Vitamina E – O que é, Benefícios, Fontes e Deficiências

Vitamina E – O que é, Benefícios, Fontes e Deficiências que todos precisam conhecer. No entanto, a Vitamina E nos garante uma série de benefícios, como a ação antioxidante, combatendo os radicais livres que prejudicam a saúde das nossas células. Essa vitamina é capaz de trazer diversos (se não inúmeros) benefícios ao corpo humano. Ela serve como agente antioxidante, na prevenção de doenças cardiovasculares, sistema imunológico, rejuvenescimento da pele e etc.

vitamina e

Alguns estudos apontam que justamente por sua forte ação antioxidante, a Vitamina E pode proporciona benefícios como diminuir o risco de doenças cardíacas, prevenir o câncer de próstata, a degeneração da mácula, a doença de Alzheimer e a Esclerose Lateral Amiotrófica. Além disso, pesquisas observaram que a Vitamina E pode ser benéfica para as gestantes, pois previne a pré-eclâmpsia. Mas não é só isso, fique atento ao artigo e descubra muito mais sobre essa maravilhosa vitamina.

O que é a Vitamina E?

A Vitamina E é uma vitamina lipossolúvel formada pelo vitâmeros tocoferóis e tocotrienois. Está associada também a outros papeis biológicos como funções imunológicas, regulações gênicas, e sinalização celular. O alfa-tocoferol é uma molécula capaz de inibir a proteína kinase C (PKC), uma enzima responsável por controlar o ciclo celular.

Além disso, essa vitamina pode aumentar a ação de prostaciclinas no endotélio, fazendo os vasos sanguíneos dilatarem diminuindo a agregação plaquetária. Além disso outros estudos têm tentado relacionar a suplementação dessa vitamina com a proteção ao câncer de próstata.

Fontes de Vitamina E:

Alimentos fontes de gordura boa, como óleos vegetais, a absorção e, consequentemente, a biodisponibilidade da vitamina é maior. Para uso terapêutico e/ou profilático, as formas solúveis em gordura são preferíveis às formas hidrossolúveis, isto considerando indivíduos adultos saudáveis e pacientes com absorção normal de gorduras.

Veja abaixo algumas fontes importantes dessa  vitamina:

Agora que já conhecemos as principais fontes dessa vitamina, vamos conferir também os Benefícios da Vitamina E Para Saúde:

fontes de vitamina e

Benefícios da Vitamina E:

Melhora a Visão:

Diminui o risco de degeneração macular relacionada à idade, que é uma causa comum de cegueira. Tenha em mente que, para que a Vitamina E seja eficaz para a visão, ela também deve ser consumida com ingestão adequada de vitamina C, beta caroteno e zinco.

Previne a Formação de Coágulos:

A Vitamina E zela pela saúde circulatória de modo geral, já que uma de suas funções é a formação dos glóbulos vermelhos, atua na dilatação dos vasos sanguíneos e previne a formação de coágulos dentro do sistema circulatório.

Aumenta a Imunidade:

Além dessas funções, um dos importantes benefícios da Vitamina E é a manutenção do sistema imunológico. Numerosas pesquisas indicam que a imunidade depende amplamente de bons níveis de Vitamina E, que demonstra sua eficácia especialmente em pessoas com a imunidade debilitada pelo envelhecimento ou por quaisquer doenças.

Aumenta a Massa Muscular:

A Vitamina E certamente contribui para o ganho de massa muscular. Além de influenciar a saúde muscular indiretamente através do sistema circulatório e dos níveis de cálcio e potássio, a atuação antioxidante da Vitamina E protege os músculos dos radicais livres que são normalmente liberados após os treinos de resistência muscular. Dessa forma, os músculos se recuperam mais rápido e melhor, o que facilita o ganho de massa muscular.

Previne o Câncer de Próstata:

Algumas pesquisas sugerem que a Vitamina E possa ajudar a prevenir o crescimento dos tumores dependentes da testosterona, como no caso do câncer de próstata. Mas, mais estudos ainda precisam ser feitos para comprovar este benefício.

Favorece a Saúde Gestacional:

A Vitamina E também pode ser capaz de contribuir para a prevenção da pré-eclâmpsia, ocorrida também devido ao estresse oxidativo que aumenta na placenta. Segundo uma pesquisa realizada com ratos, mães desnutridas que consomem alfa-tocoferol, um tipo ativo dessa vitamina, se previnem do estresse oxidativo e da hipertensão da prole durante a idade adulta.

Combate o Alzheimer:

segundo um estudo publicado no Archives of Neurology, a Vitamina E, quando associada à vitamina C, contribui para a redução da incidência da doença de Alzheimer, já que estas duas vitaminas são potentes antioxidantes. Entretanto, é necessária a realização de mais estudos, a fim de que tal benefício seja comprovado.

Favorece a Saúde Capilar:

Ela ajuda a diminuir os danos ambientais que afetam a saúde do seu cabelo. Ela também promove a circulação para o couro cabeludo. O óleo da Vitamina E pode reter a umidade natural em sua pele, que ajudará caso seu coro cabeludo seja seco, dando um aspecto mais saudável ao cabelo.

Reduz o Colesterol Ruim:

O colesterol é uma substância produzida pelo fígado e necessário para o bom funcionamento das células, nervos e hormônios. Quando os níveis de colesterol estão em seu estado natural, eles são equilibrados, normais e saudáveis. Mas quando se oxida, torna-se perigoso. A Vitamina E serve como um antioxidante protetor que combate a oxidação do colesterol.

Facilita o Ganho de Massa:

Essa vitamina certamente contribui para o ganho de massa muscular. Além de influenciar a saúde muscular indiretamente através do sistema circulatório e dos níveis de cálcio e potássio.

A atuação antioxidante dessa vitamina protege os músculos dos radicais livres que são normalmente liberados após os treinos de resistência muscular. Dessa forma, os músculos se recuperam mais rápido e melhor, o que facilita o ganho de massa muscular.

Excesso de Vitamina E:

Mesmo com a inexistência de provas científicas que são capazes de provar o que a Vitamina E em excesso causa, a suplementação abusiva, que ultrapassa 1000 mg diários de Vitamina E, podem levar esta a realizar um efeito oxidante no nosso organismo.

Deficiência de Vitamina E:

Apesar de ser rara nos seres humanos, a deficiência de Vitamina E pode ocorrer. Geralmente quem apresenta deficiência dessa vitamina são pessoas que sofrem de doenças, adquiridas ou hereditárias, que prejudicam a capacidade da vitamina ser absorvida, como a síndrome do intestino curto, a fibrose cística e a obstrução do ducto biliar.

Pessoas que não conseguem absorver gordura ou que sofrem de raras doenças no metabolismo das gorduras também podem sofrer de deficiência de Vitamina E.

vitamina e fontes

Quantidade Indicada de Vitamina E:

O consumo de Vitamina E é aconselhado a qualquer pessoa. Segundo a ANVISA, o valor aconselhado de consumo diário é de 10mg. Os malefícios só são sentidos em dosagens muito altas; fica então o “limite” de 1200mg a quantidade considerada capaz de trazer malefícios. Doses maiores do que 1200mg ao dia podem reduzir a agregação plaquetária e aumentar o risco de hemorragias.

É sempre importante seguir as indicações nutricionais à risca e ter um controle sobre a ingestão diária. Para mais informações, consulte sempre um nutricionista, que receitará a quantidade ideal de acordo com a sua rotina, dieta e características específicas.

Vitamina E – O que é, Benefícios, Fontes e Deficiências
4.8 (95.24%) 740 votes

Recomendados Para Você:

Leave a Reply