Scroll Top

dicas Dicas de Saúde dormência ou formigamento tratamento

Formigamento Causa O que é e Tratamento

O que é dormência (ou formigamento)? Dormência é a sensação que resulta da interrupção dos estímulos pele/cérebro ou vice-versa, em razão de compressão nervosa ou insuficiência circulatória de uma região do corpo. Vai desde situações muito simples como aquela que resulta de manter uma perna cruzada sobre outra até outras mais graves como, por exemplo, aquelas que acompanham um infarto do miocárdio. Nos casos benignos, de simples interrupção circulatória postural, a dormência (ou formigamento) desaparece progressivamente quando movimentamos a região do corpo afetada, com a recuperação da função orgânica normal.formigamento-formigamento

Causas: Muitas coisas podem causar dormência e formigamento, inclusive alguns medicamentos. Motivos comuns que não devem causar preocupação:

  • falta de movimento, por exemplo, quando a pessoa senta ou fica em uma posição por muito tempo
  • sentar-se com as pernas cruzadas
  • dormir sobre o braço
  • Outras condições que podem provocar dormência e formigamento:
  • mordidas de animais ou insetos
  • radioterapia
  • níveis anormais de potássio, cálcio, sódio, vitamina B12 ou outras vitaminas
  • toxinas de frutos do mar
  • síndrome do túnel do carpo (pressão sobre os nervos do punho)
  • fluxo sanguíneo inadequado na área afetada
  • lesão em um nervo do pescoço
  • hérnia de disco
  • pressão sobre os nervos (devido à formação de tecido de cicatrização, dilatação dos vasos sanguíneos, infecção ou tumores)
  • diabetes
  • enxaqueca
  • lesões causadas pelo frio
  • herpes (uma erupção cutânea dolorosa causada pelo vírus varicela-zoster latente)
  • fenômeno de Raynaud (uma condição que provoca espasmos dos vasos sanguíneos, bloqueando o fluxo do sangue)
  • mielite transversa (inflamação da medula espinal)
  • encefalite (inflamação e inchaço do cérebro)
  • esclerose múltipla (uma doença autoimune que atinge o cérebro e a medula espinal)
  • baixa atividade da tireoide (hipotireoidismo, tireoidite de Hashimita)
  • convulsões
  • endurecimento das artérias
  • mini-AVC (ataque isquêmico transitório)
  • acidente vascular cerebral (AVC ou derrame)

remédios caseiros para a dormência nas mãos e nos pés.

Compressa morna: A primeira coisa que você precisa fazer é aplicar uma compressa quente sobre a área afetada. Isso vai ajudar a aumentar o fornecimento de sangue para a área dormente. Além disso, irá relaxar os músculos e os nervos na área.

Molhe um pano em água morna. Esprema o excesso, em seguida, coloque sobre a área afetada por 5 a 7 minutos. Repita várias vezes até que a dormência passe. Você também pode desfrutar de um banho quente ou usar uma almofada de aquecimento para aliviar o desconforto.

 Massagem: Massagear as mãos e os pés quando ocorre dormência é uma outra maneira fácil de lidar com este problema. Ela aumenta a circulação sanguínea, que por sua vez diminui a dormência. Além disso, ajuda a estimular os nervos e músculos, melhorando assim o seu funcionamento geral. Coloque um pouco de azeite quente, coco ou óleo de mostarda sobre a palma da mão. Aplique sobre a área dormente. Massageie em movimentos circulares com os dedos firmes pelo menos, 5 minutos. Repita conforme necessário.

Cúrcuma: Cúrcuma contém um composto conhecido como a curcumina, que ajuda a melhorar o fluxo de sangue por todo o corpo. Além disso, a sua propriedade anti-inflamatória ajuda a reduzir a dor e desconforto na área afetada. Adicione uma colher de chá de açafrão em pó para um copo de leite. Aqueça em fogo baixo. Adicione um pouco de mel e bebe uma vez por dia para melhorar a circulação. Você também pode massagear a área afetada com uma pasta preparada com poder de açafrão e água por alguns minutos. Se você tem má circulação, você pode tomar suplementos de açafrão diariamente. Consulte seu médico antes de tomar qualquer suplemento.

