Dicas de Saúde

Gelatina Detox e seu Benefício para Saúde

Conheça esse poderoso aliado no controle do apetite e na alimentação de gorduras e toxinas do organismo.

Amiga da balança, a gelatina pode substituir uma sobremesa mais calórica, promove a saciedade e tem o poder de espantar a fome fora de hora. Capaz de se ligar a uma grande quantidade de água, seu consumo retarda o esvaziamento do estômago, aumentando o período de saciedade, além de manter a hidratação por mais tempo, reduzindo as chances de atacar a geladeira ou exagerar nas refeições.detox-gelatina

Sobremesa que emagrece.

Segundo a nutróloga, a gelatina é uma sobremesa levinha e muito indicada nas dietas por ser isenta de gordura e colesterol e conter principalmente uma proteína de fácil digestão: são aproximadamente 84 a 90% de proteína, 1 a 2% de sais minerais e 8 a 15% de água. A versão light tem, em média, 4 calorias por porção. “Outra vantagem é que a gelatina pode ser utilizada em inúmeras receitas saborosas doces e salgadas, muitas vezes, substituindo a própria refeição”, ressalta a profissional. Outra maneira gostosa e magrinha de consumir gelatina é misturada a suco e iogurte.

Corpo em forma.

Detentora de nove dos dez aminoácidos essenciais para o funcionamento do organismo, a gelatina é a mais rica fonte industrializada desse nutriente, que estimula a produção de colágeno, prevenindo o envelhecimento precoce, a flacidez e auxiliando no enrijecimento da pele e dos músculos, quando combinada a pratica de exercícios físicos e uma alimentação equilibrada. “Seus aminoácidos são úteis na manutenção dos ossos, das cartilagens, dos tendões e da pele”, ressalta a nutróloga mas um copinho por dia basta ou 2 porções de 125ml cada. “A ingestão em excesso pode causar uma produção exagerada de aminoácidos, que poderão gerar uma queda no sistema de defesa do organismo”, alerta o profissional.

“Além de fazer bem para a pele, a gelatina também engrossa cabelos, fortalece unhas fragilizadas e desempenha um importante papel na prevenção e no tratamento de dores articulares, como artrose, osteoporose e outros problemas que atormentam principalmente as mulheres, como o excesso de peso”.

Fácil de fazer.

A gelatina é um alimento de preparo simples, rápido e barato. Pode ser encontrada na forma de pó e em folha e ambas possuem a mesma estrutura nutricional. Porém, “a vantagem da gelatina em folha é sua maior facilidade na mensuração da quantidade”, explica a nutróloga. Pessoas com hipersensibilidade podem desenvolver alergias as opções industrializadas, que possuem corantes e químicos que dão sabor ao alimento, mas não há contraindicações para o seu consumo e as gelatinas de saquinho são, inclusive, muito indicadas para pessoas com dificuldades de mastigação.

Poder das algas.

Preparada com água e sucos, o Ágar-Ágar também ganha a consistência de gelatina e ganhou espaço nas dietas devido ao seu poder detox. Extraído das algas marinhas vermelhas, o alimento é um grande aliado na perda de peso: ao chegar no estômago, ele suga as gordurinhas e as elimina pelo intestino e pela urina. Ele não é um substituto nutricional da gelatina, pois não contém proteínas, mas ganha vantagem sobre as gelatinas comuns, pois seu poder detox é graças ao teor de fibras, que ajuda no bom funcionamento intestinal, reduzindo o inchaço abdominal. Ainda garante saciedade, também pelo seu poder de absorver líquidos. Com isso, combate a prisão de ventre e acelera o processo de emagrecimento.

O Ágar-Ágar também diminui os níveis de colesterol, possui pouquíssimas calorias e é rico em minerais. Ele pode ser encontrado em lojas de produtos naturais, na forma de gomas, ou vendido em pacotes de 20g, que rende aproximadamente 10 porções de gelatina. Seu sabor amargo pode ser amenizado quando preparado com o suco de frutas não ácidas, como pêssego e manga, e sem adição de açúcar.gelatina-detox

Efeito detox.

O termo vem de detonar toxinas, com a finalidade de promover uma limpeza interna do corpo. Comer alimentos gordurosos ou que contenha conservantes, açúcares, sódio e agrotóxicos, conservar maus hábitos, como dormir pouco e levar um estilo de vida sedentário, estar em contato com a poluição e fazer uso de bebidas alcoólicas, cigarro ou qualquer outro tipo de droga e medicamentos, atrapalham o bom funcionamento do organismo e contribuem para a “sujeira” interna — substâncias que não são passíveis de excreção, a não ser pelo efeito de alimentos que alteram a sua estrutura química, dificultando o processo de emagrecimento. Por isso, em muitos casos, é preciso realiza um processo destoxificante antes de começar uma dieta ou ao longo dela, a fim de eliminar as impurezas do organismo por meio das fezes ou urina.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.