena quantidade de melancia, como o desjejum. A principio usar uma fatia bem pequena, e aumentar aos poucos a quantidade.

Plantas:

Chá de boldo-do-chile. Parte usada: folhas. Dose: três colheres, das de sopa, da planta picada para um litro de água, uma xícara ao dia.

Chá de jurubeba. Parte usada: toda a planta. Dose: 4 colheres, das de sopa, da planta picada para um litro de água, uma xícara por dia.

Chá de cavalinha –– Em virtude de seu poder diurético, a cavalinha pode, em muitos casos, ser útil. Mas começar com duas colheres, das de chá, da erva para uma xícara de água. Ferver, coar, deixar esfriar e tomar. Observar os resultados. Aumentar aos poucos, no caso de melhora, até 500 ml ou mais ao dia.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.