Sal Epson: Um dos remédios mais comuns para reduzir a dormência é mergulhar os pés em uma banheira de água morna com sal Epson. Os cristais de sulfato de magnésio pode ajudar a elevar os níveis de magnésio no corpo e melhorar a circulação sanguínea. Circulação adequada pode ajudar a reduzir dormência e prevenir novas ocorrências.

  • Misture ½ xícara de sal Epson em uma banheira pequena cheia de água quente.
  • Mergulhe os pés nesta solução por 10 minutos.
  • Repita este remédio algumas vezes por semana.
  • Nota: Aqueles que têm diabetes ou problemas renais devem evitar este remédio.

Canela: Canela contém numerosos produtos químicos e nutrientes, incluindo manganês e potássio, juntamente com importantes vitaminas B. Suas propriedades nutricionais ajudam a melhorar o fluxo sanguíneo para os seus braços e pernas, e assim, ajudam a tratar a dormência nas mãos e nos pés. Os especialistas recomendam tomar 2 a 4 gramas de canela em pó diariamente para a boa circulação sanguínea. Misture uma colher de chá de canela em pó em um copo de água morna. Beba uma vez por dia. Outra opção é misturar uma colher de chá de canela em pó e mel e tomar diariamente na parte da manhã por algumas semanas.

 Ginkgo Biloba: Ginkgo biloba, uma erva popular usado em Ayurveda, pode melhorar a circulação sanguínea em todo o corpo. Assim, esta erva pode ajudar a reduzir, bem como evitar o problema de dormência. Encontra-se disponível no mercado na forma de suplemento. A dosagem geral é de 40 mg, 3 vezes por dia. No entanto, consulte o seu médico antes de tomar ginkgo biloba, pois pode interferir com alguns medicamentos.

Eleve a parte afetada: Para reduzir dormência nas mãos e pés, devido à má circulação, a elevação também vai ajudar. Elevar a área afetada por vários minutos para melhorar a circulação sanguínea. Uma vez que o fluxo de sangue para a área afetada recebe de volta ao normal, dormência desaparecerá. Você pode colocar suas mãos e pernas em algumas almofadas para mantê-los elevados.

 Coma mais vitamina B: Para evitar dormência e formigueiro em suas mãos e pés, é essencial para comer alimentos ricos em vitaminas do complexo B, especialmente B6 e B12. Essas vitaminas são essenciais para o funcionamento dos nervos saudáveis e sua deficiência pode causar dormência em certas partes do corpo como mãos, braços, dedos e pernas. Inclua alimentos ricos em vitamina B6 e B12 em sua dieta. Algumas boas opções são os cereais fortificados, ovos, abacate, banana, carnes, feijão, peixe, farinha de aveia, leite, queijo, iogurte, nozes, sementes e frutas secas. Você pode até mesmo tomar um suplemento vitamínico do complexo B duas vezes por dia. Para a dosagem e tipo de suplemento correto, consulte o seu médico.

Aumentar a ingestão de magnésio: Um baixo nível de magnésio no organismo é uma das causas de dormência nas mãos e pés. O magnésio é um mineral essencial para o bom funcionamento do sistema nervoso e uma melhor circulação do sangue no corpo. Coma alimentos ricos em magnésio, como vegetais verde-escuros, nozes, sementes, aveia, amendoim, peixes de água fria, soja, abacate, banana, chocolate escuro e iogurte desnatado. Você também pode tomar suplementos de magnésio, 350 mg por dia. No entanto, fale com o seu médico para ter certeza de que a dosagem esteja correta.

