Scroll Top

dicas Dicas de Saúde saúde varizes

Diga – Adeus a Varizes para Sempre

Varizes, ou veias varicosas, são veias dilatadas, alongadas e tortuosas. Além de serem prejudiciais à estética, as varizes podem causar dor, cansaço e sensação de peso nas pernas. As varizes aparecem mais comumente nas pernas, porém podem ocorrer em outras partes do corpo. Veias são vasos sanguíneos que carregam sangue dos tecidos do corpo ao coração. Elas têm válvulas que ajudam o sangue a fluir em direção ao coração. Quando essas válvulas não funcionam corretamente, o sangue retorna e forma poças nas veias. Isso então faz as veias incharem e forma as varizes. Geralmente as varizes não causam problemas médicos. Porém, ocasionalmente podem requerer tratamento para dor, problemas de pele, coágulos sanguíneos ou outras complicações. Pessoas muitas vezes fazem tratamento para varizes por razões cosméticas.

O que causa as varizes? Para que o sangue possa voltar ao coração, as veias possuem válvulas venosas que impedem seu refluxo. Caso essas pequenas válvulas falhem, o sangue reflui e causa a dilatação das veias devido ao aumento do volume de sanguíneo. As varizes aparecem com mais freqüência nos membros inferiores: pés, pernas e coxas.varizes-entada

SINTOMAS DAS VARIZES: As varizes são normalmente veias tortuosas e dilatadas que não causam maiores sintomas a não ser o incômodo estético. Elas surgem sempre nas veias mais superficiais, por isso são tão aparentes.Quando grandes, as varizes podem sagrar após sofrerem traumas ou formar pequenos trombos, um quadro denominado de tromboflebite. As varizes, quando múltiplas, podem ser uma das manifestações da chamada insuficiência venosa crônica. Quando várias veias tornam-se insuficientes e varicosas, o sangue começa a ficar retido nos membros inferiores, causando desconforto, sensação de peso, dor local, edemas, escurecimento da pele e, em casos avançados, aparecimentos de úlceras e infecções de pele. Na verdade, deve-se encarar as varizes como um estágio intermediário da insuficiência venosa, que pode ser dividida nas seguintes fases:

teleangiectasias

Teleangiectasias ou aranhas vasculares: As teleangiectasias são pequenas veias arroxeadas, bem fininhas que surgem na fase inicial da insuficiência venosa, como na fota ao lado. São sinais de doença das pequeníssimas veias superficiais que ficam logo abaixo da pele. São uma espécie de micro varizes. Nesta fase não costuma haver outros sinais e sintomas, exceto o aparecimento das próprias teleangiectasias.

Varizes: O surgimento das varizes indica que a dificuldade em retornar o sangue já atingiu veias maiores. O paciente pode ter uma única variz ou, em fases mais avançadas da doença, apresentar várias varizes.

Edema: Quanto mais varizes existirem, mais óbvia é a insuficiência venosa. O sangue que não consegue retornar para o resto do corpo fica represado nas pernas, o que causa o aparecimento dos edemas (inchaços). Nas fases iniciais, o edema costuma aparecer nos tornozelos e somente ao final do dia, quando o paciente já passou várias horas em pé. Conforme a doença avança, o inchaço pode ser tornar persistente, podendo acometer toda a perna. Quando já há edema, podem haver outros sintomas como peso nas pernas, câimbras noturnas sensação de queimação, comichão e dor no trajeto das varizes.

Alterações da pele: Além do edema, a retenção de sangue dos membros inferiores pode causar alteração de coloração da pele, deixando-a mais escura e arroxeada. As pequenas veias e capilares danificados das pernas permitem o extravasamento das hemácias (glóbulos vermelhos) que, ao sofrerem destruição, liberam seus pigmentos vermelhos que acabam por se depositar na pele. Nesta fase, a pele pode sofrer alterações na sua textura, ficando ressecada e inflamada, o que recebe o nome de dermatite de estase. Esta dermatite se caracteriza por um espessamento da pele associada à escamação, erosão e perda de líquidos pelos poros. Nesta fase a pele se torna vulnerável, facilitando a invasão da mesma por bactérias e o desenvolvimento de infecções, como erisipela e celulite

Úlceras: O último estágio da insuficiência venosa é aparecimento de úlceras na pele. Podem ser únicas ou múltiplas e se localizam preferencialmente próximo ao tornozelo, local de maior estase. As úlceras normalmente aparecem após pequenos traumas e se formam devido à fragilidade da pele e dos vasos. Se não tratada, as úlceras continuam crescendo de modo circunferencial, podendo se tornar lesões gigantes e frequentes pontos susceptíveis às infecções.

Receita

Ingredientes:

  • 1 cenoura
  • Aloe Vera
  • ½ de vinagre de maça

Modo de Preparo: Coloque a mesma quantidade de cenoura e Aloe e Vera no liquidificador junto com o vinagre, deixe bater por alguns minutos até ficar uma mistura suave, tome cuidado para não ficar liquida é necessário que fique homogêneo.

Como Aplicar: creme-pernas-linhas Depois de feito a mistura aplique sobre a pele com movimentos suaves mais firmes começando dos tornozelos até as panturrilhas passe o creme em toda a perna principalmente na área afetada, é muito importante à melhora a má circulação sanguínea com isso capriche na massagem, faça sem preguiça depois de feito todo o processo deixe o creme agir no período de 20 minutos, depois do tempo percorrido enxague e seque as pernas com muito cuidado. Para potencializar os efeitos do creme anti varizes nas pernas consuma mais de 8 copos de água por dia, uma xícara de chá vermelho diariamente vai ajudar a suavizar aparecia das varizes. Caso siga nossas dicas corretamente em pouco tempo sua pele terá uma melhora significativa, as pessoas que passam muito tempo em pé correm o risco de ficarem piores por isso deve seguir com disciplina as instruções.pernas-varizes

Como preparar o suco de uva para tratar varizes
Para preparar o suco de uva rico em resveratrol é muito simples, sendo para isso necessário juntar água e uvas, na seguinte proporção:

Ingredientes

  • 2 copos de uvas com casca e sementes;
  • 1 copo de água.

Modo de preparo: Bater os ingredientes no liquidificador, adoçar a gosto e beber várias vezes durante o dia.
Este remédio caseiro, apesar de ser bastante útil e de melhorar o aspeto dos vasinhos, não exclui a necessidade dos tratamentos médicos para tratar e prevenir varizes. Muitas vezes o médico pode recomendar a toma de remédios   para melhorar a circulação sanguínea e prevenir o surgimento de varizes.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.