Scroll Top

Doenças e Tratamentos

Diabete- o que é , causas e tratamentos naturais

Diabete é um distúrbio do metabolismo dos carboidratos (açúcares), causado por problemas na produção ou na recepção de um hormônio pancreático, a insulina, que pode diminuir, e nos casos mais graves, faltar, no sangue. Como é a insulina que controla a glicose circulante, ocorre picos de hiperglicemia. No diabete tipo I (juvenil), a falência da parte endócrina do pâncreas, responsável pela fabricação de insulina, torna necessário o uso diário de injeções desse hormônio. No diabete tipo II (adulto), geralmente se dispensa ainsulina injetável, mas é comum a prescrição de hipoglicemiantes. O diabete tipo II está frequentemente associado á obesidade.Diabetic patient doing glucose level blood test

Causas:

Há vários componentes no conjunto de causas. Entre eles destaca-se o estilo de vida, de que figuram a alimentação incorreta e a vida sedentária. Episódios de estresse podem aumentar os glicocorticoides, e precipitar um quadro de diabetes. A obesidade aumenta a resistência á insulina, favorecendo assim a instalação da doença em pessoas predispostas. Há também um componente genético.

Sugestões naturais: Hortaliças:

Água-de-alho: Amassar 2 dentes de alho e deixa-los de molho em um copo de água durante 6 horas. Coar, e tomar 3 vezes ao dia. Ou tomar uma cápsula de óleo de alho, 2 vezes ao dia.

Berinjela: Tomar o suco diluído da berinjela, ou deixa-la de molho picada. Coar e tomar o líquido com o suco de 3 limões para um litro de água (3 copos ao dia).

Cebola A cebola é um alimento de primeira ordem para os diabéticos, pois encerra uma “insulina vegetal”, a glucoquinina. Comer a cebola em forma de salada e tomar uma xícara do suco de 2 a 3 vezes ao dia.

Frutas:

“Cura de limão”. Começar com um limão:1 primeiro dia, 2 no segundo dia, 3 no terceiro dia, assim por diante, até 10 dias. Depois, diminuir a dose pela mesma escala. Assim, em 20 dias, faz-se a chamada “cura de limão”. Diluir os limões em água. Fracionar ao lingo do dia.

Maçã: Substituir uma refeição diária por maçã ácida ou semi-ácida, exclusivamente, de preferência o desjejum, “dia sim dia não” ou, conforme o caso, diariamente. Nos intervalos, havendo fome, comer maçã do tipo branca ou verde. Deve-se ter cuidado com hipoglicemia.

Plantas: Carqueja-– 4 colheres, das de sopa, da planta picada para um litro de água. Tomar de 2 a 3 xícaras ao dia.

Raiz de jurubeba– 3 colheres, das de sopa, da raiz picada para um litro de água, de 2 a 3 xícaras ao dia.

Pata-de-vaca– 3 colheres, das de sopa, da planta picada para um litro de água, de 2 a 3 xícaras ao dia, com 15 gotas de própolis para cada xícara.diabetes-diabetes

Outros tratamentos:

O polvilho de lobeira, planta comum em Minas Gerais, vem sendo usado como um poderoso auxiliar no tratamento da diabete: indica-se um comprimido após cada refeição.

Alimentação: Os conselhos tradicionais são bem conhecidos dos diabéticos: não usar açúcar, massas, guloseimas, caldo de cana, rapadura, melado, chocolate, doces, refrigerantes etc. Há os que perguntam se o mel é permitido. A resposta é não, porque o mel é rico em carboidratos simples. Se o diabete é discreto e está controlado, entretanto, podem ser usado pequenas porções de frutas doces e mesmo o mel, mas as quantidades devem ser calculadas para cada paciente por um nutricionista. Verduras, iogurte natural, não adoçado e cereais integrais são permitido.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.