 Dicas adicionais: Se a dormência em seus pés é devido você permanecer em uma posição por um longo tempo, movimentar-se lentamente para melhorar a circulação sanguínea. Evite permanecer na mesma posição por longos períodos, especialmente quando vê televisão ou trabalhando no computador. Evite cafeína e bebidas alcoólicas como eles podem reduzir a circulação sanguínea. Coma mais frutas frescas e vegetais de folhas verdes, evitando alimentos processados e refinados. Beber uma grande quantidade de água ao longo do dia para evitar a desidratação, que pode causar má circulação sanguínea. Evite cigarros e outros produtos do tabaco que pode sobrecarregar o sistema nervoso. Para evitar dormência nos pés, evitar o uso de sapatos que não se encaixam bem. Saltos altos ou sapatos que apertam os dedos dos pés pode causar dormência. Perder peso para reduzir dormência nos pés e dedos dos pés.

Coceira nas Mãos e Pernas: Na maioria das vezes, esta coceira é devido à má irrigação da área. No entanto, eles também podem ser um sinal de problemas mais graves. Coceiras nas mãos e pernas são uma série de sensações anormais que geram não só desconforto, mas também uma fonte de preocupação, porque não sabemos a forma como eles são causados. Embora as coceiras possam ocorrer em vários locais do corpo, sentem-se geralmente nas mãos, pés, braços e pernas. Quando nós temos com frequência, isso pode indicar que algo não está indo bem no nosso corpo e ser um sintoma de uma doença. As coceiras podem ser um sintoma de uma infecção leve, mas também pode indicar que você tem uma doença mais grave. É por isso que é importante consultar o seu médico se você sentir quaisquer coceiras. Apresentamos abaixo algumas das doenças comumente associados às coceiras nas mãos e pernas.

A Hipoestesia: As formigamentos podem ser um sintoma de perda de sensibilidade, também conhecida como hipoestesia, que é muitas vezes acompanhada por este sentimento desconfortável. Se você tem esses sintomas, você precisa ter muito cuidado, pois poderia ser mais do que uma doença passageira.

Problemas no Sangue: Quando uma pessoa tem problemas no tráfego sanguíneo, é possível que ela sente a formigamento de vez em quando. Você também pode sentir, se você está cansado ou ter problemas nervosos. Se as formigamentos subirem e tornar-se constante, poderia indicar algo mais sério, por isso, recomenda-se consultar um médico.

Doença de Buerger: A doença está relacionada ao tabagismo, ela tem que começar como dor causada pela falta de fluxo de sangue nas mãos e nos pés. A pessoa sente constantemente formigamentos e adormecimento nas mãos, seguidos pelos dedos dos pés e das mãos. É uma doença bastante grave, pois pode causar gangrena se não tratada.

A Síndrome das Pernas Inquietas: Os formigamentos em nossos membros que são geralmente sentidas durante a noite, também podem estar associados com uma doença chamada de síndrome das pernas inquietas. Este é um dos sintomas mais comuns, embora este não é o único. Pessoas que sofrem também podem sentir dor, cólicas e formigamento acompanhado de insônia devido ao fato de que essas sensações desagradáveis normalmente aumentam durante a noite. Esta síndrome pode ser causada por anemia, insuficiência renal ou neuropatia periférica, embora a causa exata ainda não seja definida.

Outras causas de coceiras nas mãos e pernas:

  • Sentar ou ficar em uma posição por muito tempo;
  • A lesão nervosa;
  • A pressão sobre os nervos da coluna vertebral, como no caso de um disco herniado;
  • Têm níveis anormais de cálcio, de potássio ou de sódio no corpo;
  • A falta de vitaminas, principalmente a vitamina B12;
  • Consumo de bebidas e / ou tabaco alcoólicas porque o chumbo causa danos nos nervos;
  • Mordidas de animais;
  • Picadas de insetos, carrapatos, ácaros e aranhas;
  • O uso de certos medicamentos.

