Dicas de Saúde

Os 20 Melhores Alimentos para Proteger o Coração

 

“A saúde do coração e do aparelho circulatório depende de uma dieta saudável e balanceada, contendo uma grande variedade de alimentos”.

Abacate: a fruta é rica em gorduras do bem (ômegas 3 e 9) que atuam contra o colesterol ruim ( LDL), além de ser rico em antioxidantes, como a vitamina C composto muito benéfico á saúde encontrado no abacate é o ácido fólico (vitamina B9), que tem entre suas funções a de proteger o sistema cardiovascular.

Alho: por conta de uma substância chamada alicina, ele atua como anti-inflamatório e antioxidante, agindo contra os efeitos negativos dos radicais livres. “O consumo de alho pode ajudar a combater doenças cardiovasculares, diminuindo o colesterol total, o LDL e os triglicerídeos na sangue. Ele também auxilia no tratamento da hipertensão e combater a formação de coágulos, possuindo assim importante papel na prevenção de derrames e infartos”.

Azeite: “O azeite de olivia contém vitamina E, possui propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, é em sua maior parte constituído de gorduras monoin- saturadas que reduzem o colesterol ruim”. Além disso, contribui para o bom fusionamentos do intestino e atua na melhora da imunidade. Porém, evite o excesso. Uma colher (sopa) por dia é essencial!

Composition of various exotic fruits isolated on white background

Banana: alguns estudos sugerem que o potássio presente na fruta, além de contribuir para a saúde muscular, pode ajudar a regular a pressão arterial, fator indispensável para a saúde do coração e de todo o sistema cardiovascular.

Beterraba: “Rica em antonina,  ela possui ação antioxidante e estimulante da imunidade, é excelente para o sistema circulatório, evita problema cardíacos e inibe a formação de coágulos”.

Brócolis: uma fonte vegetal rica em cálcio, ele também contém vitamina C. ” O brócolis possui substâncias antioxidantes e é rico em fibras, atuando na redução da hipertensão e combatendo a prisão de ventre”.

Chá verde: uma dieta rica em verdadeira faxina no organismo. “O consumo de 4 xícaras (chá) ao dia está associado á prevenção de alguns tipos de câncer, melhora do sistema imunológico, aumento dos níveis de células de defesa e redução dos riscos de doenças cardiovasculares”.

Chocolate amargo: esta versão possui menor quantidade de gorduras e calorias, ideal para ser consumida moderadamente. “O chocolate amargo, com 70% de cacau, é rico em antioxidantes, que combater os efeitos dos radicais livres, prevenindo doenças cardiovasculares”.

Espinafre: rico em ácido fólico, ,magnésio, cálcio e ferro, o espinafre pode ser considerado um superalimento. “Importante fonte de ácido fólico, quando adicionado á alimentos ricos em vitamina C, ou particularmente, ao suco de laranja, aumenta-se o valor desta vitamina. Ele protege contra doenças cardíacas e contra a hipertensão”.

Farelo de aveia: possui grande quantidade de fibras, além de vitaminas do complexo B e proteínas. ” A aveia é um cereal de alto valor nutricional e é considerada alimento funcional, já que seu consumo frequente previne e trata doenças como obesidade, diabetes, hipertensão e diminui os níveis de colesterol ruim”.

Uva: a fruta é uma grande aliada do sistema circulatório, pois atua contra a inflamação dos vasos sanguíneos, facilitando a passagem do sangue. “O consumo da uva está ligado também ao aumento do bom colesterol, que é capaz de absorver cristais de colesterol que são depositados nas artérias”.

Goiaba: rica em fibras, a fruta, além de muito saborosa, também ajuda a diminuir o colesterol ruim do organismo. O licopeno atua na prevenção de alguns tipos de câncer. “Devido ao seu alto teor de fibras solúveis, a goiaba ajuda na redução dos níveis de colesterol e triglicerídeos sendo uma excelente ajuda na prevenção de doenças cardíacas”.

Tomate: o licopeno, nutriente que dá a cor vermelha ao alimento, é um poderoso protetor do sistema cardiovascular, já que atua contra o colesterol ruim e protege as células dos efeitos dos radicais livres. “O consumo de tomates  está associado a uma redução do risco de câncer e doenças cardiovasculares, é um alimento pouco calórico, fonte de fibras e vitamina C”.

11

Limão: assim como a laranja,ele é uma das frutas mais ricas em vitamina C, cujas propriedades são indispensáveis á saúde celular. Os ácidos cítricos e polifenois presentes no limão também ajudam a deixar o caminho livre para que o sangue possa percorrer pelas artérias, já que a alta atividade antioxidante colabora para evitar a formação de placas de gordura.

Linhaça: por ser rica em ômega 3, auxilia na diminuição dos níveis de colesterol ruim e favorece o aumento do bom”. Mas os seus benefícios não param por aí: as fibras têm a capacidade de beneficiar todo o organismo, desde o sistema circulatório até o digestivo.

Oleaginosas: aliadas da dieta, elas promovem saciedade e contribuem para o processo de emagrecimento. Além disso, as castanhas e nozes também trazem consigo as gorduras do bem. “Sendo fonte de gorduras essenciais, estudos mostram uma relação entre o consumo e a prevenção de alguns tipos de câncer. As castanhas são fontes de magnésio, fósforo, potássio, zinco a vitamina do complexo B, entre eles a B1 e a B6”.

Laranja: conhecida como uma das principais fontes de vitamina C, ela ganha destaque em relação á saúde do coração. “A laranja é rica em fibras, possui cálcio, magnésio, potássio, betacaroteno, algumas vitaminas do complexo B, entre outros. Estes nutrientes agem como antioxidantes, prevenindo danos nas células do organismo, além de ajudar no controle da glicemia e do colesterol”.

Soja: o grão é rico em líquidos, vitaminas, minerais e fibras, sendo, além de antioxidante, um excelente protetor contra o aumento do colesterol ruim no organismo. Algumas pesquisas ainda sugerem que a soja pode prevenir alguns tipos de câncer, devido á presença de um composto chamado genisteína, que inibe o crescimento das células cancerígenas.

Frutas vermelhas: as antocianinas, substâncias responsáveis pela cor avermelhada das frutas, desempenham uma grande ajuda no combate aos radicais livres. Assim, os riscos de desenvolver vários tipos de câncer e doenças envolvendo o coração podem ser evitados.

Peixes de águas frias: os ômegas 3 e 6 são os responsáveis pelos benefícios ao coração. “Já é comprovado cientificamente que os peixes são aliados contra doenças cardíacas. Esses peixes possuem ácidos graxos essenciais que atuam na redução de triglicerídeos, melhoram a função imunológica e são  anti-inflamatórios”. Além disso, a carne de peixe é considerada uma das mais saudáveis existentes. Por isso, é ideal consumir o alimento de duas a três vezes por semana a fim de aproveitar todos os benefícios e proteger a saúde.

Embutidos

Mortadela, presunto, salame, linguiça: tudo isso está repleto de gordura saturadas justamente o tipo que, quando consumido em excesso, aumenta o LDL e o peso corporal. Além disso, os embutidos contêm alta quantidade de sódio-também em excesso, o mineral eleva a pressão arterial, representando um problema extra ao coração.

Dica!

Desenvolva o hábito de ler o rótulo dos alimentos. Veja as calorias por porção, carboidratos, tipos de ingredientes presentes e evite os que tenham gordura saturada, trans e colesterol, assim como os com alto teor de sódio.

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.