Scroll Top

Doenças e Tratamentos

Incontinência 20 Dicas para Enfrenta-lo

A incontinência urinária é um sintoma, não uma doença. Mas as consequências da eliminação involuntária de urina pode ser devastadora para a sua auto-estima, para a sua vida social e para o seu trabalho.”Para mim, a incontinência urinária é uma doença social”. “As pessoas costumam reorganizar toda a vida em função dela. Tivemos uma mulher que deixou de sair de casa durante três anos, por vergonha”. Disse que as pessoas “reorganizam suas vidas em função dela”. Mas isso não tem  de ser assim obrigatoriamente. “O  mal pode ser curado ou controlado em quase todas as pessoas”. O que já é alguma coisa quando se considera a estatística: nos EUA existem 10 milhões de adultos incontinentes. Na maioria dos casos, a incontinência é uma questão de grau. É preciso também rejeitar a noção de que seja decorrente do envelhecimento.”Não é inevitável e tampouco irreversível”. Ás vezes consegue-se mitigá-la com um mínimo esforço, quando não até preveni-la. A pessoa pode ajudar a incontinência á própria vida, não o contrário. Damos aqui algumas sugestões que talvez o ajudem.

Fazer um diário. Durante uma semana, anote o que você comeu, o que bebeu, quando foi ao banheiro e quantas vezes teve o problema. O diário ajudará você e seu médico a ir em busca da causa.

Moderação com os líquidos. O diário talvez revele que você está bebendo líquidos em grande quantidade. Muitas vezes porque se está submetido á dieta que exige isso. Se beber menos, o problema da incontinência poderá desaparecer. Um boa hora para beber menos líquidos é antes de deitar.urinaria

Mas com cautela. A redução do aporte de líquido abaixo do normal, sem a aprovação médica, pode levar á desidratação, agravando os problemas urinários e possivelmente causando séria enfermidade.

Evitar bebidas alcoólicas. São um grande estímulo á micção.

Evitar a cafeína. A cafeína é outro conhecido diurético.Como o álcool, não só encontrada em bebidas mas em medicamentos. O diário o ajudará a descobrir se as bebidas usadas provocam incontinência.

Evitar o grapefruir. Trata-se também de conhecido diurético. Por isso mesmo tornou-se o elemento fundamental de uma dieta popular.

Dar preferência ao suco de uva-do-monte. Trata-se de suco ácido, com baixo teor de resíduos minerais. Consabidamente benéfico á bexiga.

Cuidado com a constipação. A constipação pode contribuir para a incontinência. Portanto, adote a dieta rica em fibras e certifique-se de beber líquido em quantidade suficiente. Veja a prescrição de certa clínica norte-americana á incontinência: comer pipoca todo dia!

Não fumar. A nicotina irrita a superfície vesical. Se você tiver incontinência por estresse, a tosse desencadeará a eliminação involuntária de urina.

Emagrecer. Segundo parece, as pessoas que emagrecem alguns quilos conseguem mitigar a incontinência.

A dupla micção. Ao urinar, permaneça no banheiro até sentir que a bexiga fique vazia. Em seguida, levante-se e torne a sentar, curvando-se sobre os joelhos e tentando urinar novamente.

Ir ao banheiro quando sentir vontade. “Uma idéia bastante simples e prática é esvaziar a bexiga regularmente”. Não fique sentado á mesa do jantar até o fim, por exemplo. Prender a urina é causa de infecções urinária e distensão vesical. Além disso, se você tiver uma bexiga muito cheia e disfunção do esfíncter vesical, corre o risco de eliminá-lo ao tossir, espirrar ou rir. O melhor a fazer: esvazie a bexiga antes e depois das refeições, e ao deitar.

Criar o hábito. Em primeiro lugar, urine a intervalos regulares, de hora em hora para começar, e gradualmente aumente o intervalo. Em certos tipos de incontinência, esse método pode ser bastante eficaz, embora não se sabia por que. “Não sabemos se de fato reeduca a bexiga”. “Ou se treina o cérebro  a lidar com uma persistente disfunção vesical”.

O objetivo: ir ao banheiro em intervalos de três a seis horas. O intervalo médico entre as idas ao banheiro é de três a seis horas. Procure chegar essa medida em algumas semanas.

A importância da idade. “O normal é fazer o que sempre fez, mais algum tempo extra para compensar as fraquezas da idade”. “Como você é mais velho, demora mais o aviso da bexiga quando cheia e o tempo de ir ao banheiro”. Noutras palavras: procure dormir e passar a maior parte do tempo perto do banheiro.

Preparar-se para as emergências. Mantenha sempre uma comadre ou urinol unto á sua cama.

Ginástica especial. Trata-se dos exercícios de Kegel, desenvolvidos no final da década de 40 por Arnold Kegel, para ajudar as mulheres a enfrentar a incontinência por estresse durante e depois da gravidez. São capazes de reduzir e prevenir algumas formas de incontinência em ambos os sexos e em todas as idades. Damos aqui as diretrizes. Sem contrair os músculos das pernas, nádegas e esfíncter anal. Esse exercício permite identificar a parte posterior da musculatura pélvica. Em seguida, ao urinar, procure interromper o jato e reiniciar a micção. Assim estará identificando a parte anterior da musculatura pélvica. ( Para as mulheres: imagine que esteja tentando segurar um absorvente que estivesse caindo). Você agora está pronto para a ginástica completa. Trabalhando de trás para a frente, contraia os músculos ao contar devagar até quatro, e relaxe-os. Faça-o durante dois minutos, pelo menos três vezes ao dia, o que significa pelo menos 100 repetições.

Antecipar os acidentes. Se você for espirrar, tossir, levantar algum peso ou pular, contraia o esfíncter antes e cuidado com os acidentes.

Não entrar em pânico se ocorrer sem aviso. Se você tiver algum caso repentino de incontinência, quase  não terá aviso prévio da necessidade de urinar. Não entre em pânico, a princípio apenas relaxe. Em seguida contraia o esfíncter. E relaxe a musculatura abdominal. Quando passar a sensação de urgência, caminhe devagar, sem pânico, até o banheiro mais próximo.

Female executive running to the toilet

Absorventes. Existem vários tipos para pessoas incontinentes. Alguns absorvem o seu peso em água, neutralizam o odor e retêm o líquido evitando o extravasamento. O tipo a ser escolhido depende da sua anatomia do tipo e grau de incontinência. Comprar as fraldas pode ser embaraçoso. Procure algum farmacêutico compreensivo ou peça a alguma outra pessoa.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.