Ocorre com frequência nos membros inferiores: Formigamentos nas pernas ocorrem por distúrbios vasculares (como varizes) ou doenças reumáticas, e surgem pela falta de circulação sanguínea. Distúrbios metabólicos como diabetes, hipotireoidismo, alcoolismo, infecções e reações de medicamentos também são algumas das causas do sintoma.

 Ao ficar estressado, ele aparece nos dedos: Com as emoções fortes, como estresse ou ansiedade, acontece a hiperventilação (respiramos mais rapidamente), e os dedos podem formigar. Isso ocorre porque os neurônios sensitivos são estimulados e dão uma resposta espontânea anormal, levando à parestesia.

 Às vezes, surgem nas mãos e braços: Uma das causas principais de formigamentos nas mãos é a síndrome do túnel do carpo, que é provocada pelo uso repetitivo dos membros. O nervo mediano, que saído pescoço e se dirige à mão, sofre uma compressão na região do punho. Logo em seguida, aparecem as dormências e as parestesias. A exposição ao frio também acarreta formigamentos, uma vez que a hipotermia afeta a condução nervosa e reduz a circulação.

Sinto formigamento de um lado do corpo: Parestesias de um lado do corpo significam que o problema é cerebral, e pode ser sinal de acidente vascular cerebral (AVC), tumores ou hemorragias. Quando surge durante crises de enxaqueca ou ataques epilépticos é reversível.

Às vezes, meus lábios ficam dormentes e formigam: A causa comum aqui são os problemas odontológicos (canal, por exemplo), mas também o formigamento pode se dar por infecções virais, como o herpes. Ele também pode surgir ao redor da boca, em crises de enxaquecas e provocar o mesmo sintoma no rosto.

 Normalmente, aparecemo tórax e abdome: O sintoma pode ocorrer devido aos distúrbios da medula espinhal, causado por compressão local (hérnia de disco e artrose) ou inflamação. Fique atento, pois também pode ser o primeiro sinal de esclerose múltipla.

Exercícios e alongamentos: Praticar atividade física diariamente como caminhada ou hidroginástica ajuda a prevenir o aparecimento do formigamento porque melhora a circulação sanguínea e previne doenças como diabetes e problemas no coração, que muitas vezes são causa desse sintoma. Além disso, alongar todo o corpo ao acordar e no meio do dia ajuda a aliviar a tensão nos nervos dos membro e o estresse, sendo importante também evitar ficar sentado ou parado na mesma posição por muito tempo

Alimentos que melhoram a circulação: Os alimentos que melhoram a circulação e combatem a retenção de líquidos são os ricos em vitamina C, potássio e água, como laranja, kiwi, abacaxi, beterraba, limão e iogurte.
Além disso, deve-se beber pelo menos 2 litros de água por dia e consumir alimentos como castanhas, salmão, alho e cebola são ricos em antioxidantes e anti-inflamatórios que também facilitam a passagem do sangue nos vasos, e evitar o consumo de sal e bebidas alcoólicas.formigamento

Remédios caseiros: Algumas plantas podem ser utilizadas para melhorar a circulação do sangue e prevenir os sintomas de cãibras e formigamento, como:

  • Carqueja;
  • Erva-mate;
  • Dente-de-leão;
  • Camomila;
  • Chá verde.
  • Deve-se tomar de 2 a 3 xícaras desses chás por dia, de preferência sem adicionar açúcar e juntamente com uma alimentação balanceada.

Precauções: Ao sentir dormência e formigamento, a pessoa também pode ter menor sensação nas áreas afetadas. Devido a isso, a pessoa tem mais dificuldade para sentir mudanças de temperatura ou dor. Isso significa que a pessoa pode tocar em algo sem perceber que está quente o suficiente para queimar sua pele. A pessoa pode se cortar com um objeto afiado, sem perceber imediatamente. Assim, deve tomar precauções para se proteger de queimaduras e outras lesões acidentais.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.