Scroll Top

Doenças e Tratamentos

Coluna – o que é, Causas e Tratamentos Naturais

Os problemas da “coluna”, estrutura osteo-muscular de sustentação da parte superior do corpo, podem ser encarados como expressão da perda da estabilidade psicofísica do homem moderno. São resultado de fatores como maus hábitos posturais, estresse, obesidade, vida sedentária e alimentação incorreta.

Há quatro tipos de básicos de desvio:

1. Cifose, ou uma curvatura acentuada para trás, que o povo chama de “corcunda”.

2. Escoliose, ou desvio para o lado.

3. Lordose, ou uma curvatura contrária á da cifose (para frente da parte lombar).

4. Cifoscoliose: desvio misto, com várias alterações de curvatura — curvatura lateral associada a uma cifose.

Causas:colunas

Muitos problemas de coluna são devidos á má postura. O homem moderno transmite, inconscientemente, seu alto nível de estresse para os músculos, que se mantém tensos, contraídos. Essa é uma causa comum de dores pelo o corpo, mas especialmente nas costas. O estresse emocional massacra a coluna vertebral, provocando tensão nos músculos para-vertebrais (situados ao longo da coluna), e criando hábitos posturais antifisiológicos ao sentar, andar, trabalhar, dormir, escovar os dentes, dirigir etc. Esta é a principal causa de desvio, como a cifose, ou corcunda.

A obesidade aumenta a tração sobre a coluna, provocando lento “esmagamento” das fibrocartilagens, e desalinhamento diversos. Surgem, como consequência, hérnias de disco, nevralgias (como a do ciático) e desvios de coluna. A vida sedentária enfraquece a cintura muscular lombo-abdominal, que serve de “parede de apoio” para as vísceras e ajuda a sustentar a coluna. Resultado é um risco aumentado de desvio, hérnias etc. Defeitos anatômicos nos joelhos, como o genu valgum, ou pernas em “X”e genu varum, ou pernas “em parêntesis”, e problemas congênitos, como uma perna mais curta que a outra, favorecem o surgimento de deformidade de coluna. Doenças como poliomelite e tuberculose infantil podem também ocasionar desvio de coluna.

A poliomelite pode acarretar a paralisia dos músculos de um dos lados da coluna, com consequência escoliose. Alterações de vértebras individuais, produzidas por inflamação, ruptura de estruturas musculares etc., ocasionam modificação da curvatura da coluna.

Problemas reumáticos, osteoporose e certos distúrbios hormonais devidos a mau funcionamento da tireoide e da supra-renal, podem acarretar distúrbios de coluna.

Sugestões naturais:coluna- coluna

hortaliças:

Couve –– Sucos verdes, ricos em clorofila, são tradicionalmente indicados. Tomar meio copo de suco de couve diluído em água, 3 vezes ao dia.

Frutas:

Abacaxi, maçã, laranja, mamão, melancia, e uva — Substituir uma refeição diária por abacaxi, exclusivamente, de preferência o desjejum, durante uma semana; na segunda semana, maçã; na terceira semana, laranja; na quarta,mamão; na quinta,melancia; na sexta, uva. Na sétima, repete-se o tratamento da primeira. Assim, vai-se alternando sucessivamente.

Fazer uma cura de limão. Começa-se com 1 limão; no primeiro dia, 2 no segundo dia, 3 no terceiro dia, e assim por diante, até 10; depois, vai-se diminuindo a dose pela mesma escala até 1 limão. Assim, em 20 dias, faz-se o que se chama “uma cura de limão”.

 Plantas:

Tomar meio copo de suco de tanchagem e dente-de-leão diluído em água, 2 vezes ao dia.

Fazer o chá de cavalinha, salsaparrilha e chapéu-de-couro misturados. Dose: 3 colheres das de sopa, das plantas picadas para um litro de água, 3 xícaras ao dia.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.